sábado, 2 de janeiro de 2016

Quinta do Vale Meão 2008 Tinto

QUINTA DO VALE MEÃO 2008 TINTO | DOURO | 14,5% | PVP 80€
TOURIGA NACIONAL, TINTA RORIZ, TOURIGA FRANCA, TINTA BARROCA
F. OLAZABAL & FILHOS, LDA
93 / 100

Em 1887 começava a ser plantada, na margem do Rio Douro, em terrenos de puro mato adquiridos por Dona Antónia Adelaide Ferreira ao Município de Vila Nova de Foz Côa, o vinhedo da Quinta do Vale Meão. Hoje, na posse de Francisco Javier de Olazabal, seu trineto, esta que foi uma das míticas Quintas da "Ferreirinha", tem os seus 81 hectares de vinha plantada em terrenos de diversas origens geológicas que são o terroir para a produção deste vinho.
Mostra-se jovem na cor, de vermelho rubi intenso, boa concentração e sem mostrar ainda sinais dos anos a passar. No plano aromático deparamo-nos com um bouquet bastante complexo e ao mesmo tempo harmonioso. Notas florais, com frutos vermelhos e pretos maduros ainda plenos de frescura, giesta, cedro, barrica que não deixa de se notar, mas que não se sobrepõe e até complementa. Vai abrindo e crescendo à medida que o tempo passa com ele no copo. Mostra-se vivo e com vontade de continuar.
Boca com estrutura, a mostrar que ainda tinha tempo para ser aberto, vivaço, de tanino sólido, embora macio, aveludado e guloso. Enche o palato e continua a mostrar-se cheio de equilíbrio e agora ainda mais envolvente. É um vinho que dá prazer beber e levar para a mesa. Sem dúvida um dos Grande do Douro e de Portugal.

Sem comentários:

Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails