segunda-feira, 11 de outubro de 2010

O Vinho de Colares - Exposição e Prova de Vinhos

A Exposição "O Vinho de Colares" decorreu de 24 de Julho a 10 de Outubro passado, nas Caves Visconde Salreu no Banzão, em Colares. A Exposição já a havia visitado, por ocasião das comemorações do Dia do Vinho a 4 de Julho deste ano, mas as provas tinham ficado por fazer, todavia, neste Domingo, tive o prazer deste reencontro, com uma vistosa placa no exterior das Caves, que me permitiram nova visita, mas desta vez com provas.
Neste último dia dois vinhos em prova da Fundação Oriente produzido pela Quintas das Vinhas de Areia. O Colares Branco 2008 e o Colares Tinto Ramisco 2005. A prova foi efectuada em copos de prova schott zwiesel adquiridos nas próprias caves por 2 € cada, mas a restante parte da prova poderia ter sido mais cuidada. Enquanto que o Colares Ramisco 2005 foi provado à temperatura ambiente (18º a 20º aprox.), também o Colares Branco 2008 o foi. Depois, embora há quem ache dispensável, penso que a presença de alguém ligado aos vinhos ou pelo menos capaz de esclarecer a curiosidade do visitante mais ávido por conhecimento deveria ter estado presente.
Provei em primeiro lugar o Colares Branco 2008. Um vinho de cor bastante limpida e cintilante e de aromas predominantes a citrinos, com notas a frutos doces em fundo. Na boca um branco elegante, suave e muito equilibrado. Penso que se na temperatura ideal teria sido uma grande prova. Gostei bastante pelo que não desdenharei uma prova com as condições mais apropriadas.
Depois o Colares Tinto Ramisco 2005. Um vinho com uma cor atrativa, todavia de pouca concentração. Nariz com muita fruta e intensamente floral, muito interessante. Na boca demonstra alguma corpolência, mais fruta vermelha, sumo e equilibrado. Ao inicio alguma relutância, mas depois demonstra ser capaz de boa figura em qualquer copo. O final de boa é bastante longo e frutado.
Agora venham outras provas dos outros Colares.
Estes vinhos encontram-se à venda na própria exposição por 15€ cada .

1 comentário:

  1. Pena não terem no local ninguém a explicar um pouco os vinhos em prova. E os vinhos de Colares em geral assim como a região.

    ResponderEliminar

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails