sexta-feira, 30 de Setembro de 2011

Vinhos do Alentejo em Lisboa 2011

Os Vinhos do Alentejo estão desde hoje em destaque no Centro Cultural de Belém, em Lisboa. Se ainda não visitou, está na dúvida ou pensa que não vale a pena gastar uma tarde de sol a provar vinho pense duas vezes. Amanhã tem mais uma oportunidade de conhecer os vinhos de mais de 50 produtos num espaço que este ano supera o de todas as anteriores edições.  Amplo, com excelente circulação de ar, boa luminosidade, pontos de lavagem de copos e a maioria dos vinhos à temperatura ideal. Os meus parabéns! O único senão em relação ao ano transacto está na escolha dos copos para o evento. 
Em termos de vinhos  foi óptimo contar com muitas novidades, com direito a algumas surpresas e contar com a simpatia e disponibilidade dos produtores ou dos seus representantes para nos transmitir aquele conhecimento apaixonado que só eles o podem fazer.
Ficam algumas fotografias para aguçar a curiosidade.
 

quinta-feira, 29 de Setembro de 2011

Moscatel Roxo Assis Lobo 2007

Características
Tipo: Vinho Generoso
Castas: Moscatel Roxo
Região: Península de Setúbal
Teor Alcoólico: 17 %
Produtor: Casa Agrícola Assis Lobo, Lda
Preço: 12 € vap

Nota de Prova
Moscatel que me surpreendeu primeiro pela sua apresentação em caixa devidamente desenhada para proporcionar uma imagem triptica do Lobo, com design bem conseguido e apelativo; e depois pelo próprio vinho em si.
Cor âmbar definida, luminosa e límpida. No nariz aromas intensos agradáveis a fruta passa, fruta seca e laranja confitada embora de note algum desiquilibrio nas notas de álcool. Na boca esta sensação desaparece, suave, muita fruta seca e melaço, nível de acidez correcto, com um final comprido e agradável.

Classificação: 76/100

terça-feira, 27 de Setembro de 2011

IKON 2007

Características
Tipo: Vinho Tinto
Castas: Touriga Nacional
Região: Ribatejo
Teor Alcoólico: 13,5 %
Produtor: Fiuza & Bright Soc. Vit. Lda
Preço: -€ vap

Nota de Prova
Em Santarém comprei duas garrafas des vinho ao produtor. Acabado de chegar ao mercado, quis sentir um Touriga Nacional do Ribatejo à procura do melhor que tem esta casta fascinante. Encontrei um vinho opaco de cor, retinto, puro sangue, fechado e espesso. Preso de aromas, pouco revelador da casta, o mesmo se passando na boca, muito intenso, pouco elegante. Provei a 2ª garrafa agora em 2011 e encontrei um vinho que evoluiu desiquilibradamente. O vermelho da cor ganhou uns interessantes laivos levemente alaranjados, os aromas estão pouco cativantes e na boca encontrei-o muito vegetal e curto. Gostaria de compará-lo com outras edições.

Classificação: 71/100

segunda-feira, 26 de Setembro de 2011

Cadão 2009 Rosé

Características
Tipo: Rosé
Castas: Touriga Nacional e Tinta Roriz
Região: Douro
Teor Alcoólico: 13 %
Produtor: Mateus e Sequeira Vinhos SA
Preço: 2,50€ vap

Nota de Prova
Embora com o Verão a terminar e as temperaturas a baixar, ainda há tempo para beber um rosé fresco e frutado. Este Cadão será sempre um boa escolha com uma relação preço-qualidade muito interessante.
Cor rosa definido, com ligeiros laivos acinzentados, de aspecto límpido e brilhante. Aromas de intensidade média a fruta vermelha fresca, com predominância nos morangos e alguma framboesa, fresco e apetecível. Na continuidade da fruta fresca, muito equilibrado, suave com persistência final média / longa. Um rosé interessante que acompanha bem um prato mais elaborado, um peixe branco grelhado ou um prato de massa fria.

Classificação: 79/100

domingo, 25 de Setembro de 2011

Passatempo Vindimas Caves Campelo

Faça parte da tradição de Portugal, escreva um slogan, uma prosa, ou poema, etc, sobre Vinho Verde, o Minho, as nossas Vindimas e a Tradição.
Apele ao sangue dos poetas que fizeram parte da nossa história e ganhe a oportunidade de experimentar a tradição na pele.
 
Prémio Final Dia 8 de Outubro de 2011
Festeje as Vindimas e desfrute de uma experiência única
- Visita às Caves
- 1 Noite no Hotel Bagoeira
- Almoço e Jantar Convívio
- Outros (ver regulamento)
 
Prémio Diário 
Temos 1 pack de 3 garrafas para oferecer às melhores frases

Participe e ganhe o nosso prémio diário e fique automaticamente habilitado a ganhar o prémio final.Aceda aqui ao passatempo.

quinta-feira, 22 de Setembro de 2011

Cadão 2007

Características
Tipo: Vinho Tinto
Castas: Touriga Nacional, Touriga Franca e Tinta Roriz
Região: Douro
Teor Alcoólico: 13,5 %
Produtor: Mateus e Sequeira Vinhos, SA
Preço: 3 € vap

Nota de Prova

Apresenta cor rubi concentrada, intensa e de aspecto límpido. No nariz intensidade aromática com predominância na fruta silvestre bem madura, pisada, já compota, atraindo-nos ao encontro seguinte pelo palato. Aqui primeira nota para a suavidade, alguma untuosidade nos lábios,seda, com boa estrutura e corpo.  Um vinho a beber já, que continuo a considerar como uma excelente aposta para o dia-a-dia e de muito boa relação qualidade-preço.

Classificação: 82/100

Lisboa Restaurant Week 2011

De 22 de Setembro a 5 de Outubro a Lisboa Restaurant Week 2011 permite que por apenas 20€ (19€+1€ para apoiar causas sociais) possamos experimentar a dita restauração de qualidade, além de permitir concretizar paralelamente um objectivo de Responsabilidade Social pois cada restaurante e cada cliente do menu Lisboa-RestaurantWeek está a contribuir também para causas sociais.
Alguém vai participar? Eu vou. Veja a lista de restaurantes aqui.

terça-feira, 20 de Setembro de 2011

Quinta Lagoalva de Cima Late Harvest 2009

Características
Tipo: Vinho Colheita Tardia
Castas: Riesling e Gewurztraminer
Região: Tejo
Teor Alcoólico: 11 %
Produtor: Soc. Agric. da Quita da Lagoalva de Cima, SA
Preço: 13 € vap

Nota de Prova
Esta foi uma das últimas boas surpresas nas provas de colheitas tardias que tenho efectuado. As castas utilizadas terão o seu grande contributo e a casta Gewurztraminer está bem perceptível na prova.
Cor amerelo palha, com laivos dourados, muito limpido e de lágrima presente e definida. No nariz é perfumado, intenso, muito frutado com notas de lichias, pêra, manga, pêssego e alperce conjugado com muito mel e algumas notas florais. Na boca surpreende o equilíbrio entre o doce uma uma acidez viva e repenicada, atrevo-me a dizer picante e com a fruta e mel sempre em fundo. A  Gewurztraminer sobrepõe-se à Riesling, mas na minha opinião com um resultado diferente e muito interessante. Acompanhou muito bem uma sobremesa de Amêndoa.

Classificação: 81/100

segunda-feira, 19 de Setembro de 2011

Terras do Grifo 2008 Rosé

Características
Tipo: Vinho Rosé
Castas: Touriga Franca
Região: Douro
Teor Alcoólico: 12 %
Produtor: Rozès, SA
Preço: - € vap

Nota de Prova
Com pelo menos um ano a dever ao copo lá se abriu este rosé de 2008 que para surpresa ainda se encontrava em bom nível. Apresenta uma cor rosa claro muito definida, com ligeiros cinzas claros e de aspecto brilhante. No nariz ainda alguma frescura, a fruta em predominância, como o morango ou a framboesa, faz lembrar um pouco o aroma a gelatina de morango. Interessante. Na boca está presente o que se pretende de um rosé. Frescura, elegância, toque frutado, com acidez em bom nível e leve. O final de boca é persistente mas creio já o ter sido mais. Tenho de provar o mais recente.

Classificação: 79/100

domingo, 18 de Setembro de 2011

Celebra a Vida A Copo - 7/8 e 14/15 de Outubro 2011

A partir de Setembro e até ao final do ano, os eventos e acções de promoção ao vinho aparecem em força. Esta é mais uma acção inovadora das muitas que irão acontecer e que darei aqui noticia.  
A ViniPortugal, no âmbito da campanha de promoção do consumo de vinho a copo, vai organizar duas festas dirigidas ao público jovem em locais emblemáticos de diversão nocturna nas cidades de Lisboa e Porto.
A iniciativa, denominada «Festa a Copo» decorrerá nos dias 7 e 8 de Outubro, na zona da Galeria de Paris e Rua Cândido dos Reis, na cidade do Porto e no fim-de-semana seguinte, 14 e 15 de Outubro, em Lisboa, na Rua da Barroca, na zona do Bairro Alto (a partir da 20h00).
Contando com a colaboração dos restaurantes e bares estabelecidos nas zonas referidas, a Festa a Copo vai permitir que os consumidores possam degustar um conjunto alargado de vinhos de qualidade (segmento Premium e Super Premium), representativos das principais regiões vitivinícolas portuguesas a um preço uniforme de €1,50 em qualquer dos estabelecimentos aderentes.
Uma carta de vinhos com informação básica sobre o perfil dos vinhos disponíveis, copos adequados a uma degustação exigente, decoração das ruas com material alusivo à festa e um conjunto de atividades musicais e teatrais de animação de rua vão contribuir para que o conceito de vinho a copo contribua para um consumo moderado e responsável por parte de um público jovem e urbano que costuma frequentar estas zonas de animação noturna.
As Festas a Copo nas duas cidades, sendo uma iniciativa da ViniPortugal, contam com a colaboração da Revista de Vinhos na concepção e produção do evento e enquadram-se na campanha Wine in Moderation, uma iniciativa do setor do vinho Europeu que visa a promoção da responsabilidade e moderação no consumo de vinho e a contribuição na prevenção do consumo abusivo e o uso impróprio das bebidas alcoólicas na Europa.

sexta-feira, 16 de Setembro de 2011

Xaino 2009

Características
Tipo: Vinho Branco
Castas: Viosino e Gouveio
Região: Douro
Teor Alcoólico: 13 %
Produtor: Quinta Vale d'Aldeia, SA
Preço: 5 € vap

Nota de Prova
Apresenta cor amarelo palha, com ligeiros esverdeados, e de aspecto brilhante, límpido e atraente. Aromas com fruta tropical, notas de lima, algo floral e mineral. Muito complexo. Na boca encontramos aliados a uma boa estrutura, um nível de acidez estupendo, muito vivo, com um fruto para mim em destaque e que adoro que é a toranja. Envolve a boca e os restantes sentidos. Final portentoso, longo e citrino.

Classificação: 86/100

quarta-feira, 14 de Setembro de 2011

Vinhos do Alentejo em Lisboa 2011

Os Vinhos do Alentejo vão estar em destaque no Centro Cultural de Belém, em Lisboa, nos próximos dias 30 de Setembro e 1 de Outubro, num evento promovido pela Comissão Vitivinícola Regional Alentejana (CVRA) e que vai reunir dezenas de produtores da região.

Cada produtor terá uma mesa onde estará a dar a provar os seus vinhos e a falar sobre os mesmos. Visite-nos! Estarão presentes os seguintes produtores:

.Adega Cartuxa - Fundação Eugénio de Almeida
.Adega Coop. Vidigueira
.Adega das Mouras de Arraiolos
.Adega de Borba
.Adega do Monte Branco
.Adega Mayor
.Altas Quintas
.Bacalhôa / Aliança
.CARMIM / Monsaraz Vinhos
.Casa Agrícola Alexandre Relvas - Herdade são Miguel
.Casa de Santa Vitória
.Comenda Grande
.Companhia das Quintas - Herdade da Farizoa
.Cortes de Cima
.Dona Maria - Júlio Bastos
.Drinkpor
.Encostas de Estremoz
.Enoport United Wines
.Ervideira
.Esporão
.Fundação Abreu Callado
.Henrique Uva / Herdade da Mingorra
.Herdade da Ajuda Nova
.Herdade da Calada
.Herdade da Capela
.Herdade da Malhadinha Nova
.Herdade da Maroteira
.Herdade das Servas
.Herdade do Gamito
.Herdade do Menir / Couteiro-Mor
.Herdade do Peso
.Herdade do Rocim
.Herdade dos Grous
.Herdade dos Machados
.Herdade Grande
.J. Portugal Ramos Vinhos
.João Barbosa & Filhos
.Lima Mayer & Companhia
.Monte da Penha
.Monte da Raposinha
.Monte da Ravasqueira
.Monte do Álamo
.Monte dos Cabaços
.Monte Novo e Figueirinha
.MR - Morais Rocha
.Paulo Laureano Vinus
.Pedra Basta
.Pontual Vinhos
.Quinta do Mouro
.Quinta do Quetzal
.RG Rovisco Garcia
.Roquevale
.Sociedade Agrícola de Torais
.Solar do Lobos
.Terras de Alter
.Terrenus
.Terrenus Veritae SA / Folha do Meio
.Tiago Cabaço Wines
.Torre do Frade

terça-feira, 13 de Setembro de 2011

Restaurante "O Lagar" - Torre de Moncorvo

Sito num antigo Lagar de Azeite de Torre de Moncorvo e paredes meias com a Oficina Vinária foi com alguma expectativa com que entrei neste espaço gastronómico à procura de algo genuíno e diferenciador. Já no interior observamos o espaço muito bem decorado, com motivos relacionado com o vinho e com a região e muito acolhedor. Um festim para o olhar com o notável trabalho de restauro e transformação do outrora local de árduo trabalho para um de puro prazer. À entrada, e enquanto esperamos por mesa, uma montra para os vinhos dos produtores mais próximos. Aveleiras, Valle do Nídeo, Casa da Palmeira, Meandro, Montes Ermos, etc.
Já na mesa, com apresentação descuidada e atabalhoada, começaram algumas surpresas não esperadas. Concordo que as expectativas eram altas, e muito embora não as considere totalmente negativas penso serem pontos a melhorar para que quem visite este local sinta realmente a diferença em relação a tantos outros que por ali existem.
Serviço de mesa muito atencioso e simpático, todavia com pouco formação e um pouco descuidado. Entre o pedido e o aparecer dos pratos não demorou muito tempo, mas sempre que era necessário pedir qualquer coisa era preciso sorte até que fossemos atendidos.
Ementa um pouco pobre. Esperaria os tais pratos regionais e peixe do rio variado todavia não tive essa sorte. A escolha acabou por recair por Bacalhau à Lagar, Robalo Grelhado e Franguinho Grelhado. Excelente o Bacalhau à Lagar, normalissimo o Franguinho Grelhado e desilusão no Robalo (mini) que penso que nem grelhado estava.
A Carta de Vinhos foi contudo a minha maior tristeza. Rodeado de tradição, de grandes produtores e de grande vinhos, temos um Carta de Vinhos que é um folha plastificada, com nome do vinho, às vezes incompleto e preço. Sem preocupação com referencia sequer ao ano. Tudo muito ao monte e quando se pergunta o que se aconselha obtém-se como resposta um rápido "Isso é tudo bom! Escolha!"
Este é para mim um Restaurante com um potencial enorme nesta região. Haja vontade e saber em efectuar os acertos necessários e poderá constituir uma marca gastronómica na região. Tem o essencial para poder avançar que são os clientes. Irei acompanhar o crescimento deste local com atenção e esperar que estes pequenos pormenores sejam corrigidos.
Morada: Rua do Hospital Velho, 16 5160-272 Moncorvo, Torre de Moncorvo
Contacto: 279 252 828
Site:  www.restauranteolagar.net
Preço médio por refeição: 18 €
Atendimento: Simpático, Atencioso, Algo lento
Satisfação: 6/10

segunda-feira, 12 de Setembro de 2011

Ninfa 2008 Single Vineyard

Características
Tipo: VinhoTinto
Castas: Touriga Nacional e Syrah
Região: Tejo
Teor Alcoólico: 13 %
Produtor: João Teodósio Matos Barbosa e Filhos, Lda
Preço: - € vap

Nota de Prova
Da minha visita à Adega Porta de Teira um tinto para o qual chamo a vossa atenção. Apresenta um cor rubi viva e de média concentração, de aspecto límpido e de lágrima persistente.Aromas onde predominam os frutos vermelhos e pretos bem maduros, com fruta silvestre, bagos e uma ligeira frescura mentolada. Limpo. No palato sente-se muito bem a fruta, muito frutado, fresco, com taninos suaves e bom equilíbrio no conjunto. Volumoso e algo untuoso nos lábios, tem um final de boca longo, persistente e com muita frescura.

Classificação: 79/100

domingo, 11 de Setembro de 2011

Gadiva 2007

Características
Tipo: VinhoTinto
Castas: Tinta Roriz, Touriga Franca e Touriga Nacional
Região: Douro
Teor Alcoólico: 13 %
Produtor: Lavradores de Feitoria
Preço: 2,50€ vap

Nota de Prova
Começa a ser hábito encontrar bons vinhos a baixo preço estejam eles em promoção ou no preço normal. Este acabou por ser mais um a confirmar este recente regra. Apresenta cor rubi definida, com alguns laivos avermelhados. Plano aromático de intenso frutado a frutos vermelhos e pretos silvestres bem maduros, com ligeiras notas baunilhadas e alguma especiaria em fundo. Na boca tem uma entrada muito suave, pé ante pé, muito correcto e eequilibrado e até algo guloso. Sente-se que se deve beber o mais rápido possivel pois está a perder alguma vivacidade, todavia ainda conduzindo a uma bela prova. Final de boca persistente.
Pede gastronomia e companhia. Feitas as contas consegue-se fazer boa figura com pouco dinheiro gasto.

Classificação: 76/100

quinta-feira, 8 de Setembro de 2011

Prova de Espumantes Fita Azul da Borges

No passado dia 20/08/2011 tive o prazer de participar numa prova de Espumantes dos Vinhos Borges Fita Azul. Deixo o meu especial agradecimento pelo convite e pela disponibilidade demonstrada neste dia para com o Blog Comer, Beber e Lazer.


Fita Azul Celebration Meio-Seco
Este espumante produzido através do método clássico é elaborado a partir de uvas das castas Gouveio, Malvasia-Fina, Côdega e Arinto. Apresenta uma cor amarelo palha, muito cintilante, brilhante e límpido. De bolha fina e persistente. Aspecto aromático discreto e delicado, com leves notas de fruta seca como a noz e alguma fruta doce / tropical. Na boca continuamos com a sensação de delicadeza, alguma seda, com acidez suficiente para  manter vivo e interessante e com alguma doçura presente e envolvente.  
Preço pvp: 4,97€

Fita Azul Woman
Este espumante produzido através do método clássico é elaborado a partir de uvas das casta Moscatel. Esta foi a grande surpresa para mim. De cor amarelo palha, ligeira mente mais dourado que o anterior, de aspecto límpido e com bolha fina persistente e contínua. No nariz é intenso, portentoso, exuberante com predominância na notas florais e fruta doce. No palato surpreende  pela elegância e suavidade, mas também pelo doce floral. Já tenho previsto para acompanhamento de uma sobremesa à base de morangos.
Preço pvp: 5,96€

Resta referir que as condições de prova foram muito boas, com copos e temperaturas adequadas e com alguém à frente da prova que mostrou interesse e muita vontade em "mostrar" as virtudes destes espumantes.

terça-feira, 6 de Setembro de 2011

Encostas do Ardila 2006

Características
Tipo: VinhoTinto
Castas:Aragonez, Alicante Bouschet e Trincadeira
Região: Alentejo
Teor Alcoólico: 14,5 %
Produtor: Herdade dos Arrochais
Preço: 6,50€ vap

Nota de Prova
A apreciação deste vinho foi uma autentica prova cega. Desconhecia-o por completo. Torna-se, no entanto, importante referir que a prova ocorreu já este ano : 2011. Chegou-me já um vinho diferente do típico alentejano. A cor já apresentava bastantes laivos alaranjados e até com uma certa beleza. O aroma é de fruta confeitada e já algo transformada pelo tempo, agora mais subtil e complexa. Mantém uma boa acidez e faz uma boa prova. Sem grandes defeitos a apontar, embora igualmente sem grandes virtudes a realçar..

Classificação: 68/100

Grão de Bico Frito com Sal

Tinha e continuo a  ter cá em casa grão de bico com fartura. A Faina corre de feição, mas temos de evitar o desperdício. Vai daí que tal fazer um óptimo aperitivo salgado? Já está.
Ingredientes:
- 500g de Grão de Bico
- Sal fino

Preparação:
Demolhe o grão de bico durante cerca de 3 a 4 horas em várias águas. Retire o grão de bico da água, seque bem com um pano e coloque a fritar em óleo bem quente. Quando o grão de bico estiver a flutuar no óleo como se fossem rolhas é o sinal de que está frito. Retire para uma superfície absorvente e polvilhe com sal fino a gosto. Óptimos para acompanhar uma cerveja gelada ou um branco fresco novo.

domingo, 4 de Setembro de 2011

Horácio Simões Moscatel 2002

Características
Tipo: Vinho Moscatel
Castas: Moscatel
Região: Península de Setúbal
Teor Alcoólico: 17 %
Produtor: Casa Agrícola Horácio Simões
Preço: 12€ vap

Nota de Prova
Informa o rótulo que este vinho poderá com o tempo criar algum depósito. Com efeito o deposito está lá e sugere um servir cuidado ou mesmo uma filtragem do mesmo. Cor âmbar escura, de aspecto licoroso e com lágrima persistente e bem definida. No nariz pouca intensidade aromática, muito delicado com aromas predominantes a flor de laranjeira, mel e frutos secos. Na boca revela-se gordo, untuoso nos lábios,com notas de mel e caramelo, com muita fruta seca e fruta passa e com a doçura habitual da Horácio Simões neste tipo de vinho. Final de boca longo e persistente. Surpreende mais na boca do que no nariz.

Classificação: 79/100

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails