terça-feira, 29 de outubro de 2013

Esporão Comemorou 40 Anos de Vida

 No passado 27 de Setembro de 2013 a Esporão comemorou 40 anos de existência. Nasceu em Reguengos de Monsaraz da vontade incondicional de produzir os melhores vinhos. Com a primeira colheita sob a marca Esporão Reserva a surgir em 1985, a Esporão alargaria, num curto espaço de tempo, a sua gama com as marcas Alandra em 1991 e Monte Velho e Vinha da Defesa em 1992. Hoje, a Esporão detém propriedades não só no Alentejo como também no Douro com a Quinta dos Murças, e está presente em mais de 50 países.
 
Neste dia, ao final da tarde, na Herdade do Esporão em Reguengos de Monsaraz, no âmbito das comemorações do quadragésimo aniversário, teve lugar uma prova especial dos vinhos históricos da Esporão - 40 Years Historical Wine Tasting -  apresentada pelo Enólogo David Baverstock e de seguida o jantar de gala servido pelo restaurante da Herdade do Esporão em plena Adega, rodeados por barricas e acompanhados por um grupo de cantares alentejanos. Ambiente épico. 
 
Voltando á prova dos vinhos históricos, como não poderia deixar de ser, foram provadas algumas das referências desta casa, vinhos com história, com histórias e que mostraram a qualidade dos vinhos produzidos por pela Esporão. Os vinhos em prova foram os seguintes:

ESPORÃO PRIVATE SELECTION 2011 BRANCO
Cor amarelo citrino, bem definido e com alguns rasgos esverdeados. Nariz intenso, floral, com fruta madura de caroço como o pêssego e o alperce, madeira nova bem ligada, com alguma baunilha e tosta leve. Faz lembrar um colheita tardia. Na boca surge com acidez vivaz, perfil citrino, fino, elegante, com ligeiro herbáceo no final. Termina fresco e elegante.

ESPORÃO RESERVA 2009 BRANCO
Cor amarelo citrino, nuances esverdeadas, aspecto jovem. Aromas intensos a fruta citrina, laranjas frescas, algum mel e notas florais. Intenso. Boca com boa acidez, macio, com fruta citrina, vivaz e ligeiro toque especiado final bem ligado. Está num excelente momento de forma. 
 
ESPORÃO PRIVATE SELECTION 2008 BRANCO
Cor amarelo de tonalidades dourado, palha seca, intenso. No nariz mostra-se delicado e mais discreto, tudo muito bem colocado. Fruta, madeira e floral em equilibrio. Na boca está macio, com boa acidez, num conjunto equilibrado, com notas de madeira muito bem ligadas. Final longo, fresco e elegante.

ESPORÃO RESERVA 2004 BRANCO
Cor amarelo dourado, intenso e brilhante. No nariz aromas intensos a fruta exótica e citrica bem casadas, com frescura e elegância. Na boca mantém a frescura, muita frescura e vivacidade neste 2004 com fruta citrina, traço vegetal e especiado. Final de boca longo.
 
ESPORÃO RESERVA 1996 BRANCO
Cor amarelo de tonalidades douradas e de aspecto espesso. No nariz aromas intensos a fruta tropical, algum pêssego, fruta seca, melaço e ligeiras notas químicas. No palato revela-se um pouco já em queda, mantém um perfil equilibrado, ainda com vida e acidez, mas o final de boca cai abruptamente e desaparece rápido. 
 
QUINTA DOS MURÇAS RESERVA 2008 TINTO
Cor rubi, ligeiras nuances violeta no bordo do copo. Aromas intensos a fruta vermelha e preta madura, notas florais, algum mentolado, ervas aromáticas e boa sensação de frescura. Na boca um tinto complexo, cheio, de taninos macios, com boa acidez e e que dá vontade de ir mordiscando. Boa fruta, com boa ligação a notas mais especiadas e com profundidade de boca. Final extenso e fresco.

HERDADE DO ESPORÃO ALICANTE BOUSCHET 2008 TINTO
Cor rubi, intenso e concentrado. No nariz marca a casta, com a intensidade da fruta e com o equilíbrio com as notas especiadas e de tostados leves. Surge na boca com boa acidez, com fruta em boa forma, especiado, com notas vegetais leves  no retro gosto, muito macio e cheio de vida. Termina longo e fresco.

HERDADE DO ESPORÃO TOURIGA NACIONAL 2008 TINTO
Cor rubi, concentrado, fechado e praticamente opaco. Nariz muito floral e com muita fruta preta madura. Bela harmonia. Madeira bem ligada, fresco, com notas de hortelã da ribeira. Na boca está vivaz, pujante, jovem, com taninos macios, toque untuoso, com perfil de frta madura, um toque mais doce, mais redondo. Final longo, persistente e fresco.
 
HERDADE DO ESPORÃO ARAGONEZ 2007 TINTO
Cor rubi, concentrado, intenso e fechado no núcleo. Mais aberto no bordo do copo, com nuances violeta claro. Nariz com boa intensidade da fruta vermelha madura, equilibrado, com notas de baunilha leves e fresco. Na boca perfil frutado, cheio de fruta fresca, marcante, seco, com vegetal a marcar pontos. Intenso, muito intenso. Um perfeito jovem.

TORRE 2007 TINTO
Cor rubi, intenso e concentrado, com violetas avermelhados no bordo do copo e de aspecto jovem. Aromaticamente bem desenvolvido e evoluído, com fruta vermelha cheia de frescura, madeira com toque ainda novo, tosta ainda a marcar e sensação de frescura. Na boca ainda com a pujança de um jovem rebelde, de um menino traquina, com secura, fruta fresca, boa especiaria e todo um reboliço decorrente da sua boa juventude. A guardar para depois tirar mais prazer.

ESPORÃO RESERVA 2004 TINTO
Cor vermelho atijolado, casca de cebola. No nariz surge algum toque a fruta madura, folha de tabaco, ligeiro menta com cacau, muito interessante e complexo. Ainda pulsa com vida na boca, surpreendendo com boa acidez, alguma secura, fruta fresca, com boa especiaria e tosta bem ligada. Ligeiro cacau final.

ESPORÃO PRIVATE SELECTION 2001 TINTO
Cor rubi, intenso, de boa concentração no núcleo e que vai perdendo intensidade para o bordo do copo para um vermelho mais atijolado. No nariz notas mais evoluídas, muita especiaria, folha de tabaco e caixa de charuto. Na boca está em grande. Vivaz, intenso, acidez alta, com boa secura e fruta bem visivel. Tem um final espantoso, longo e fresco.

ESPORÃO RESERVA 1996 TINTO
Cor vermelho tijolo, barro, de média intensidade e concentração, mais aberto. Aroma intenso, à espera de tempo, algum bret, estrebaria, mas curiosamente... bom. Sedutor e que com o tempo de copo melhorava a cada segundo. Na boca está ainda com boa acidez, com ligeiro marcador de couro, mais suave do que no nariz. Cai rapidamente, mas ainda mostra qualidades.

O jantar contou com uma ementa harmonisada com os vinhos da Esporão. Como entrada "Um Passeio na Horta" casado com Herdade do Esporão 2 Castas 2012; de seguida a sopa "Creme de Abóbora e Salada de Pato" servido com Esporão Reserva 2011 Branco; o prato de carne chegou com o "Porco Preto Confitado e Grelhado na Grelha" ligado com o Esporão Reserva Tinto Magnum 2011; e a sobremesa "Do Convento" foi harmonisada com um Verdelho 8 anos fruto de ensaios de enologia.

Uma experiência a recordar e a pedir um elevar do copo em jeito de brinde de Parabéns a esta Casa tão importante no sector do vinho português.

Sem comentários:

Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails