segunda-feira, 18 de abril de 2011

Prova Comentada Adega Cooperativa de Palmela

No passado dia 2/04/2011, por ocasião do 17º Festival do Queijo, Pão e Vinho de Palmela, participei na Prova Comentada Adega Cooperativa de Palmela com o Eng. Luís Silva. Embora as condições de som não fossem as melhores, foi interessante o diálogo que se gerou entre Orador e participantes em redor da Adega Cooperativa e dos seguintes vinhos em prova:

Vale de Barris 2010 (Branco) - Cor citrina, amarelo claro, muito jovem. Aromas muitos frescos, muita fruta cítrica como o limão e a lima, litchees, algumas notas florais e sempre com muita frescura. Na boca causa uma sensação de doçura embora sem adição de açúcar. Demonstra a mesma frescura já anteriormente denotada, com bom equilíbrio na acidez e continuidade de fruta citrina. Final de boca fresco. Ideal para uma entrada, ostras ou choco frito.

Vale de Barris Castelão 2009 (Tinto) - Cor rubi, límpido, correcto. Plano aromático a fruta vermelha madura, frutos silvestres, notas vagas de madeira, simples e muito directo. Na boca encontramos um vinho muito redondo, sem grandes arestas, taninos suaves e fácil de gostar. Apresenta bom equilíbrio de acidez, taninos e álcool. O final de boca é de duração média.
 
Vale de Barris Syrah 2009 (Tinto) - Cor rubi muito definida, límpida e correcta. Os aromas não são de grande intensidade inicial, mas foi abrindo ao longo da prova, exibindo notas a frutos silvestres bem casadas com notas suaves a tostado, café e mesmo alguma cacau em pó. Em termos de boca, um vinho mais complexo que os anteriores, com corpo, muito macio e toque de veludo, terminado com um final de boca algo longo. 

Moscatel Adega Cooperativa de Palmela - Um moscatel jovem, com cor âmbar mel, muito cristalino  apetecível. Aromas com boa intensidade, com flor de laranjeira, casca de laranja confeitada e alguma uva passa. Correcto, directo e de fácil apreciação. Na boca sente-se algum creme, untuoso, com doçura equilibrada e acidez também ela muito certinha, Uma boa escolha pela relação preço/qualidade.

Concluindo, não são vinhos para surpreender, são todos eles muito correctos e com uma relação qualidade / preço que se destaca pela positiva.  Foi a primeira prova comentada do dia e outras se seguiriam, por isso, e como o tempo era de Ouro,  ficou o convite a uma visita mais profunda à própria Adega Cooperativa de Palmela.

Sem comentários:

Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails