quarta-feira, 23 de novembro de 2016

O Guia Michelin e as Estrelas em Portugal

O Guia Michelin anunciou os seus Estrelados. Foi melhor que o ano passado em número de estrelas atribuídas, há mais dois Estrelados com duas estrelas, nenhum dos actuais detentores de estrela Michelin perdeu este ano a nomeação, mas infelizmente não conseguimos nenhum Restaurante com as ambicionadas três estrelas. De qualquer das formas, um resultado muito positivo e que mostra (algum) reconhecimento pelo que por cá se vai fazendo. Ao todo, 26 estrelas em território nacional, ou seja, mais 9 que em 2016.
Parabéns a todos!

Com 2 estrelas (Por ordem alfabética)
    Belcanto (Lisboa, chef José Avillez)
    Il Gallo d’Oro (Funchal, chef Benoît Sinthon)
    Ocean (Alporchinhos, chef Hans Neuner)
    The Yeatman (Vila Nova de Gaia, chef Ricardo Silva)
    Vila Joya (Albufeira, chef Dieter Koschina)

Com 1 estrela (Por ordem alfabética)
    Alma (Lisboa, chef Henrique Sá Pessoa)
    Antiqvvm (Porto, chef Vítor Matos)
    Bon Bon (Carvoeiro, chef Rui Silvestre)
    Casa de Chá da Boa Nova (Leça da Palmeira, chef Rui Paula)
    Eleven (Lisboa, chef Joachim Koerper)
    Feitoria (Lisboa, chef João Rodrigues)
    Fortaleza do Guincho (Cascais, chef Miguel Rocha Vieira)
    Henrique Leis (Almancil, chef Henrique Leis)
    LAB by Sergi Arola (Sintra, chefs Sergi Arola e Milton Anes)
    L’AND (Montemor-o-Novo, chef Miguel Laffan)
    Largo do Paço (Amarante, chef André Silva)
    Loco (Lisboa, chef Alexandre Silva)
    Pedro Lemos (Porto, chef Pedro Lemos)
    São Gabriel (Almancil, chef Leonel Pereira)
    William (Funchal, chefs Luís Pestana e Joachim Koerper)
    Willie’s (Vilamoura, chef Willie Wurger)

Sem comentários:

Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails