quinta-feira, 18 de outubro de 2018

Espumante Messias Blanc De Noirs Grande Reserva 2014 Branco

ESPUMANTE MESSIAS BLANC DE NOIRS GRANDE RESERVA 2014 BRANCO | BAIRRADA | 12,% | PVP  12,5€
BAGA
SOCIEDADE AGRÍCOLA E COMERCIAL VINHOS MESSIAS, SA
17

Um doss mais recente espumante com a chancela Baga-Bairrada é produzido pela Messias, um Blanc de Noir Grande Reserva. A subir, e bem, a fasquia para o selo de qualidade Baga-Bairrada e a revelar um espumante pleno de finura e elegância.
Cor amarelo-esverdeado com tonalidades rosa muitíssimo leves, com bolha persistente e de dimensão muito fina. No nariz mostra uma bela harmonia e equilíbrio entre notas de fruto seco e frutos vermelhos, alguma nota de panificação, tudo com muita frescura e elegância. Na boca espuma cremosa, suave e leve, acidez equilibrada, crocante, continuando sempre num plano alto de frescura e elegância.
Versátil à mesa, tanto pode fazer companhia em entradas com mais alguma estrutura, como em pratos principais ou numa sobremesa ao lado de um queijinho.

quarta-feira, 17 de outubro de 2018

Grandes Escolhas Vinhos & Sabores 2018: Mostra Maior do Vinho em Portugal de 26 a 29 de Outubro na FIL

A maior feira vínica do país está de volta: de 26 a 29 de Outubro todos os caminhos vão dar ao Grandes Escolhas Vinhos & Sabores (GEVS), evento organizado pela revista Grandes Escolhas e que este ano volta a ter lugar na Feira Internacional de Lisboa (FIL) – Pavilhão 1 –, no Parques das Nações. 
Chamada obrigatória para enófilos, grandes aficcionados e profissionais do sector, onde vão poder provar milhares de vinhos de centenas de vinícolas de todas as regiões de Portugal, e também de outros países, para além de contactar directamente com produtores e enólogos. 
São mais de 6.000 m2 onde não vão faltar (os) deliciosos Sabores, este ano com mais oferta e presença reforçada. Porque as novidades apimentam relações, mas também eventos, o GEVS de 2018 aposta no Enoturismo, com um espaço dedicado em exclusivo a esta vertente do negócio. São cada vez mais os produtores que fazem do turismo do vinho um dos eixos da sua estratégia e comunicação. 
Os números falam por si e é impressionante o crescimento que o enoturismo tem registado nos últimos anos. Nota ainda para a alteração no que toca ao horário de Sábado e Domingo, agora das 15h00 às 22h00. No primeiro dia as portas abrem às 18h00 e encerram às 22h00 e, na segunda-feira, dia em exclusivo para profissionais, é tempo de visitar entre as 11h00 e as 18h00. Os bilhetes estão à venda na TicketLine e os valores variam entre os 15 e os 20 euros. As provas especiais têm um valor de 40 euros cada. 

Concurso de Vinhos A ESCOLHA DA IMPRENSA 
Este é um evento que envolve largos meses de preparação. O pontapé de saída oficial acontece no dia 18 de Outubro, com a realização do ‘Concurso de Vinhos A Escolha da Imprensa’, competição que põe em prova cega perante cerca de 50 jurados – oriundos da comunicação social, blogosfera e também do comércio – algumas centenas dos vinhos que vão estar no GEVS 2018. A ideia é eleger os melhores do evento, não apenas aos olhos de especialistas de vinho, mas considerando o gosto do público e as preferências do mercado. Os resultados são revelados numa cerimónia própria, no primeiro dia do evento, a 26 de Outubro. 

O lado didáctico das Grandes Escolhas vínicas 
Um dos pontos altos são as Provas Especiais, momentos de partilha, de aprendizagem e de degustação de vinhos, muitas vezes raros, orientadas por críticos de prestígio ou por produtores de referência. 
No dia 26, o Opus One, o icónico vinho de Napa Valley, e o Reserva Especial da Casa Ferreirinha fazem parte de duas conversas distintas, com início às 18h30 e às 19h00, respectivamente. 
No dia 27 é a vez de falar de Casa de Saima, a expressão de um terroir da Bairrada; da Quinta de Sanjoanne, o carácter de um Vinho Verde diferente; dos Tesouros dos vinhos da Madeira Wine Company; da Magia das vinhas velhas, por Luís Lopes; e do Porto Kopke: 380 anos, uma história maior
No Domingo é tempo de ouvir o enólogo Carlos Lucas falar e dar a provar os seus vinhos topo de gama; de perceber como se deu o regresso do Tapada de Chaves, um grande clássico, agora nas mãos da Fundação Eugénio de Almeida; de enaltecer a classe e a sofisticação dos espumantes Murganheira; de provar uma selecção de vinhos de 2008, na companhia do grande mestre João Paulo Martins; e de dar palco à Bacalhôa e aos seus elegantes Moscatel de Setúbal. 
O acesso a estas Provas Especiais obriga a inscrição e reserva de bilhete próprio, no valor de 40 euros, este ano a cargo da Ticketline. Menos exclusivas e abertas a todos os visitantes são as provas rápidas, que decorrem num pequeno anfiteatro instalado no meio do recinto e onde variadíssimos produtores vão para fazer apresentações sucessivas de dois dos seus vinhos. Uma iniciativa que tem o sugestivo nome de Prove Connosco
A segunda-feira, 29 de Outubro, é o dia dedicado em exclusivo para os profissionais. Um dia feito de provas, reuniões e palestras focadas no negócio. Conta ainda com a visita de compradores, sommeliers e jornalistas internacionais. 

O vinho e a comida, numa relação e harmonização perfeita A degustação de vinhos é fundamental para requerer um maior conhecimento no que diz respeito a esta matéria. Mas, verdade seja dita, vinho e comida resulta num casamento perfeito! Como o próprio nome indica, este é um evento onde reinam também os ‘Sabores’, estando disponíveis em formato de showcooking(s), num espaço dedicado a comida “de faca e garfo” e numa zona de Street Food. O desafio é dar azo à harmonização, elegendo o que melhor sabe a cada um. Estão, portanto, delineados os preparativos para, uma vez mais, pôr em prática uma experiência de ‘Vinhos & Sabores’ à Grande(s Escolhas)! 
__________________________________________________
GRANDES ESCOLHAS VINHOS & SABORES 2018
Local: FIL - Feira Internacional de Lisboa (Pavilhão 1) . Parque das Nações 
Data: 26 a 29 de Outubro de 2018 
Horários: Sexta-feira, 18h00-22h00 // Sábado e Domingo, 15h00-22h00 // Segunda-feira, 11h00-18h00 
Bilhetes: À venda na TicketLine, através do site www.ticketline.sapo.pt ou à entrada do Pavilhão. Os valores incluem IVA à taxa em vigor e oferta de copo Schott Zwiezel. 1 Dia: €15,00 // 3 Dias: €20,00 // Provas Especiais: €40,00 cada prova, com acesso ao evento, no dia da prova

terça-feira, 16 de outubro de 2018

Ravasqueira Vinha das Romãs 2015 Tinto

RAVASQUEIRA VINHA DAS ROMÃS 2015 TINTO | ALENTEJO | 14% | PVP  18€
TOURIGA FRANCA, SYRAH
SOCIEDADE AGRÍCOLA D. DINIZ, SA
17,5

Um porto seguro de ancoragem. Colheita após colheita uma certeza num vinho alentejano que é, cada vez mais, um vinho de topo. Acabadinho de sair para o mercado nota-se que é um vinho que estará num ponto perfeito com mais uns meses (poucos) de garrafa, mas o que já mostra no momento é o suficiente para nos deixar um sorriso de "canto a canto" da cara.
Cor rubi, concentrado, de violetas intensos, aspecto novo e limpo. Aromas a fruta vermelha e preta madura, amora silvestre, ameixa preta, ligeiro cacau, pimenta, balsâmico fresco, tudo com muita elegância e finess. Boca com estrutura, envolve o palato, ampara os sentidos, tanino presente, mas macio, aveludado, com fruta em bom plano, formando um conjunto cativante e apetecível. Final de boca longo e com aquele toque elegante que nos acostumou.

segunda-feira, 15 de outubro de 2018

Estou Com Os Azeites: Pousio Premium Virgem Extra

POUSIO PREMIUM VIRGEM EXTRA | AC 0,3% | PVP  8,29€
ARBEQUINA, COBRANÇOSA, PICUAL
CASA AGRÍCOLA HERDADE DO MONTE DA RIBEIRA, SA

Pouco a pouco o azeite vai conquistando o seu espaço de destaque na mesa e à mesa dos portugueses. E não se trata apenas do uso vulgar e desatento que lhe damos. Quando temos dos melhores azeites do mundo é preciso valorizá-lo, em primeiro lugar, na nosso Casa.
O Pousio Premium é mais um excelente exemplo da qualidade elevado dos nossos azeites. Produzido em terras alentejanas, revela um perfil frutado maduro, com boa intensidade. Na parte aromática a maça verde, alguma folha de oliveira e os frutos secos, principalmente a noz, marcam o registo, sendo que na boca, com grande equilíbrio, as notas mais picantes e margas de final de gosto ligam muito bem com as notas mais adociadas do conjunto. 
Pela sua harmonia encontro-o perfeito para a ligação no tempero de peixe branco grelhado ou mesmo uma pescada cozida.

sábado, 13 de outubro de 2018

Quinta do Cachão Touriga Nacional 2012 Tinto

QUINTA DO CACHÃO TOURIGA NACIONAL 2012 TINTO | DOURO | 13% | PVP  18€
TOURIGA NACIONAL
SOCIEDADE AGRÍCOLA E COMERCIAL DOS VINHOS MESSIAS
17

Chegou agora às prateleiras e deixem-me aqui dizer que está num ponto delicioso. Nasceu lá no ano de 2012 e só agora, no final de 2018, o produtor decidiu ser o melhor momento para o dar a conhecer. Perfeito!
Para além disso chega de cara lavada. Quando olho para este rótulo e depois olho para o rótulo anterior até me dá um arrepio na "espinha". A nova imagem ganha aos pontos.
Cor rubi concentrado, opaco, retinto e de aspecto limpo. No nariz mostra-se uma touriga bastante fresca, com aquela nota mais de esteva, bem casada com o fruto preto silvestre, a amora madura das courelas, floral bem medido, com especiaria fina, algum mentolado refrescante.
A prova de boca acompanha a frescura desta casta já sentida no nariz, sem ser opulento revela corpo e estrutura de Douro, com tanino presente, robusto,  ainda um pouco jovem (quem diria?) e com a fruta num plano muito fresco e apetecível. Final de boca longo.
A carne é aqui rainha na sua companhia.

quinta-feira, 11 de outubro de 2018

Provas | A Frescura Única dos Vinhos Verdes

O vinho verde está cada vez melhor. Os produtores têm brindado o consumidor com vinhos com cada vez maior qualidade, sejam eles feitos 100% a partir da casta Alvarinho ou de blend, mostrando a frescura única dos Vinhos Verdes para os dias mais quentes, como também mostrando a versatilidade do mesmo para consumo em todos os meses do ano. Para além disso, revelam também uma capacidade extraordinária para bem envelhecer.
O  tema para esta altura do mês é mesmo esse. Dê uma espreitadela no site Enólogo Chef Continente em mais uma publicação acerca do mundo do vinho.
"(...)O Vinho Verde é único no mundo. A sua frescura vibrante, a elegância e leveza, a expressão aromática e gustativa, com destaque para as suas notas frutadas e florais, são as características que definem e diferenciam o Vinho Verde de todos os outros tipos de vinho. [+].

quarta-feira, 10 de outubro de 2018

Bridão Private Collection 2017 Branco

BRIDÃO PRIVATE COLLECTION 2017 BRANCO | TEJO | 12,5% | PVP  7€
ARINTO, VERDELHO, CHARDONNAY, SAUVIGNON BLANC
ADEGA COOPERATIVA DO CARTAXO
16,5

O Private Collection branco é a mais recente novidade da Adega do Cartaxo. Um vinho que mostra uma frescura e acidez vibrante, sem passagem pel barrica, com leveza e equilíbrio e com um preço abaixo dos 10€. Para além disso mostra que vai ser capaz de repousar com qualidade para daqui a uns anos surpreender.
Cor citrina, com nuances esverdeadas, aberto, aspecto limpo e jovem. Notas de fruta citrina, alguma maça verde, com tropical fresco e ligeiro vegetal. Na boca denota algum volume, em boa medida, com boa acidez, vibrante com a fruta bastante sumarenta, tropical e maça verde, muito equilibrado e envolvente. Final de boca longo.
Portou-se muito bem com um mix entradas com algum peso e mais tarde com um bacalhau bem temperado com azeite.

terça-feira, 9 de outubro de 2018

Cortes de Cima Homenagem a Hans Christian Andersen 2012 Tinto

CORTES DE CIMA HOMENAGEM A HANS CHRISTIAN ANDERSEN 2012 TINTO | ALENTEJO | 14% | PVP  27€
SYRAH
CORTES DE CIMA
17,5

Um vinho especial em homenagem a Hans Christian Andresen. Sim, o tal, o aclamado escritor de contos infantis dinamarquês. No ano de 1866, Hans Christian Andersen viveu cerca de três meses em Portugal chamando este nosso País de "Paraíso Terrestre". Este é um vinho que também encanta e se faz encaixar neste "Paraíso Terrestre".
Cor rubi, intenso, média concentração, aspecto jovem e límpido. No nariz sobressai a fruta preta madura, ameixa preta, cereja, amora, com ligeiro destaque para a ameixa, já passa, notas bosque, caruma, alguma resina, com especiaria fina e caixa de tabaco, balsâmico fresco. Boca cheia de vida, pujante e vivaz, com nervo, cheio de estrutura, corpo, tanino maduro, polido, com fruta madura em equilíbrio com a nota especiada, algum toffe e cacau. Final de boca longo.
À mesa com certeza. Com carne, com pratos regionais alentejanos e com amigos.

quarta-feira, 3 de outubro de 2018

Esporão Colheita 2017 Branco

ESPORÃO COLHEITA 2017 BRANCO | ALENTEJO | 13,5% | PVP  9,99€
ANTÃO VAZ
ESPORÃO, SA
16

Cor amarelo citrino, esverdeados leves, aberto, aspecto jovem e limpo. No nariz os aromas limpos da fruta de caroço amarela, algum melão maduro, citrino equilibrado, alguma folha de laranjeira, perfil fresco. 
Na boca mostra acidez acutilante e fresca, boa cremosidade, fruta madura, alguma toranja e bergamota, com bom volume, ligeiro amargo vegetal e com um final de boca longo e persistente. À mesa será boa companhia para peixe grelhado e marisco assim como deverá ser uma boa aposta para pratos mais complexos como um bacalhau cozido.

terça-feira, 2 de outubro de 2018

Quinta do Cardo Touriga Nacional Reserva 2014 Tinto

QUINTA DO CARDO TOURIGA NACIONAL RESERVA 2014 TINTO | BEIRA INTERIOR | 14% | PVP  14,5€
TOURIGA NACIONAL
AGROCARDO, SA
17

Cor rubi intenso e profundo, concentrado, com tonalidades vermelha e violácea leve, aspecto limpo. Nariz com o perfume floral da violeta, fruto preto maduro, fresco, notas de bosque, resina, pinheiro, turfa, tostados ligados, complexo e profundo. Na boca mostra estrutura, tanino robusto, sem ser rijo ou violento, untuoso, envolvente, volta a mostrar a fruta com boa frescura. Final de boca longo, elegante e fresco.
Surpreende a frescura deste vinho e a carga de notas de bosque que encerra. Sem dúvida para a mesa em qualquer altura do ano.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails