sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Quinta da Murta Rosé 2009

Quinta da Murta Rosé 2009

Características
Tipo:
Rosé
Castas:
Touriga Nacional
Região: Lisboa
Teor Alcoolico: 12 %
Produtor: Encosta da Murta SA

Preço: 3€ vap

Agradecimento
Uma palavra de agradecimento ao Hugo Mendes e à Quinta da Murta pela atenção demonstrada para com o Blog Comer, Beber e Lazer na oferta para prova desta garrafa.

Nota de Prova
O Inverno já está à porta mas, para mim, um Rosé fresquinho ainda é a companhia certa para alguns pratos. Ontem lá teve de ser e ainda bem. Fiquei muito surpreendido com alguns aspectos neste vinho. Em primeiro lugar a cor. Um rosa forte, limpido, brilhante e correcto. Depois o conjunto aromático. Exuberante a morango e framboesas. A minha filha associou-o desde logo a gelatina de morango e, talvez sugestionado ou não, o facto é que lembra muito essa sobremesa ou um sumo de morango. Delicioso este aroma. Na boca de notar o equilibrio entre a fruta que continua presente e a acidez do mesmo. Algo encorpado, mas muito fresco e elegante. O final de boca continua a ser com muita fruta.

Classificação: 72/100 ou 15,5/20

1 comentário:

  1. Caro,
    Somos nós quem agradece!
    Esse rosé, nasceu da vontade de fazer algo de bom e diferente com a touriga nacional plantada em Bucelas! Pensámos que, sendo este um excelente terroir de brancos, porque não fazer um vinho de touriga com as técnicas dos vinhos brancos.
    Então, a maturação das uvas foi feita a pensar nos parâmetros dos brancos, entrou na adega, foi desengaçada e esmagada para dentro de uma cuba isotérmica e fez contacto pelicular durante 16 horas, a 12ºC antes de Seguir para a presa e daí para o restante processo, usual na enologia de brancos.
    Fez uma ligeira batonage em cuba no final da fermentação e pronto foi para a garrafa.
    Surpresa das surpresas, o aroma torna-se exuberante, a fruta existe mesclada com a acidez que lhe dá a frescura dos Bucelas… Seco como é apanágio dos Murtas e… pronto é só desfrutar!
    Á imagem de um teste que realizamos em 2006, estou certo que este vinho vai ter uma evolução muito positiva durante o próximo ano e o seguinte.
    Desfrutem dele, acho que vale a pena!
    Obrigado e um forte abraço!
    Hugo Mendes

    ResponderEliminar

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails