segunda-feira, 7 de novembro de 2016

Introdução Aos Espumantes Pelo Wine Club Portugal e a Cozinha do Trio

O Wine Club Portugal, de Luís Gradíssimo, é dirigido a todos os amantes de vinho, conhecedores ou iniciados, que pretendem explorar e que apreciam vinho. Através de diversas acções, tem com grande objectivo divulgar todas as regiões do País, as suas castas e todos os estilos de vinho que por cá são produzidos.
Estive presente, recentemente, numa das acções que o Wine Club Portugal costuma promover, neste caso o Workshop de Introdução Aos Espumentes, onde, de forma simples mas objectiva, foi possível levar os participantes a conhecer melhor a história dos vinhos espumosos, compreender melhor  este tipo de vinho, provar diversas referências e por fim juntar o espumante à mesa com uma ementa produzida pelo Chef Manel Lino no Restaurante Trio.

Após uma parte essencialmente teórica, seguiu-se a prática. O teste do que se havia aprendido numa prova cega de 10 espumantes portugueses. Uma passagem por Espumantes de diversos tipos, estilos e idades. Momento único de partilha de experiência entre todos.
Por último, a ligação dos Espumantes à mesa. Um ementa preparada pelo Chef Manel Lino onde o vinho espumante seria a companhia para cada prato.
O São Domingos  Elpídio Bruto fez companhia aos primeiros momentos da refeição. Um perfil indicado para abrir o apetite com o Mexilhão Aberto Com Pepino Grelhado e Espuma de Estargão, o Brioche de Alheira com Puré de Maçã e a Manteiga de Alho com Serviço de Pão.

Continuou-se com o msmo espumante na ligação à Brandade de Bacalhau com Azeitona Verde e Cebolinhas Assadas. Demonstração inequívoca da versatilidade de um espumante na ligação aos sabores da mesa. Desde as notas mais marítimas e salinas, passando também pelos sabores mais da terra e alguns especiados.

O QM Alvarinho Super Reserva Bruto ligou com a Corvina Com Couve Coração e Molho de Sardinha. Corvina no ponto e o salgado do molho de sardinha a ficar no ponto quando espumante entre na equação.

De seguida, uma das ligações da noite. Talvez também uma das menos esperadas e por isso a surpresa. O Naco de Vitela Allium e as Guarnições de Crocante de Alho, Alho Francês assado e Puré de Cebola com o Quinta das Bageiras Bruto Natural Rosé. Elegância da fruta vermelha na ligação à carne.

A sobremesa, um extraordinário Cremoso de Abóbora com Crumble de Sésamo Negro com Gelado de Nata e Especiarias  (Pimenta Longa e Cravinho) trouxe mais um Quinta das Bageiras para a mesa. O Quinta das Bageiras Grande Reserva Bruto Natural de 2011. Grande elegância e uma espuma lve e fresca numa mousse envolvente que se uniu a este prato de forma gigante.

Terminava a noite, mas era evidente que o vinho espumante havia deixado uma marca. Uma experiência muito interessante e com o brilho de deixar o "bichinho" do espumante em todos os participantes.

Sem comentários:

Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails