sexta-feira, 28 de dezembro de 2018

Tendências | Espumante Para a Passagem de Ano e Não Só

Final de ano no horizonte é sinónimo de brindes com flutes de espumante ao bater das 12 badaladas. Penso que não estarei enganado se afirmar que é nesta altura do ano que mais vinho espumoso se compra. Português ou estrangeiro, com mais ou menos qualidade e de uma escala de preços diversa, o facto é que haverá poucas pessoas que não o incluem na lista de compras.
Mas o Espumante deveria ser chamado ao palco principal noutras ocasiões mais do dia-a-dia. Se reconheço que cada vez mais isso se verifica, também tenho de admitir que ainda é pouco.
Acompanhem-me no site Enólogo Chef Continente em mais uma publicação acerca do mundo do vinho.
"(...) O vinho espumante é dos mais versáteis à mesa que poderá encontrar. Dependendo do perfil do mesmo, que pode ir de doce até ao bruto natural completamente sem nenhum tipo de açúcar adicionado, e podendo também ser encontrado em rosé, branco e tinto, as ligações à mesa poderão ser infindáveis.. (...) [+].

quinta-feira, 27 de dezembro de 2018

O Dão dos Vinhos Dom Vicente

Os vinhos Dom Vicente são o realizar de um sonho de António Vicente Marques. Ouvi-lo é sentir também a sua vontade e a sua alegria na concretização daquele que é uma homenagem ao seu Avô Manuel Vicente, um Beirão de quatro costados, um Homem cuja nobreza de carácter e personalidade singular muito contribuiu para o seu despertar para o gosto pela natureza, pela sua harmonia, cores e cheiros. Ele e a sua avó Amélia foram as grandes referências da parte mais tenra da sua vida e que ensinaram António Vicente Marques a contemplar para lá do olhar.
No que respeita às vinhas, e excepção feita para algumas reminiscências antigas, estas são o resultado de um percurso estimulante que levou a recuperar e transformar terra tomada pelo mato, em vinhas modernas, com apontamentos, aqui e ali, de olivais e pomares de frutos secos.
A região do Dão e do Algarve são as escolhidas para este projecto, com características muito diferentes, é certo, mas com a convicção de que as duas regiões se podem complementar e, em qualquer dos casos, produzir vinhos de excelência.
No que diz respeito ao Dão, cujos vinhos foram apresentados recentemente, da Quinta Dom Vicente vêm uvas de uma vinha composta predominantemente por cepas de castas tintas, em Fiais da Telha, estendendo-se até ao limite da vizinha Lapa do Lobo, porém, ainda no concelho de Carrega do Sal.
Da Quinta Dona Amélia vinha predominantemente plantada com cepas de castas brancas, situada em Oliveirinha, Carregal do Sal e da Vinha Velha dos Carreiros exclusivamente plantada com castas tintas, situada nas imediações da Lapa do Lobo e de Fiais da Telha, Carregal do Sal.

DOM VICENTE FIELD BLEND 2017 BRANCO | DÃO | 13,5% | PVP 5€
ENCRUZADO, MALVASIA FINA, BICAL, ARINTO
ARTEMIS - PROJECTOS E DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO, LDA
16
Cor amarelo citrino, aspecto jovem. Aromas com fruta fresca, citrino, polpa amarela, mineral fresco. Boca com bom volume, acidez fresca, sumarento, com final de boca longo.
Um valor seguro, com bela acidez, frescura e elegância.

DOM VICENTE  RESERVA 2017 BRANCO | DÃO | 13,5% | PVP 9€
ENCRUZADO, MALVASIA FINA
ARTEMIS - PROJECTOS E DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO, LDA
16,5
Cor amarelo citrino, ligeiras nuances palha seca, aspecto jovem e brilhante. Nariz com notas de fruta branca de caroço, polpa branca, notas florais, flor branca, ligeiro tostado, mineral e fresco. Boca com travo mineral, salino, pedra lascada, granito, com largura e uma acidez vivaz, complementando e equilibrando o conjunto. Final longo e persistente.

DOM VICENTE ENCRUZADO RESERVA UNOAKED 2017 BRANCO | DÃO | 13,5% | PVP 15€
ENCRUZADO
ARTEMIS - PROJECTOS E DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO, LDA
17
Cor amarelo citrino, jovem, aspecto limpo e brilhante. Revela no nariz aromas mais delicados, elegantes, com uma fruta de caroço e citrino delineada, carga salina, mineral, pedregosa, traço vegetal. Na boca não esconde a sua veia salina e mineral, com estrutura e volume, acidez acutilante, com a fruta fresca, sem se esconder, com final de boca longo, elegante e pleno de frescura.
Há que contar com ele à mesa.

DOM VICENTE FIELD BLEND 2017 TINTO | DÃO | 13,5% | PVP 5€
ARTEMIS - PROJECTOS E DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO, LDA
16,5
Cor vermelho intenso, media concentração, aspecto jovem e limpo. Nariz pleno de fruta madura, vermelha e preta, cereja, amora, ameixa, ligeiro vegetal e floral que refrescam e contagiam o conjunto. Largo de boca, com belo corpo, texturado, fruta num plano de frescura e elegância muito interessante, conjunto equilibrado e persistente no final.
Um belo tinto, que surpreende pelo seu preço em relação ao que nos é oferecido. Great Value.

DOM VICENTE RESERVA 2016 TINTO | DÃO | 14% | PVP 9€
TOURIGA NACIONAL, ALFROCHEIRO
ARTEMIS - PROJECTOS E DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO, LDA
17
Cor rubi intensa, concentrado e de aspecto limpo, jovem. Aromaticamente intenso, com notas de fruta preta silvestre madura, perfumado floral, violetas, especiaria fina, notas balsâmicas, alguma pinhal e marítimo fresco. Boca com músculo, estrutura e volume, acidez acutilante, largo, fresco, fruta vermelha madura, alguns bons vegetais, muito elegante e com final de boca longo.
Belo potencial de guarda.

DOM VICENTE SYRAH RESERVA 2017 TINTO | DÃO | 14% | PVP 15€
SYRAH
ARTEMIS - PROJECTOS E DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO, LDA 
17
Cor vermelho intenso, vivo, concentrado e de aspecto límpido. No nariz, após uma primeira impresão mais floral, somos agraciados com a fruta vermelha madura, ligeira compota e aromas doces, um cacau preto fresco, especiaria acabada de moer, elegante e harmonioso. Boca com estrutura e corpo, enche o palato, fruta fresca bem posicionada, leve salino, mineral, mostra equilibrio e termina longo.
Vamos ver o que o passar do tempo lhe fará enquanto estiver a descansar na garrafa. Irá crescer e beneficiar desse dormitar.

O SUD Lisboa Hall Preparou a Noite de Final de Ano Bamboléo

Entrar com o pé direito em 2019 com a melhor gastronomia, animação e uma vista maravilhosa sobre o Rio Tejo tem lugar marcado no Sud Lisboa Hall.
O Réveillon Bamboléo conta com a presença de convidados muito especiais e com muito ritmo: os GIPSY KINGS. Inicie a sua noite com um magnífico cocktail com vista privilegiada sobre o Rio Tejo, que abre o apetite para um delicioso Jantar de Gala.

Para a noite de 31 de dezembro o SUD LISBOA Hall preparou uma grande festa onde o grande momento será a atuação dos Gipsy Kings, uma banda que não precisa de apresentação e que com a sua sonoridade única e irresistível prometem o despertar dos dançarinos mais incógnitos.
O Jantar decorre portanto ao ritmo do Bolero, Tango, Cha Cha Cha, Salsa e Mambo protagonizados por bailarinos em coreografias contagiantes sempre mantendo um percurso gastronómico à mesa e continuando a viajar ao compasso de sabores e de grandes sucessos da música latino-americana.
Com as doze badaladas, o brinde a 2019 pode ser feito à luz e som de um imponente espetáculo de fogo-de-artificio num dos melhores cenários da cidade de Lisboa. Não será só o fogo de artíficio público que se poderá ver sobre o Rio Tejo, mas também um preparado pelo SUD. A Festa promete.  Segue-se o momento mais esperado da noite com a atuação da icónica Banda Gipsy Kings que irão proporcionar momentos de grande animação com seus lendários sucessos.
A noite continua depois em festa com DJ’s e bailarinos que animam a pista de dança, oferecendo a todos os convidados um incrível início de Ano de 2019.
No menu de passagem de ano, que tivemos o prazer de conhecer, provar e aprovar, o palato é posto à prova desde o início da refeição, pois o Chef Angel quer que a última noite do ano seja também aquela onde as papilas gustativas são colocadas à prova.

No início, como Amouse Bouche, somos surpreendidos com um Mil Folhas de Salmão Fumado, Queijo de Ervas Finas e Caviar Imperial, Esfera Líquida de Azeitona e Ar de Campari e Legumes Crocantes sobre Folha de Daikon e Molho de Sriracha seguindo-se um Lagostim em Creme Couve-Flor, Gel de Laranja e Espuma de Açafrão como pré-entrada, a fumegar, cheio de textura e sabor.

A entrada é um Canellone de Foie-Gras e Maçã Caramelizada, Gelatina de Vinho do Porto e Gelado de Canela, ao qual se segue o prato de peixe com a Garoupa Cozida a Baixa Temperatura, Quenelle de Batata e Azeitona, Bimi e Pico de Gallo. Peixe no ponto, mais uma vez com as ligações entre ingredientes perfeitas.

O prato de carne chega com o Naco de Novilho do Japão marmoreado em Alho Preto, Mini Legumes Glaceados e Molho de Escalónias e Porto, e a refeição termina com um Tic-Tac de Chocolate e Caramelo, uma sobremesa que nos faz parar no tempo.
Canapés, buffet do mar, sushi, queijos e sobremesas e bar aberto complementam a experiência gastronómica da última noite do ano.

Já tem planos para uma noite Especial?
_____________________________________________
SUD LISBOA HALL - RÉVEILLON
Jantar de Gala c/ bebidas incluídas + Cocktail + Ceia + Bar aberto
Horário: Das 19:30H às 04:30H
Reservas Obrigatórias: comercial@sudlisboa.com
Preços: a partir de 390€ p/ pessoa 
             Crianças 0 - 3 anos | Gratuito 
             Crianças dos 4–11 anos | 50% do valor

quarta-feira, 26 de dezembro de 2018

D. Graça Colheita Tardia 2016 Branco

D. GRAÇA COLHEITA TARDIA 2016 BRANCO | DOURO| 11,5% | PVP  23€
VIOSINHO
VINOLOURENÇO, LDA
16,5

Em finais de novembro de 2016 foi feita a colheita das uvas das quais se produziu este vinho. Parcialmente com podridão nobre, cerca de 70%, e restante lote com uva já passificada fermentou depois em inox e descansou em barrica nova durante 6 meses.
Cor amarelo pálido, ligeiros dourados, aberto, aspecto limpo. Nariz elegante, com notas de fruta de caroço, pêssego e alperce um pouco desidratados, alguma laranja, algum citrino tropical, notas de melaço, limpo e fresco. Na boca revela doçura, embora contida e sem excessos, alguma untuosidade e corpo, néctar de pêssego, alperce passa, mel, com acidez equilibradora, algum citrino, final longo.
Casamento a ser feito com doces à base de ovos e amendoa ou mesmo para ousar uma ligação com umas entradas à base de peixe de escabeche.

CTX Licoroso Abafado Branco

CTX LICOROSO ABAFADO BRANCO | TEJO | 17,5% | PVP  4,49€
FERNÃO PIRES
ADEGA COOPERATIVA DO CARTAXO, CRL
15,5

Cor âmbar definido, aberto, limpido e de lágrima chorosa. No nariz predominam as notas de fruta seca e fruta passa, muito figo seco, alperce, notas de mel e melaço. Boca com ataque doce, muito untuoso, novamente notas de figo seco, compota, alguma noz, acidez a equilibrar e com final longo. A beber bem fresco, acompanha a sobremesa, neste caso um de café que funcionou na perfeição.

terça-feira, 25 de dezembro de 2018

Quinta do Cardo Vinha do Castelo 2014 Tinto

QUINTA DO CARDO VINHA DO CASTELO 2014 TINTO | BEIRA INTERIOR | 14% | PVP  19€
TINTA RORIZ
AGROCARDO, SA
17

Proveniente de vinhas plantadas a uma altitude de cerca de 780 metros, esta é uma parcela que está sujeita a grandes amplitudes térmicas e que transmitem à tinta roriz e ao vinho produzido um perfil muito particular e distinto do habitual.
Cor rubi intenso, concentrado, com violetas definidos e aspecto limpo. No plano aromático dominam as notas de bosque, caruma, pinheiro, resina, alguma madeira, especiaria, pimenta branca e preta, caixa de tabaco, remetendo as notas mais frutadas para segundo plano, complexo e sempre em evolução.
Boca com estrutura e complexidade, seco, a puxar pelo salivar do palato e pela comida, em continuidade com o plano aromático a mostrar notas de bosque, turfa molhada, algum vegetal seco, chá preto e com um final de boca em crescendo e prazeirozo.
Definitivamente diferente e com anos pela frente para ver o que o tempo lhe fará.

Quinta do Portal Auru 2009 Tinto

QUINTA DO PORTAL AURU 2009 TINTO | DOURO | 14% | PVP  80€
TOURIGA NACIONAL, TINTO RORIZ, TOURIGA FRANCA
QUINTA DO PORTAL, SA
18

O Auru é um vinho produzido exclusivamente em pequenos lagares, de forma muito personalizada e dedicada, com o propósito de respeitar a excelência da matéria prima da Quinta do Portal e oferecer um vinho complexo e elegante ao mesmo tempo.
O 2009 é a quarta colheita de cinco até agora com inicio em 2001, passando por 2003, 2007, este 2009 e a actual colheita no mercado o 2011.
Cor rubi intenso, média concentração, com nuances de leves alaranjados, com alguma nota de evolução e de aspecto limpo. Aromas com frescura e elegância, boa intensidade da fruta vermelha e preta, framboesa, fruto de árvore, perfumado floral fresco, distinto, pimentados leves, bem ligados, em evolução no copo, pedregoso e fresco. Boca expressiva, com carácter e personalidade, um Douro neste momento mais leve e fresco, com largura e comprimento, fruta fresca, bem colocada, amplitude, em contra mão com os Douros mais gordos, com final longo e fresco.

sexta-feira, 21 de dezembro de 2018

10 Azeites Para Umas Boas Festas

Em mesa portuguesa não deveria faltar bom azeite nacional. E se isto deveria acontecer ao longo do ano, mais ainda nesta época onde a tradição à mesa é rainha e onde o azeite é o ouro liquido que dá aquele toque tão nosso a cada prato. Como País cuja história não se pode dissociar do cultivo da azeitona e da produção do azeite muitos de nós ainda não sabem a verdadeira riqueza que temos nas nossas mãos.
O bacalhau, o polvo, o cabrito, o borrego, o peru recheado e tantos outros pratos e acompanhamentos desta época desfilam de norte a sul do País e o azeite quer-se à altura dos acontecimentos. A minha sugestão por ordem alfabética. 

CASA AFONSO BORGES PRIMIS VIRGEM EXTRA | DOURO | PVP 12€
AGRIFIBA, LDA
De perfil frutado verde intenso, revela aromas bem verdes como o da amêndoa verde ainda em formação ou da própria folha da oliveira, com notas de folhagem de tomateiro. Na prova de boca, gosto principalmente daquele travo picante muito equilibrado e a nota mais amarga que persiste no final.

CASA AFONSO BORGES UNIÃO VIRGEM EXTRA | DOURO/TRÁS-OS-MONTE | PVP 6€
AGRIFIBA, LDA
Azeite que resulta de uma simbiose de Azeitonas provenientes da Região do Douro e de Trás-os-Montes. Aromas equilibrado, com notas de folha de oliveira, algum tomate e fruto seco. Boca com travo mais doce, ligeiro amargo e pouco picante.

CASA DE SANTO AMARO PRESTIGE VIRGEM EXTRA | TRÁS-OS-MONTES | PVP 16€
COBRANÇOSA, MADURAL, VERDEAL
TRÁS-OS-MONTES PRIME, LDA
Nariz com notas verdes bem definidas, casca de amêndoa verde e folha verde de oliveira, relvado acabado de cortar, alguma especiaria, canela. Boca de contrastes, leve adocicado de inicio, para depois revelar notas mais amargas e picante duradouro, onde as notas de fruto seco e alguma fruta verde também se mostra muito bonita.

CASA DE VALPEREIRO PREMIUM | TRÁS-OS-MONTES | PVP  12€
COBRANÇOSA, VERDEAL, MADURAL, CORDOVIL
SOCIEDADE AGRÍCOLA ALBERTO MANSO, LDA
Aromas verdes intensos e frescos, folha de oliveira verde, relvado cortado, casca de amêndoa verde. Boca com notas de fruto seco distintas, amêndoa e noz, travo pouco amargo, picante intenso.

CHOUSAS NOSTRAS VIRGEM EXTRA | DOURO | PVP 11,95€
COBRANÇOSA
GERAÇÕES DE XISTO
Aromas limpos verde ligeiro, folha de oliveira, amêndoa verde e relva cortada. Boca com notas de frutos secos, amêndoa, leve amargo e picante em crescendo.

FOZ TORTO VIRGEM EXTRA | DOURO | PVP €
VERDEAL, CORDOVIL, COBRANÇOSA, MOLAR
FOZ TORTO VINHO E ENOTURISMO
Aromaticamente intenso, casca de amêndoa verde, folha de oliveira, toque leve de banana. Na boca destaque para os frutos secos, a maça e a casca de banana verde. amargos muito leves e picante a predominar.

OLIVEIRA RAMOS PREMIUM VIRGEM EXTRA | ALENTEJO | PVP 8,99€
COBRANÇOSA, PICUAL, GALEGA
JOÃO PORTUGAL RAMOS
Nariz onde pontuam notas declaradamente verdes, com os aromas a relvado cortado, folha verde de oliveira, casca de banana e casca de amêndoa marcam e com boca ligeiramente mais doce, com notas amargas a equilibrar e muito pouco picante e onde mais uma vez aparecem as notas e banana.

POUSIO PREMIUM VIRGEM EXTRA | ALENTEJO | PVP 8,29€
ARBEQUINA, COBRANÇOSA, PICUAL
CASA AGRÍCOLA HERDADE DO MONTE DA RIBEIRA, SA
Na parte aromática a maça verde, alguma folha de oliveira e os frutos secos, principalmente a noz, marcam o registo, sendo que na boca, com grande equilíbrio, as notas mais picantes e margas de final de gosto ligam muito bem com as notas mais adociadas do conjunto.

QUINTA DOS MURÇAS BIOLÓGICO VIRGEM EXTRA | DOURO | PVP 15€
GALEGA, NEGRINHA DE FREIXO
ESPORÃO, SA
Nariz delicado e um pouco fechado, algumas ervas aromáticas, casca de amêndoa verde, toque fresco de hortelã. Na boca pouco amargo e pouco picante, mais neutro neste aspecto, mais intenso nas notas de fruto seco e alguma maça verde.

ZABODEZ EXTRA VIRGEM | TRÁS-OS-MONTES | AC 0,2% | PVP 14€
COBRANÇOSA, CORDOVIL, GALEGA, MADURAL, VERDEAL, TRANSMONTANA, BICAL
QUINTA DOS LAGARES
De perfil frutado verde, aroma com notas frescas a couve, erva, rama de tomate, maçã verde, tomate verde, casca de banana e frutos secos. Ligeiro amargo na boca e, logo de seguida, um picante forte e persistente.

Black, My Name Is Pôpa Black Edition

Os irmãos Stéphane e Vanessa Ferreira, cujas mentes são inquietas por natureza, lançaram na última  sexta-feira "Black Friday", a 23 de novembro, as novas colheitas da gama Pôpa Black Edition. Black Friday, Black Edition, o mote foi lançado.
Um tinto de 2016 e um branco de 2017 fazem parte desta que é uma iniciativa suportada por uma campanha, cuja tagline é Pôpa is the new black. Happy Wine Friday.

PÔPA BLACK EDITION 2017 BRANCO | DOURO | 13% | PVP 13,45€
VINHAS VELHAS
QUINTA DO PÔPA, LDA
16,5
Cor amarelo citrino, aberto, limpo, com esverdeados leves e alguma lágrima. No nariz mostra-se muito bem a fruta amarela madura, citrinos e belo tropical fresco, flor branca, pedra lascada, pleno de frescura. Na boca revela bom volume, acidez a quebrar, muita toranja, limonado, a secar o palato, a pedir comida, com final de boca longo. 
Um branco sem dúvida alguma para a mesa, para pratos de peixe com gordura, para carne brancas no forno e com potencial de envelhecimento muito interessante.

PÔPA BLACK EDITION 2016 TINTO | DOURO | 13% | PVP 13,45€ 
VINHAS VELHAS, TINTA RORIZ, TOURIGA FRANCA, TINTA AMARELA, TINTO CÃO 
QUINTA DO PÔPA, LDA
16,5
Cor rubi com nuances violetas, média concentração, aspecto limpo. Aromas a fruta preta silvestre madura, florais frescos, esteva, algum vegetal, notas de cacau, de perfil fresco. Boca com estrutura, leveza, delicadeza e finesss, com acidez equilibrado, num corpo que parece que vai crescendo e encorpando, fruta madura bem posicionada num conjunto muito harmónico e equilibrado. Termina longo e fresco.

quinta-feira, 20 de dezembro de 2018

Arca Nova Primoris Vinhão 2018 Tinto

ARCA NOVA PRIMORIS VINHÃO 2018 TINTO | VINHO VERDES | 12% | PVP  5,50€
VINHÃO
QUINTA DAS ARCAS SOCIEDADE AGRÍCOLA, LDA
16

Um vinho especial. Vindima a 28 de setembro de 2018, engarrafado a 6 de novembro de 2018, bebido a 9 de dezembro de 2018. Bebê-lo novo, como se quer, com comida com estrutura, gordura, intensidade e complexidade. Foi o pato assado no forno, como podia ser o arroz do mesmo, um bacalhau de cebolada no forno ou uma pratada de rojões. Que bela ligação.
Cor vermelho intenso, concentrado e opaco, a pintar o copo ou a malga e com um bonito bordo de violeta carregado. No nariz mostra muito a fruta vermelha e preta bem madura, amora silvestre, fruta de baga, com bela frescura. Na boca mostra corpo, bom volume, boa acidez, seco, com textura, mordiscável, com a fruta a continuar ao de cima, saborosa, com equilíbrio e até leveza, terminando longo.

quarta-feira, 19 de dezembro de 2018

Enoturismo Ervideira Wine Lounge e Grande Prova de Vinhos Ervideira

A Ervideira inaugurou há pouco tempo o seu novo espaço dedicado ao enoturismo. O Ervideira Wine Lounge quer ser um novo conceito de espaço enoturístico não só para as típicas provas de vinhocomo também para palco de uma série de acções destinadas a quem visita a Adega da Ervideira. 
O projeto, que contou com o apoio do Programa Valorizar, financiado pelo Turismo de Portugal, consiste num pavilhão com uma área de 300 metros quadrados, inspirada na paisagem e cultura alentejana e com vista privilegiada para as vinhas da Ervideira.

O objectivo visa conseguir responder a uma procura cada vez maior pela experiência de atendimento oferecidas pelas suas existentes Wine Shops já por diversas reconhecidos com Excelência, por entidades que se baseiam nas avaliações dos visitantes.
um ambiente imersivo para quem procura provar os nossos vinhos. 
Neste espaço será possível aos visitantes da adega da Ervideira terminar com uma longa prova dos diferentes vinhos aqui produzidos, acompanhado de gastronomia petisqueira alentejana, com larga disponibilidade horária por apenas 15€ e tendo em conta que a prova não tem limite em número de vinhos em degustação.

Na inauguração do Wine Lounge foi possivel visitar a Adega e participar numa prova especial dos seus vinhos destacando, desde já, o vinho centenário Conde D’Ervideira 1ª Geração, acompanhada de estreias como o aguardado Espumante da Água, o novo Vinha D’Ervideira Licoroso e o recentemente lançado Bio-Nature (de agricultura biológica).

A Grande Prova Ervideira mostrou que a Ervideira está a trabalhar focada em vinhos premium, brancos, tintos, espumantes e licorosos apostando sempre em produzir vinhos que sejam únicos, como o Invisível ou o Vinho da Água.

CONDE DE ERVIDEIRA ESPUMANTE RESERVA BRUTO 2015 ROSÉ | ALENTEJO | 12% | PVP 9€
ARAGONEZ, ALFROCHEIRO
ERVIDEIRA SOC. AGRÍCOLA, LDA
16,5
Cor salmonada, aberto, limpo, bolha fina, persistente. No nariz mais fruta vermelha, limpa, algum biscoito, na boca espuma leve, acidez um pouco discreta, equilibrado, fino e elegante. Uma companhia acertada para começar sem nada a acompanhar e continuar depois sentado à mesa.

VINHA D'ERVIDEIRA ESPUMANTE BRUTO 2016 BRANCO | ALENTEJO | 12% | 7,50€
ARINTO, ANTÃO VAZ, ALVARINHO, GOUVEIO
ERVIDEIRA SOC. AGRÍCOLA, LDA
16
Cor amarelo citrino, leves esverdeados, limpo, de bolha fina, cordão persistente, aromas a fruta citrina, ligeiro tropical, ligeira panificação, na boca espuma com boa leveza, citrino, ligeiro toranja a terminar longo e com elegância.

CONDE D'ERVIDEIRA ESPUMANTE DA ÁGUA BRUTO 2016 BRANCO | ALENTEJO | 12% | 16€
ARINTO, ANTÃO VAZ, ALVARINHO, GOUVEIO
ERVIDEIRA SOC. AGRÍCOLA, LDA
16,5
A diferença em relação ao Conde D'Ervideira Bruto 2016 está no facto deste ter estagiado debaixo de água.
Cor amarelo citrino, limpo, com bolha fina e de cordão persistente e regular. Aromas a fruta tropical, frutado, com ligeiro toque de cabeça de fósforo queimada, muito leve e a transmitir uma certa finess, um pouco mais gordo de boca, com espuma leve e larga, mais mousse, terminando vivaz e longo.

INVISIVEL 2017 BRANCO | ALENTEJO | 13,5% | PVP 11€
ARAGONEZ
ERVIDEIRA SOC. AGRÍCOLA, LDA
16,5
Cor aberta, praticamente transparente, um ligeiro, quase imperceptível, citrino, aspecto limpo. Nariz o de as notas florais, meloa madura, alguma fruta vermelha como a framboesa, ligeiro toque de tisanas, fresco. Boca com cremosidade e volume, boa frescura, acidez acutilante e equilibradora,  fruta sumarenta, ligeira sensação de doçura, embora seco, final longo.

CONDE D'ERVIDEIRA PRIVATE SELECTION 2017 BRANCO | ALENTEJO | 14% | PVP 17€
ANTÃO VAZ
ERVIDEIRA SOC. AGRÍCOLA, LDA
17
Cor amarelo citrino, leves esverdeados, aspecto limpo. No nariz predominam as notas de fruta tropical, dióspiro, notas citrinas de limão e toranja, barrica ainda presente, bem ligada, tostado, alguma folha de louro verde, amplo e fresco. Na boca mostra uma bela vida, acidez acutilante, aqui e ali algumas notas mais doces apesar da boa secura, volume, envolvência, com perfil de muita fruta e alguma especiaria fina, longo de final.

ERVIDEIRA BIO-NATURE 2017 TINTO | ALENTEJO | 14% | PVP 12,50€
TRINCADEIRA, ARAGONEZ, CABERNET SAUVIGNON
ERVIDEIRA SOC. AGRÍCOLA, LDA
16,5
Cor rubi intenso, média concentração, mais fechado no núcleo, limpo. Aromas com fruta vermelha e preta, floral bem ligado, elegante, ligeira especiaria, fresco e amplo. Boca expressiva, grande secura, enche o palato, envolve com boa untuosidade, tanino presente, bonito, fruta madura em bom plano, vinoso, com final persistente, fresco e elegante.

CONDE D'ERVIDEIRA VINHO DA ÁGUA 2015 TINTO | ALENTEJO | 13% | PVP 19,50€
ARAGONEZ, CABERNET SAUVIGNON, ALICANTE BOUSCHET, TOURIGA NACIONAL
ERVIDEIRA SOC. AGRÍCOLA, LDA
17
Cor rubi , vermelho intenso, média concentração, aspecto limpo. No nariz fruta vermelha madura, muito fresca e elegante, perfumado floral leve, especiados e balsâmicos envolventes, perfil fresco. Boca com largura, complexidade, com muita frescura e finess, mostrando uma fruta muito nítida, fresca, sumarenta e terminando longo e persistente.

CONDE D'ERVIDEIRA RESERVA 2015 TINTO | ALENTEJO | 13% | PVP 12,50€
ARAGONEZ, CABERNET SAUVIGNON, ALICANTE BOUSCHET, TOURIGA NACIONAL
ERVIDEIRA SOC. AGRÍCOLA, LDA
16,5
Cor rubi, vermelhão intenso de média concentração, violetas bonitos, aspecto limpo. Aromas a fruta vermelha e preta silvestre madura, amoras em particular, alguma ameixa preta, nota de barrica bem ligada e boa especiaria em fundo. Boca segura, com corpo e volume interessante, tanino polido, com acidez equilibrada e de final longo e persistente. Mais clássico, mais Alentejo.

CONDE D'ERVIDEIRA PRIVATE SELECTION 2015 TINTO | ALENTEJO | 13% | PVP 26,50€
TRINCADEIRA, ARAGONEZ, ALICANTE BOUSCHET
ERVIDEIRA SOC. AGRÍCOLA, LDA
17
Cor vermelho intenso, concentrado, com violetas definidos, aspecto límpido. No nariz mostra um fruta preta silvestre madura muito nítida, com notas de bosque, algum pinheiro, casca de eucalipto,  floral, turfa molhada, bela frescura. Boca com volume, cheia, de bela estrutura, tanino assente, polido, com a fruta madura vermelha muito bem posicionada, especiado, equilibrado e com final de boca longo.

CONDE D'ERVIDEIRA PRIVATE SELECTION 2017 TINTO | ALENTEJO | 13% | PVP 26,50€
TRINCADEIRA, ARAGONEZ, ALICANTE BOUSCHET
ERVIDEIRA SOC. AGRÍCOLA, LDA
17
Cor vermelho intenso, concentrado, com violetas definidos, aspecto límpido. No nariz mostra um fruta preta silvestre madura muito nítida, mostrando como no anterior as notas de bosque, de pinheiro, casca de eucalipto,  floral, turfa molhada, bela frescura. Boca com volume, cheia, de bela estrutura, tanino mais jovem, mais vivaço e rebelde,, com a fruta madura vermelha muito bem posicionada, especiado, equilibrado e com final de boca longo.
No caminho do anterior ou até talvez a querer ser um pouco mais.

VINHA D'ERVIDEIRA LICOROSO 2015 TINTO |  ALENTEJO | 18% | PVP 19€
TINTA CAIADA
ERVIDEIRA SOC. AGRÍCOLA, LDA
16
Cor vermelho intenso, bonito, concentrado e de aspecto limpo. Aromas que mostram muita fruta preta madura, compotada, amora, ameixa preta, mirtilo, notas de cacau, alguma especiaria. Boca com volume, texturado, macio e aveludado, onde a fruta continua a mostrar-se em relevo, acidez refrescante e com final de boca longa.
A seguir os próximos episódios.  
______________________________________________________________________________
ERVIDEIRA WINE LOUNGE - VENDINHA (REGUENGOS DE MONSARAZ)
Morada: Herdadinha - Vendinha 7200-042 REGUENGOS DE MONSARAZ
Telefone: + 351 266 950 010
Mail: ervideira@ervideira.pt
Horário: Todos os Dias com visitas às 11:00H, 12:30H, 15:00H, 16:30H
Preço: 15€ Adulto

terça-feira, 18 de dezembro de 2018

Lavradores de Feitoria 18 Anos em Celebração

A Lavradores de Feitoria atingiu este ano a maioridade. Este grande projecto do Douro que, actualmente, reúne 17 produtores, entre eles a própria empresa, proprietários de 20 quintas distribuídas pelos melhores terroirs do Baixo Corgo, Cima Corgo e Douro Superior celebra 18 anos de idade. 
Sem dúvida um marco importante na vida humana e, com toda a certeza, também na vida de qualquer empresa. Há razões para celebrar e que melhor forma de o fazer senão a de lançar, em edição comemorativa, o Lavradores de Feitoria 18.º Aniversário. 
Seguindo o caminho já iniciado aquando da celebração do 10º aniversário em 2006, no qual foi lançado uma edição especial monocasta Tinto Cão, chegou agora a vez deste Lavradores de Feitoria 18.º Aniversário, o segundo desta colecção limitada, feito a partir da mesma variedade de uva, apartir da uva vindimada em 2016, numa vinha com idade superior a 45 anos e precisamente, na mesma propriedade, isto é, a Quinta das Pias, no Cima Corgo. 
O resultado é um vinho diferente e especial, com uma qualidade acima da média que não é possível reproduzir em todas as colheitas, elegante, complexo de aromas e com uma estrutura de boca que não diz logo o que é e de onde vem. 
Com a apresentação desta novidade absoluta foi também possível voltar a provar a edição de 2006 e comprovar que a passagem do tempo está a ocorrer de forma lenta e com evolução no sentido certo. Sem dúvida um grande vinho. E não querendo repetir-me muito, foi uma noite de grandes vinhos, não só o de celebração, como os restantes vinhos convidados à ocasião. 

LAVRADORES DE FEITORIA 18° ANIVERSÁRIO TINTO CÃO 2016 TINTO | DOURO | 14,5% | PVP 55€ 
TINTO CÃO 
LAVRADORES DE FEITORIA, VINHOS DE QUINTA, SA 
18 
Cor vermelho intenso, média concentração, aspecto limpo e jovem. Elegante de nariz, com notas de fruta vermelha madura, algum morango em compota, cereja preta, bem envolvido em notas de café, um toque toffee, alguma caixa de tabaco, perfil fresco. Envolve o palato, com boa cremosidade, acidez fresca e equilibrada, com a fruta vermelha madura muito bonita e fresca, muito elegante e com final de boca longo. 

 LAVRADORES DE FEITORIA 10° ANIVERSÁRIO TINTO CÃO 2006 TINTO | DOURO | 14,5% | PVP 55€ 
TINTO CÃO 
LAVRADORES DE FEITORIA, VINHOS DE QUINTA, SA 
17,5 
Cor vermelho com boa intensidade, mais aberto, bonito, com alguns alaranjados, aspecto limpo. No nariz continua a mostrar um fruta vermelha madura com muita frescura e elegância, com as notas de café e tabaco unas, em perfeito equilibrio, fresco, com uma leve nota de iodo que até lhe fica bem. Boca com volume, untuoso, com a acidez fresca e elegante a fruta vermelha a continuar num grande plano. Final de boca longo e elegância. 

TRÊS BAGOS GRANDE ESCOLHA 2014 TINTO | DOURO | 15% | PVP 35€ 
DIVERSAS CASTAS (FIELD BLEND) 
LAVRADORES DE FEITORIA, VINHOS DE QUINTA, SA 
18 
Cor vermlho intenso, média concentração, aspecto jovem e limpido. No nariz mostra a fruta vermelha e preta maduras bem colocadas, groselha e amoras em destaque, com notas de barrica bem ligadas, complexo, mostrando um perfil elegante e fresco. Boca pujante, cheio de força, com taninos presentes, aveludados e com a fruta vermelha madura em bom plano, guloso e cativante. Final de boca longo e fresco. 

TRÊS BAGOS GRANDE ESCOLHA ESTÁGIO PROLONGADO 2008 TINTO | DOURO | 14% | PVP 60€ 
DIVERSAS CASTAS (FIELD BLEND) 
LAVRADORES DE FEITORIA, VINHOS DE QUINTA, SA 
18 
Cor avermelhado de média concentração, violetas bonitos no bordo do copo, aspecto limpo. No nariz mostra a fruta vermelha e preta madura com exuberânucia, intenso, com nota de barrica a mostrar-se, leve tosta, algum fruto seco, nozes, plano de frescura. Na boca mostra largura, amplitude, com garra, tanino que se mostra, a secar o palato e a revelar a fruta vermelha em bom plano. É um Douro. Final de boca longo.

segunda-feira, 17 de dezembro de 2018

Restaurante Panorama | Celebrar o Natal e Ano Novo à Mesa do Sheraton Lisboa Hotel & SPA

Se há uns anos a época festiva que atravessamos era vivida no seio familiar e com a maioria da restauração a fechar portas na noite e dia de Natal, hoje o panorama é completamente diferente e a opção para muitos já é viver esta noite especial sem ter muito trabalho e continuar rodeado da família.
O Sheraton Lisboa Hotel & SPA é uma das opções de excelência não só para a noite e dia de Natal como também para a última noite e de forma a viver todos os momentos com a família e amigos.

No ambiente intimista do Lobby Bistro ou no icónico Panorama Restaurante, o espírito natalício e as iguarias da época, preparadas pelo Chef Gil Raposo, vão fazer as delicías de todos.
Para festejar o final de ano, nada melhor que entrar em 2019 do que com uma vista deslumbrante sobre Lisboa e privilegiada para o fogo de artifício. Delicie-se com sabores irresistíveis, dance até amanhecer e desfrute de momentos memoráveis no Restaurante Panorama. Se preferir algo mais descontraído e informal para brindar ao ano novo, o Lobby Bistro é uma deliciosa opção. 
Em momento de apresentação de alguns dos pratos de ambas as noites foi possível ficar com a certeza que não será pelo que será servido à mesa que a noite poderá correr mal. Uma aposta em sabores tradicionais da época, com um toque de cozinha de assinatura e sabores que sem dúvida surpreendem.

 A refeição começou com o amouse bouche do Chef. Simplicidade, elegância e leveza no Perfeito de Tomate Verde e Amarelo com Agrião da Ribeira, Crumble de Requeijão e Saladinha de Chantareles Trufados.

Como entrada  uma Terrina de Salmão Selvagem com Anetto, Ovo de Codorniz e Caviar, Creme de Topinambour e Rabanete Baby. Um prato de se lhe tirar o chapéu em termos de sabor e de equilíbrio. A pedir um espumante para acompanhar.

Este Senhor não podia faltar à mesa na noite de Natal. O Nosso Bacalhau de Natal com Todos segue a regra do tradicional. Nada a inventar por aqui, nem era preciso.

 O Bife de Novilho com Espargos Brancos, Cenoura, Puré de Batata Doce e Cogumelos trouxe à mesa os sabores de inverno, aromas quentes, carne tenra e no ponto e com grande equilíbrio.

A pré-sobremesa mostrou um momento de frescura, limpeza do palato e uma festa de cores à nossa frente. O Sorvete de Maça Grawny Smith Com Coulis de Poejos e Bolo de Beterraba fez muito bem o seu papel.

 A sobremesa fechou a refeição em apoteose. Sem palavras para A Terrina de Chocolate com Gelado de Fava Tonka e Coulis de Frutos Vermelhos. Absolutamente do outro mundo.
______________________________________
RESTAURANTE PANORAMA LISBOA
Tipo de Cozinha: Portuguesa
Copos de Vinho Adequados: Sim
Vinho a Copo:Sim
Estacionamento: Próximo. Não Pago ao Domingo

Consultar preços e programas pelo número  +351 213 120 000, endereço de mail Sheraton.lisboa@sheraton.com ou através do site www.sheratonlisboa.com
 
Morada: Rua Latino Coelho, Nº1 1069-025 LISBOA
Telefone: +351 213 120 000 

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails