quinta-feira, 11 de julho de 2013

Lançamento do Damasceno Branco 2012

Com calor apetecem os brancos. O consumidor procura, ávido de frescura, o branco que lhe dará mais prazer em dias em que as temperaturas sobem a marcas record. Os vinhos Damasceno ainda não contavam com um Branco no seu portefólio, mas essa lacuna acaba de ser suplantada com o lançamento do Damasceno 2012 Branco.

Numa primeira fase, a prova num estilo mais formal, com a apresentação pelo Enólogo Nuno Cancela de Abreu e de David Rego, Director Técnico da Vinhos Damasceno. Aqui, para além da estrela do dia, foram também provados o Damasceno 2011 Tinto e o Damasceno 2010 Reserva tinto.

Damasceno 2012 Branco
Cor amarelo citrino, limpo. Aromas de boa intensidade a fruta exótica, notas tropicais bem ladeadas pela presença dos citrinos e muita frescura. Aparece um ligeiro toque de pão. Na boca surge com volume, ligeira untuosidade, prefil frutado, acidez equilibrada e frescura. Muito equilibrado. Sem ser apenas fruta por todo o lado. Óptima opção a solo e óptima opção com comida.
Preço: 7,99 € pvp


Damasceno 2011 Tinto
Mantém o perfil de quando o havia provado a primeira vez. Mas sobe. Está melhor. Grande intensidade da fruta madura no nariz e muito polido na boca. Cresceu em profundidade de boca, manteve a fruta fresca, surgem notas mais especiadas e vegetais. Na minha opinião está melhor. Partiu de um ponto já elevado e continua a surpreender.
Preço: 7,99 pvp
Damasceno 2010 Reserva Tinto
Cor granada, intenso, com tonalidades mais acastanhadas, de aspecto límpido. Aromas perfumados com fruta vermelha e preta bem madura, tostados leves, boa incorporação de notas vindas do estágio em barrica com um baunilha no final a apelar ao nosso lado mais guloso. Na boca está cheio de vida, volumoso, bela acidez, perfil frutado, com boa especiaria. Está num óptimo momento para ser bebido. O final de boca é longo.
Preço: 16€ pvp

Depois, numa segunda fase, à mesa. 
A apresentação decorreu no Restaurante Sea Me, em pleno Chiado, onde foi preparada uma extensa ementa para harmonizar com os vinhos que iriam ser provados e outros que apareceriam durante a refeição.
Neste aspecto, a harmonização dos pratos foi conseguida e ficou provado que estes vinhos têm uma versatilidade e um poder gastronómico muito elevado.
Dos vinhos fica a conclusão de um perfil muito bem definido, frescura, acidez sempre no ponto, versatilidade à mesa e valor garantido.

Da ementa do Sea Me ainda não me consegui esquecer daquele Sashimi de Sardinha fabuloso que ofuscou os restantes pratos.

1 comentário:

  1. Antes de mais parabéns pelo blog que é muito limpinho assim como as reviews.
    Hoje abri a minha damasceno que estava esquecida no Jumbo, mas que maravilha de vinho, a coloração é ainda bastante viva, sem tons muito amarelados, ainda com o verde a ressaltar, os aromas sao maravilhosos de erva cortada, quente e denso. valeu a espera...excelente este setubalense :)

    ResponderEliminar

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails