segunda-feira, 1 de maio de 2017

Douro T.G.V. | Uma Viagem Com Sentido(s)

O Douro T.G.V., que não é um comboio , mas que chega a toda a velocidade a Vila Real nos próximos dias 10, 11, e 12 de Maio, pretende ser uma iniciativa de promoção do Turismo, da Gastronomia e do Vinho. Promovido e tendo como palco as instalações do Regia-Douro Park - Parque de Ciência e Tecnologia, promete debater e dar a provar o que a região tem de melhor e até de mais inusitado.
DOURO T.G.V.: o nome que nasce do conteúdo que lhe dá origem, ‘T’ de turismo, ‘G’ de gastronomia e ‘V’ de vinho. São precisamente estes os temas que vão dar corpo a três dias de grande “aceleração” na região do Douro.
No primeiro dia, há que começar por “forrar o estômago”. Ao iniciar este ciclo de três dias e três temas com a Gastronomia, a 10 de Maio. Sob a designação ‘Douro Gourmet’ o programa divide-se em quatro abordagens temáticas: Douro Internacional, Douro Integral, Douro local e Douro Mundial, sendo moderado por Duarte Calvão (crítico gastronómico e promotor de eventos gastronómicos; co-autor do blog Mesa Marcada) e Teresa Albuquerque (da Fundação Casa de Mateus). Rui Paula (DOC, DOP e Casa de Chá da Boa Nova), Miguel Castro e Silva (DeCastro Elias, DeCastro Flores, Porto Cruz) e André Magalhães (Taberna da Rua das Flores) são apenas alguns dos chefes convidados, aos quais se juntam nomes como os de Graça Saraiva, da Ervas Finas, e Francisco Pavão, expert em azeites.
São três os momentos de degustação (pequeno-almoço, brunch e lanche) em que aos sabores endógenos se irão misturar alguns mais exóticos.
O tema Turismo embarca no DOURO T.G.V. na tarde de dia 11. Sob o mote ‘Douro 3.0.’ vai ser explorada a vertente tecnológica ligada ao turismo. As viagens são cada vez mais planeadas com base em visitas prévias, feitas através do mundo digital. Quem navega no Douro? Uma questão com duas dinâmicas – virtual e no rio – e cuja resposta estará a cargo de Mário Ferreira, da Douro Azul. O Douro está a ser palco de grandes investimentos turísticos, que serão apresentados neste dia, como por exemplo a cidade do vinho pelas mãos da Sogrape e da Symington.
Por fim, o tema Vinho. A sexta-feira, dia 12, é dedicada ao néctar de Baco. A manhã vai ser de trabalho em duas frentes. Uma Viagem Enológica por diferentes regiões vitivinícolas, com o testemunho do espanhol Raúl Perez, da francesa Valerie Lavigne e do luso-australiano David Baverstock, e moderada por Tim Hogg, cientista na área da enologia, reconhecido professor universitário e director do Centro de Excelência da Vinha e do Vinho (CEVV), inserido no Regia-Douro Park.
Ao mesmo tempo acontece a primeira edição do Concurso de Vinhos Regia-Douro, no qual estarão à prova referências dos produtores presentes no DOURO T.G.V., que encerra com chave-Douro com uma mostra e prova de vinhos de todo o país e aberta ao público.
A tarde começa com um painel intitulado O Vinho e o Digital e durante o qual vão ser abordados os sub-temas A escrita e crítica digital, Ferramentas digitais ao serviço do vinho e Vinhos - filhos do digital. O Blog Comer, Beber e Lazer  irá estar presente  participar no sub-tema A Escrita e Crítica Digital... a não perder!
No sub-tema Vinhos - filhos do digital será apresentado, em primeira-mão, o projecto Bons Rapazes by Lavradores de Feitoria, materializado num branco e num tinto da autoria da dupla Tiago Froufe da Costa e Pedro Teixeira (actor da TVI) e do produtor duriense Lavradores de Feitoria; e o DOC Dão Bebes.Comes, do casal de bloggers Joana Marta e Pedro Moreira e da enóloga Lúcia Freitas.
O programa do evento e outras informações estarão disponíveis no site do Regia-Douro Park, em www.regiadouro.com.

Sem comentários:

Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails