quarta-feira, 5 de maio de 2010

O Vinho e o Copo

Para beber Vinho será que preciso de um copo próprio? Claro que não. Até da garrafa o posso beber. E para apreciar um Vinho em toda a sua plenitude? Aqui sim, o copo deve ser escolhido com atenção. Para os mais desprendidos qualquer recipiente servirá e até acharão mariquice que se prefira um copo diferente mas, se atentármos a outras situações da vida teremos que concordar com está máxima. Posso correr de botas? Posso. E praticar atletismo? Não. Posso jogar à bola com calças de ganga e sapatos de vela? Posso. E jogar Futebol? Não. E podia estar aqui a ditar exemplo atrás de exemplo que chegaria sempre à mesma conclusão.O copo deve permitir apreciar o vinho pelo seu aroma e fazer respirar o vinho convenientemente e isso só é possivel num copo indicado para o efeito. Para se apreciar corretamente o aroma de um vinho, este deve rodar e abrir, numa primeira fase, no copo e a abertura do mesmo deve conseguir concentrar os aromas e não libertá-los de forma rápida. Alguns aromas são maravilhosos e sem a ajuda de um bom copo perdemos esse momento.
Contudo, a escolha de um copo não é assim tão complicada. Com apenas quatro tipos de copos temos o nosso problema resolvido. Consideramos quatro tipos de vinhos,- Tinto, Branco, Espumante e Generoso - e escolhemos o copo maior para o Vinho Tinto, o copo de tamanho imediatamente inferior ao do Tinto para o Vinho Branco, o copo tipo flute para os espumantes e um copo tipo prova para os generosos.
Copo de Vinho Tinto: Corpo arredondado sendo ligeiramente mais estreito no topo.
Copo de Vinho Branco: Corpo arredondado sendo ligeiramente mais estreito no topo mas um pouco mais pequeno que o de vinho tinto pois estes não precisam de respirar tanto como os tintos.
Copo Flute: Corpo estreito, fino e alto que permite uma maior durabilidade do gás espumente.
Copo para Vinho Generoso: Copo arredondado sendo ligeiramente mais estreito no topo mas um pouco mais pequeno que o de vinho Branco. Deve levar poucas quantidades pelo que funciona também como um bom copo de provas.

4 comentários:

  1. Bom post este. Bem explicado e orientativo.

    ResponderEliminar
  2. Interessante ensaio sobre copos de vinho. A beber, ups..., a ter em atenção!

    ResponderEliminar
  3. Ultimamente temos vindo a ver uma propagação de copos maiores para beber o vinho tinto nos restaurantes. Fazem bastante diferença ao provar o vinho para os copos mais antigos, que são mais pequenos? O facto de o copo ser maior ou mais pequeno, interfere com o Sabor? ou é apenas uma questão de estética/ moda?

    ResponderEliminar
  4. Cara Minabomb,
    Desde já um obrigado pelo seu comentário. Quanto à sua questão, bastante interessante, posso desde já indicar que muitos escolherão copos exageradamente grandes apenas pelo lado estético da coisa pois o tamanho do copo nem sempre quer dizer mais qualidade numa prova ou num qualquer momento em que se bebe apenas por prazer. As principais marcas de copos reconhecidas internacionalmente têm tamanhos standard para os bons copos para vinho e os tamanhos exagerados ou até de cores não fazem parte desse standard.

    ResponderEliminar

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails