terça-feira, 27 de setembro de 2016

OnWine Terroir Experience em Lisboa

A OnWine Distribuição Nacional apresentou pela primeira vez aos profissionais do sector e imprensa a sua família de produtores. Com origem em diferentes regiões vinícolas de Portugal o evento foi uma verdadeira experiência de Terroirs.
O evento decorreu no Myriad Crystal Center em Lisboa e, para além da habitual rotina de provar vinhos de produtor em produtor, houve ainda lugar a duas provas especiais que muito me agradaram pelo diálogo que foi possível acompanhar entre os representantes de cada vinho e os convidados.  

Uma prova de Alvarinho onde a região dos Vinhos Verdes, Douro e Lisboa se juntaram; e uma prova de vinhos icónicos e antigos. De ambos os momentos falarei em próximas publicações.
A região dos Vinhos Verdes esteve representada  pelo Casal de Ventozela onde se destacou a apresentação do seu Alvarinho monocasta lançado este ano pela primeira vez.

O Douro, a região mais representada, revelou novos lançamentos dos vinhos Conceito, da Quinta da Gaivosa e de Quanta Terra. Oportunidade para presentear os convidados com colheitas antigas e raras, sendo que algumas já fora do mercado. 

A Quinta Mendes Pereira, o produtor do Dão com sotaque brasileiro, aproveitou este evento para dar a conhecer ao mercado o novíssimo Quinta Mendes Pereira Branco Doc. 
Da região de Lisboa, bem perto da costa marítima portuguesa, A Quinta de Sant'Ana apresentou algumas novidades neste palco. A saber, o Alvarinho 2015, o Merlot e o seu primeiro colheita tardia 100% Riesling que irá para o mercado brevemente.

Do Alentejo os vinhos Azamor mostraram vinhos com uma frescura fora do habitual quando vindo do terroir alentejano, revelando um branco pleno de frescura e revisitando o Icon d'Azamor 2004 na companhia do seu sucessor de 2010. A Herdade do Mouchão completou o Terroir alentejano, trazendo à prova os seus vinhos fortificados assim como a apresentação exclusiva do mel silvestre produzido na herdade.

Tempo ainda para dar um salto lá fora e conhecer vinhos e espumantes de terra de sua majestade e alguns vinho da região do Priorat cheios de força e carácter que não passaram despercebidos no conjunto do evento. 

Para terminar em beleza os vinhos do Porto da Krohn trouxeram alguns dos seus Portos para ser conhecidos e um Vintage 1965 para ser admirado. Uma oportunidade única.

Aos vinhos juntaram-se as marcas premium internacionais de destilados representados pela OnWine Distribuição Nacional. Apesar de apenas em exposição mostrou ser uma vertente onde a aposta na qualidade e exclusividade corresponde ao esperado.
Ver reportagem fotográfica completa aqui.

Sem comentários:

Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails