quinta-feira, 8 de outubro de 2015

Pôpa Fiction | Realizado Pelos Irmãos Stéphane e Vanessa Ferreira

Nas salas de cinema em Portugal, a quarta-feira é dia destinado às ante-estreias das novidades cinematográficas, tal como na Taberna Tosca, esta quarta-feira, foi dia de ante-estreia da Trilogia de Vinhos Pôpa Fiction dos Irmãos Stéphane e Vanessa Ferreira.

Parece conversa de cinema, mas estamos a falar é de Vinho. Com assinatura Pôpa Arts Projects chega uma trilogia de vinhos do Douro, cujo nome, imagem e marketing é inspirado na ficção, com desenho da imagem a ter a mão do artista Mário Belém. Hot Lips, In The Flesh e The Grape Escape são três vinhos diferentes, com três histórias diferentes. Tintos do Douro, em garrafas de litro. Com o mote "Another Point Of View" não fazia sentido a mais que habitual garrafa de 0,75cl. 

As garrafas de um litro transformadas numa colecção de livros demasiado grandiosa para ser de bolso, e demasiado sedutora para ficar na prateleira. João Menezes, enólogo da Quinta do Pôpa, foi o criador desta trilogia de néctares, que, segundo o mesmo, se devem beber sem qualquer moderação moral, com a paixão à flor da pele e com saca-rolhas na liga. 

Uma edição limitada a 2.550 garrafas de um litro, com o preço de 29€ cada. A venda é individual, mas estão pensados, para breve, packs com vinho e merchandising, como t-shirts, posters, postais entre outros.

HOT LIPS 2012 TINTO | DOURO | 14% | PVP 29€
Com a tagline Querido, este vinho não é o que estás a pensar.
Um vinho jovem, cheio de fruta, cheio de garra, fresco, guloso e a precisar de ser domesticado. Precisará de tempo de garrafa, dizem uns, é para beber já ouve-se sussuram por entre lábios já marcados pelo vinho.
Uma história que tanto sussurra segredos, como uiva de prazer, com um argumento de faca na liga, de corpo redondo, com sangue e lágrimas

IN THE FLESH 2012 TINTO | DOURO | 13,5% |  PVP 29€
Aviso! Atenção! Este vinho é um pedaço de mau caminho.
Uma freira, Severa, com vários pecados e (menos) castidade são os ingredientes para a história que acompanha este vinho. Adorei a introdução e este vinho acabou mesmo por ser o meu preferido da noite. Mais adulto e com mais elegância de nariz e boca, barrica bem integrada, uma vivacidade marota, como a própria história, a puxar por nós, a mostrar intensidade e grande equilíbrio.

THE GRAPE ESCAPE 2012 TINTO | DOURO | 14% | PVP 29€
Não tenha receio, mas Este vinho é um assalto em frente. Copos ao alto!
Aparece corpulento, gordo, cheio de estrutura. Apetece desde logo chagar-lhe a comida regional nortenha. Muita fruta madura, boa complexidade e notas frescas. Equilibrado, de taninos prontos e com margem de evolução.
A história segue os ditames habituais de um policial noir: um larápio, uma femme fatale e uma fuga (não para a frente).

Sem comentários:

Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails