sábado, 23 de julho de 2016

Pai Abel "Chumbado" 2011 Branco

PAI ABEL "CHUMBADO" 2011 BRANCO | MESA | 13,5% | PVP  25€
BICAL, MARIA GOMES
MÁRIO SÉRGIO ALVES NUNO
95 / 100

Regresso, não previsto, a este "chumbado" da Quinta das Bágeiras, cerca de três anos após o ter provado pela última vez. Oportunidade para confirmar tudo o que pensei dele em 2013. Um branco de excelência mas, uma colheita que após voltar a ser "chumbada" pela Câmara de Provadores da Comissão Vitivinícola Regional da Bairrada, Mário Sérgio, numa decisão contrária ao habitual, decidiu registar com a marca Pai Abel Chumbado e comercializá-lo como vinho de mesa.
De cor amarelo definido, ainda de aspecto novo, sem os amarelados mais carregados que lhe poderiam marcar visualmente, surge no nariz com a complexidade e personalidade que esperava. Embora já com o peso de alguns anos em cima continua a mostrar fruta amarela madura bem fresca, com alguma fruta passa, casca de citrinos, alguma laranja cristalizada, notas florais e mineral envolvente. Demorei-me um pouco por aqui.
Na boca parece-me um pouco mais pronto, estruturado, volume que nos enche o palato, com aquela acidez rasgada, mas ao mesmo tempo completamente integrada.
A passagem pelas barricas dá-lhe agora um pouco mais de corpo, uma certa untuosidade, largura e está completamente envolvida no conjunto.

Sem comentários:

Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails