quinta-feira, 9 de outubro de 2014

Azeites do Douro Superior | Prova Comentada com Francisco Pavão

No âmbito do Festival do Vinho do Douro Superior deste ano, tive o prazer de participar numa prova de azeites do Douro Superior com acompanhamento de excelência do Eng. Francisco Pavão, Presidente da Direcção da Comissão Vitivinícola Regional de Trás-os-Montes. 
Uma verdadeira aula de como provar azeites, de como distinguir os diversos tipos de azeite que existem, o que procurar num azeite e como o ligar à comida, da sua importância à mesa. 
A importância do azeite na nossa dieta e na nossa mesa. Pão, Azeite e Vinho. Imperativos na composição de uma mesa para refeição.

Foram provados nove azeites da região. Apesar do tempo ser curto foi uma experiência enriquecedora e que demonstrou a riqueza do azeite do Douro Superior a todos os presentes. Uma experiência a continuar.

CASA GRANDE FREIXO DE NUMÃO BIO | DOP TRÁS-OS-MONTES | 0,2% ACIDEZ
Frutado maduro ligeiro. Aromas de fruta madura, maça madura e folha de oliveira. Boca com ligeiro adocicado inicial, terminando com travo mais amargo e picante. Notas verdes com final de boca prolongado.
PVP ??€

QUINTA VALE MEÃO PREMIUM | DOP TRÁS-OS-MONTES | 0,2% ACIDEZ
Aromas frutados maduros, com menor intensidade que o anterior, maça e amendoa verdes, com sensação deligeiro amargo e picante prolongado na boca. Notas verdes em destaque com a amendoa em destaque.
PVP 9,50€

CHOUSAS NOSTRAS | DOURO SUPERIOR | 0,1% ACIDEZ
Frutado verde ligeiro, aromas de couve cortada para o caldo verde, muito intenso e inundando por completo os sentidos. Boca com o doce a sobrepor-se ao amargo e ligeiro travo picante final. Grande surpresa.
PVP 9€

MAPA | DOURO | 0,2% ACIDEZ
Frutado verde, com aromas a folha de oliveira, erva cortada e folha de tomateiro. Continua na boca com traço vegetal, muito picante, muita amendoa verde e de final persistente.
PVP 9,00€

QUINTA DO COUQUINHO PREMIUM | DOP TRÁS-OS-MONTES | 0,2% ACIDEZ
Aromas frutados verde médio/ligeiro, notas de erva cortada, amendoa verde, casca de banana verde, com muito equilibrio e harmonia entre o travo doce e amargo, algum fruto seco com final picante persistente.
PVP ??€

SOGEVINUS ALMORGAL | DOURO |
Aromas frutados maduros, com notas de frutos secos, nozes e cascas de amendoa. Complexo na boca, equilibrado, muito pouco amargor, com um picante fino persistente e prolongado.
PVP 14,65€

PAINOVA PREMIUM | DOURO | 0,3% ACIDEZ
Aromas frutados maduros de média intensidade, com presença de frutos secos, alguma maça e amendoa. Equilibrado de boca, belo balanceamento do doce, amargo e picante. Muito parecido com o anterior.
PVP ??€

QUINTA DO CRASTO PREMIUM | DOURO | 0,2% ACIDEZ
Aromas frutados maduros, com notas evidentes a casca de banana e frutos secos. Na boca notas mais amargas, com as notas picantes a aparecerem logo de seguida, equilibrado, complexo e final persistente.
PVP 13€

CARM PRAEMIUM | DOP TRÁS-OS-MONTES | 0,2% ACIDEZ
Aromas com notas maduras, novamente alguma casca de banana e alguma fruta seca e maça. No palato aparece mais equilibrado, harmonia entre o doce e o amrgo, picante ligeiro e com notas mais verdes no final.
PVP 7,95€

Pontos que ficam para futura referência e a ter em atenção são que a temperatura ideal para a prova do azeite, será nos 28º; que a cor do azeite não é essencial para a prova do azeite - ser mais ou menos amarelo pouco conta no final-; que os copos oficiais de prova são de cor azul; que são considerados azeites virgem extra quando com acidez abaixo de 0.8%; e que quando entre 0.8% e 2% são os chamados azeite virgem; que o azeite virgem extra é puro sumo de azeitona, o azeite virgem é puro sumo de azeitona e o azeite tradicional é 10% virgem e 90% refinado; e que é dificil haver notas acima de 80 em 100.
Até à próxima e tenho de arranjar uns copos daqueles.

1 comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails