quarta-feira, 9 de outubro de 2013

EVS Bairrada 2013 | Tintos de Excelência por Nuno Oliveira Garcia

 A última das provas comentadas no âmbito do Encontro Com o Vinho e Sabores Bairrada 2013, no terceiro e derradeiro dia do evento, foi dedicada aos Tintos de Excelência e apresentados pelo Nuno Oliveira Garcia, da Revista de Vinhos, que de forma própria partilhou com os presentes não só o seu conhecimento acerca da região da Bairrada como soube cativar o enófilo presente para cada vinho e cada pormenor presente nos mesmos. Mais uma vez, de forma quase automática, estabeleceu-se um ambiente de troca de ideias, de pergunta/resposta e de interactividade, onde todos saíram a ganhar. Parabéns à Revista de Vinhos.

 Os vinhos tintos em prova foram os seguintes:

REGATEIRO 2011 | LUSOVINI | 9,90€
Cor rubi de média concentração, com violetas bem definidos. Aromas cheio de fruta , com toque floral, perfil jovem. Na boca está redondo, continuando com muita fruta vermelha, com frescura, alegre, vivo e despreocupado. Final de boca longo.

QUINTA DA DÔNA 2009 | ALIANÇA | 18,50€
Cor rubi, intenso, escuro. No nariz a fruta silvestre madura, com alguma resina, notas de pinheiro e com muita frescura. Na boca surge um pouco austero, seco, com boa acidez e caminhando para final longo, guloso e algo encorpado.
CAVES SÃO JOÃO 92 ANOS DE HISTÓRIA 2009 | CAVES SÃO JOÃO | 25€
Cor rubi, concentrado, intenso e definido. Aromas complexos com a fruta silvestre madura e perfumados florais a sobressaírem e m notas com algum barro, tostados, toffee e especiarias. Desafiante. Na boca com grande estrutura , meio seco, quase que picante, muito equilibrado e com boa frescura. O final é longo e algo especiado e mesmo com algum cacau.

NELSON NEVES RESERVA MERLOT 2009 | CÉLIA NEVES | 15,90€
Um Merlot na Bairrada com cor rubi, intensa, com ligeiros acastanhados, mas opaco. Nariz com intensidade, muita fruta vermelha e preta silvestre madura, algo doce, com alguma redução e com um fundo terroso. No palato surge vivaz, com boa estrutura, intenso, com volume, quase tragável e com uma secura que nos faz salivar. No final de boca parece continuar a encher-nos o palato.
CALDA BORDALESA 2009 | CAMPOLARGO | 25€
Cor rubi, escuro e intenso, com violetas mais escurecidos. No nariz a fruta preta madura e fresca, ligeiros minerais, grafite, com notas especiadas e tostados leves. Na boca está vivaz, acidez alta, seco, com uma consistência notável, muito firme, cremoso ao toque e de grande equilíbrio.Termina longo..

PRINCIPAL GRANDE RESERVA 2009 | COLINAS DE SÃO LOURENÇO-IDEALDRINKS | 35€
De tonalidades rubi, carregado, intenso, escuro e opaco. No nariz as amoras silvestres surgem frescura, sem exageros, com a madeira bem ligada, com notas de tosta leve, algum toffee e café. Na boca está expressivo, com toque untuoso, denso e cremoso, com perfil frutado elegante, muito bem detalhado, com grande equilíbrio e num final elegante e espesso.

LUIS PATO VINHA BARROSA 2009 | LUIS PATO | 25€
Cor rubi, aspecto novo, intenso, expressivo e opaco. No plano aromático é evidente a baga, a fruta preta madura, com fruta silvestre, cheiro a terra, a barro, algum grafite. Na boca sente-se a sua juventude. Pujante, encorpado, com a acidez lá em cima, acutilante, aos pulos. Com muita frescura, ligeiro mentolado, elegante e feito para durar.

AEQUINOTIUM GRANDE RESERVA 2009 | MARIA DO ROSÁRIO CARVALHEIRA | 19,90€
Cor rubi fechado, intenso e opaco. Aromas frescos, muita fruta vermelha e preta madura, toque de chá, alguma mineralidade e terra, tudo no sitio certo. Palato com muita frescura, redondo, polido, com acidez equilibrada, com continuidade da fruta e com final elegante e persistente.

KOMPASSUS 2009 | KOMPASSUS | 37,5€
Cor rubi vermelhão, concentrado e com boa intensidade. No nariz surge muito concentrado e intenso, mesmo violento com as notas de fruta preta bem ligadas com a presença de barrica quase imperceptível, tosta muito leve, com boa mineralidade e algum cacau em fundo. Na boca continua bastante reguila, pujante e vivaz, com acidez alta, seca porém complexo e maduro mas fresco. Taninos algo picantes. Final longo, longo e mais longo..

QUINTA DAS BÁGEIRAS GARRAFEIRA 2008 | MÁRIO SÉRGIO ALVES NUNO | 20€
Aspecto visual de cor rubi, intenso, concentrado e opaco no núcleo, enquanto que mais aberto no bordo do copo. Aromas muito elegantes, perfumados, com fruta vermelha madura, com uma frescura mentolada e com notas de estagio em barrica bem posicionadas. Na boca está denso, musculado, quase mastigável, seco , provocando o salivar. A fruta fresca continua a marcar. Já grande vinho, mas aposto nele com mais uns anos de garrafa para o aproveitar ao máximo.

Sem comentários:

Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails