domingo, 12 de outubro de 2014

Prova de Ouros e Grandes Ouros do Concurso Vinhos de Portugal na Sala Ogival de Lisboa | Região Tejo e Lisboa

No passado dia 27 de Setembro fui conhecer melhor alguns dos Ouros e Grandes Ouros do Concurso Vinhos de Portugal 2014 das regiões Tejo e Lisboa.
Vasco Avillez, presidente da CVR de Lisboa, foi orador e condutor da prova na Sala Ogival de Lisboa perante uma sala esgotada de interessados participantes que deste modo permitiram um saudável e enriquecedor diálogo ao longo da mesma.

CASAL DO CONDE 2013 BRANCO | 13% | DOC TEJO | PVP €
ALVARINHO
Sociedade Agrícola Casal do Conde, SA
OURO
Cor citrino, ligeiros esverdeados, não muito pronunciado. Aromas citrinos, alguma lima, fruta de caroço, toque mineral e fresco. Boca com acidez bem colocada, equilibrado com a fruta, sequinho, faz-nos salivar. Mineral e limpo. Final de boca longo.
80/100

PLANÍCIE 2013 BRANCO | 12,5% | DOC TEJO | PVP €
FERNÃO PIRES
Adega Cooperativa de Almeirim, CRL
OURO
Cor citrino, aspecto jovem. Aroma intenso a fruta tropical, alguma manga, abacaxi e algo doce. Na boca surge com mais frescura onde o perfil sumarento a fruta citrina predomina, num conjunto correcto e alinhado. Final de boca de média duração.
80/100

VALE DE LOBOS 2013 BRANCO | DOC TEJO | 12,5% | PVP €
Sociedade Agrícola da Quinta da Ribeirinha, Lda
OURO
Cor citrina, aspecto jovem e brilhante. Aromas intensos a fruta tropical, algum citrino, lima, toque leve vegetal e fresco. Na boca surge com acidez estaladiça, fruta de caroço e citrinos, equilibrado e com ligeiro toque untuoso que lhe dá algum volume de boca. Final de boca longo.
82/100

CABEÇA DE TOIRO RESERVA 2013 BRANCO | DOC TEJO | 13,5% | PVP €
ARINTO, CHARDONAY, SAUVIGNON BLANC
Enoport United Wines, SGPS
OURO
Cor amarelo citrino, definido, ligeiros esverdeados e aspecto límpido. Aromas delicados, sem serem exuberantes mas com a fruta tropical e alguma citrina presentes, ligeiro maracujá e toque verde fresco. Acidez de boca no ponto, crocante, vivaz, com muita fruta fresca e sumarenta. Sente-se um vinho com algum corpo e estrutura e já apontando à mesa. Final de boca longo.
85/100

CASA SANTOS LIMA SAUVIGNON BLANC 2013 BRANCO | CVR LISBOA | 13% | PVP €
SAUVIGNON BLANC
Casa Santos Lima
OURO
Cor citrina, quase transparente, aspecto novo e limpo. Aromas cheios de maracujá e muito mineral e fresco. Paladar fresco, acidez elevada e equilibrada com a fruta. Conjunto fresco com final prolongado.
83/100

MULA VELHA PREMIUM 2012 TINTO | CVR LISBOA | 13,5%| PVP €
SYRAH, TOURIGA NACIONAL E ALICANTE BOUSCHET
Parras Vinhos, Lda
OURO
Cor rubi concentrada, violetas definidos, aspecto jovem. Aromas pronunciados a fruta vermelha e preta madura, notas especiadas, cacau e de tosta leve e fresco. Boca com estrutura, boa acidez, alguma secura e adstringencia, fruta fresca, pronto a beber, com toque especiado e final de boca persistente.
84/100

CHOCAPALHA VINHA MÃE 2010 TINTO | CVR LISBOA | 14,5% | PVP €
TOURIGA NACIONAL, TINTA RORIZ, SYRAH
Casa Agrícola das Mimosas
OURO
Cor rubi, concentrado no núcleo, mais aberto e de tonalidades violetas no bordo do copo. No nariz surge um pouco marcado pela barrica, com especiados leves, fruta preta silvestre, algum terrosso, fumado e cheiro a bosque. Surge cheio de força, estrutura, taninos expressivos, marcados e cheio de fruta fresca. Surge bem equilibrado com toque especiado e vegetal. Final de boca longo. De durar. Está novo.
89/100


OPACO 2011 TINTO | CVR LISBOA | 13,5% | PVP €
SOUSÃO, ALICANTE BOUSCHET
Casa Santos Lima
GRANDE OURO
Cor rubi intenso, concentrado, fechado, violeta escuro e definido. Aroma com fruta preta silvestre madura, frutas do bosque, alguma cacau, especiado e com fumados definidos. Muito equilibrado. Boca de taninos definidos, marcados, vivaz, corpulento e cheio de estrutura. Fruta com frescura e bem rodeada dos predicados que lhe chegam pelo estagio de 16 meses em barrica nova que, felizmente, não marca em demasia o vinho. Belo conjunto. Final persistente.
90/100

Sem comentários:

Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails