quinta-feira, 30 de julho de 2009

Crasto 2006 Tinto

Crasto 2006
Data da Prova:
29 Julho 2009


Características
Tipo:
Tinto
Castas:
Tinta Roriz, Tinta Barroca, Touriga Franca e Touriga Nacional
Região: DouroTeor Alcoolico: 14%
Produtor: Quinta do Crasto

Acerca do Vinho (Rótulo)

Localizada na margem direita do rio Douro, a meia distância entre a Régua e o Pinhão, a Quinta do Crasto já figurava no mapa do Barão de Forrester. Produzido a partir das castas Tinta Roriz, Tinta Barroca, Touriga Franca e Touriga Nacional, este vinho revela um aroma muito vigoroso de frutos vermelhos com boas notas de especiarias. Na boca mostra uma boa estrutura, com taninos firmes e uma acidez equilibrada. Crasto Douro 2006 foi ligeiramente filtrado antes de ser engarrafado em Maio de 2007.

Prova
Este vinho com nome dificil dizer à primeira, torna-se ainda mais dificil de proferiir depois de beber uns copitos dele. Apresenta de tal forma um sabor a fruta fresca e sumarenta que se deixa beber de forma descontraída e sem nos apercebermos dos efeitos do mesmo . Vinho muito equilibrado e com uma cor estranhamente escura e violeta que a principio se estranha, mas que depois se esqueçe. Quanto ao olfato estamos também na presença de um vinho bastante simples e equilibrado.
Este vinho encontra-se à venda entre os 8 a 10€ a garrafa e vale bem apena.

Companhia
Acompanhou Arroz de Pato

Classificação: 15/20

quarta-feira, 29 de julho de 2009

Arroz de Pato

Esta foi para aproveitar o Pato caseiro que os meus Pais trouxeram para eu preparar da melhor forma que eu soubesse. Foi um Arroz de Pato.... delicioso.

Ingredientes:
- 1 Pato
- 400 g de Arroz
- 1 Caldo de Aves
- 150g de BAcon
- 1/2 Chouriço de Carne
- 1/2 Copo de Vinho
- 1 Limão
- Alho q.b.
- Sal q.b.
- Pimenta moída q.b.

Preparação:
Coza o Pato previamente temperado com sal, pimenta, limão, alho picado e o vinho tinto adicionando agora o caldo de aves. Após a cozedura retire o Pato e reserve o caldo da mesma. Deixe arrefecer e depois desosse e desfie o Pato não aproveitando gorduras ou peles do mesmo.
Agora, volte a colocar ao lume o caldo da cozedura do Pato e adicione o arroz quando a água levantar fervura na proporção de uma medida de arroz por cada duas de caldo da cozedura. Assim que levantar fervura desligue o lume e acondicione a mistura numa travessa para ir ao forno. Decore com chouriço e bacona gosto e coloque no forno até ganhar cor.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails