terça-feira, 23 de abril de 2019

Quinta de S. João Batista Reserva 2017 Branco

QUINTA DE S. JOÃO BATISTA RESERVA 2017 BRANCO | TEJO | 13% | PVP  12€
CHARDONNAY, FERNÃO PIRES
QUINTA S. JOÃO BATISTA - ENOPORT
15

Cor amarelo citrino, esverdeados nítidos, aspecto limpo. Aromas parcos de intensidade, leve toque de notas chardonnay, alguma fruta amarela de caroço, fruto tropical maduro, citrino definido, algum fruto seco, nota de equilíbrio. Na boca mostra volume médio, alguma gordura e untuosidade, acidez equilibrada, com final de boca polido e um pouco curto para o expectável.
Mostra-se bem à mesa, com peixe branco grelhado, marisco e carnes sem grandes condimentos..

segunda-feira, 22 de abril de 2019

Poeirinho Baga 2015 Tinto

POEIRINHO BAGA 2015 TINTO | BAIRRADA | 11,5% | PVP  27,5€
BAGA
QUINTA DE BAIXO - VINHOS DA BAIRRADA SA
17,5

O antigo nome da casta Baga, dá o nome a este vinho feita 100% a partir da casta Baga. Poeirinho é uma bela homenagem aos vinhos Baga Bairradinos de outrora, que mostravam um perfil fresco, leve de cor aberta e com enorme potencial de envelhecimento.
Cor vermelho aberto, vermelho vivo, pouca concentracao, tonalidades violetas bonitas, aspecto jovem e limpo. No nariz mostra-se uma fruta vermelha bonita, com notas florais que intensificam a sua frescura, mineral, alguns apontamentos de óleo de cedro, complexo, fresco. Leve na boca, muito elegante e fino, com a fruta a voltar a marcar posição, fresca, definida, com uma bela acidez e com um belo comprimento de boca.
À mesa o cabrito assado, a grelhada mista ou o bacalhau terão direito de preferência.

quarta-feira, 17 de abril de 2019

Quinta dos Termos Reserva 2016 Tinto

QUINTA DOS TERMOS RESERVA 2016 TINTO | BEIRA INTERIOR | 13,5% | PVP  8€
RUFETE, MARUFO, TRINCADEIRA PRETA, JAEN
QUINTA DOS TERMOS, LDA
16

Raios! Nem tourigas, nem syrahs, nem nenhuma daquelas castas tão habituais nos blends tintos por esse País fora. Quatro castas pouco sonoras e apelativas nos rótulos, tradicionais da Beira Interior, nascidos num terroir agreste de solos graníticos pobres e com condições  excepcionais para a cultura da vinha. Que bela harmonização fez com uma grelhada mista e um boa conversa entre amigos.
Cor vermelho rubi de média concentração, mais denso no núcleo, aspecto limpo e jovem. No nariz revela aromas a fruta preta madura, fruta de bosque, sem excessos de maturação, com notas especiadas bem colocadas, áurea balsâmica e fresca. Na boca volta a mostrar a frescura do seu perfil, com a fruta num patamar muito bonito, equilibrado, com estrutura par aguentar mais uns anos de garrafa e com um término de boca longo e persistente.
Belo valor para se ter na garrafeira.

segunda-feira, 15 de abril de 2019

Beyra Biológico 2017 Branco

BEYRA BIOLÓGICO 2017 BRANCO | BEIRA INTERIOR | 13% | PVP  6,49€
SÍRIA, FONTE CAL
RUI ROBOREDO MADEIRA, VINHOS, SA
15,5

No nariz o primeiro impacto é pedregoso, granítico e fresco. Mostra bem o que vamos ter pela frente. Um vinho que nasce da baixa produtividade do seu terroir. Um vinho para o verão, que ganhará adeptos aquando da sua harmonização com peixe grelhado ou marisco. Com prato mais fortes deixa-se esconder e até perder.
Cor amarelo citrino, definido, jovem, limpo e brilhante. No nariz aromas citrinos, pedra partida, lascada, granito molhado, fresco. Na boca seca o palato, mostra algum volume e muita fruta citrina. Bom prolongamento final.

quarta-feira, 10 de abril de 2019

Murganheira Chardonnay Bruto 2008 Branco

MURGANHEIRA CHARDONNAY BRUTO 2008 BRANCO | TÁVORA-VAROSA | 13,5% | PVP  18€
CHARDONNAY
SOCIEDADE AGRÍCOLA COMERCIAL DO VAROSA, SA
18

Estamos perante um espumante de eleição e que, pedindo já desculpa aos mais tradicionais, consegue fazer esquecer alguns Champanhes que alcançam preços bastante mais elevados e que apenas nos mimam o ego. Revela pura classe e sedução, revelando todo o seu potencial à mesa.
De cor amarelo citrino, definido e com alguns laivos palha seca revela aromas frutados, um pouco contidos e elegantes, citrinos em relevo, aquele toque de brioche bem colocado, alguma torrada matinal e sensação de frescura. Bolha fina e persistente, com espuma leve, fresca e envolvente, a mostrar a casta, a sua fruta e com um final de boca seco e longo. 

terça-feira, 9 de abril de 2019

Restaurante L'Origine By Chakall - Lisboa

Em 1889, na cidade de Nápoles, foi feita a primeira pizza Margeritta em honra de uma Rainha. Esta foi a origem da pizza moderna, um momento que mudou a história da gastronomia italiana e mundial. 
Alguns anos depois, uma família sai de Roma e leva consigo toda a tradição da cozinha italiana para Buenos Aires. Em 1972 nasce Chacall que, no meio de tradições e sabores, aprendeu o delicioso poder das coisas simples.
Mais recentemente, numa das suas muitas viagens à Alemanha, conhece Roberto Mezzapelle, um siciliano de gema, piazzaiolo por vocação e que tal como Chakall tem berço na cozinha.
A partilha pela mesma paixão fez nascer este L'Origine by Chakall fruto de uma viagem comum de regresso às origens.

Na zona norte do Parque das Nações, com dois pisos, fica um espaço muito agradável, acolhedor, simples e colorido, com mesas despojadas de demais artifícios e com uma esplanada para ser aproveitada nos dias e noites mais quentes.

Aqui o prato principal é a pizza. Viemos aqui para comer pizza. É isso! E a mensagem que nos chega é simples e directa. Massa tratada com amor, deixada em maturação lenta entre 32 a 72 horas. À receita artesanal da massa de pizza juntam-se ingredientes inovadores como a beterraba, o carvão vegetal e sete cereais que oferecem uma nova e saborosa experiência. 

Pizzas leves, de fácil digestão e de elevada qualidade. Mas antes de se chegar à pizza experimentámos ainda o Carpaccio di Salmone e o Carpaccio Bacalà. Salmão e bacalhau para começar de forma fresca e leve. Mais uma vez a simplicidade dos ingredientes a fazer efeito.

Arrajamos ainda espaço para umas fatias de Focaccia Trinacria, com molho de tomate, alcaparras, cebola, azeitones, orégãos e azeite e uma ligação fabulosa Burrata Campagnola. A burrata e os cogumelos encantaram.

Depois, finalmente as pizzas. Para partilhar. A Pizza de Massa Preta de Carvão Vegetal foi a primeira e deixou marca. Sabores diferentes, muita frescura nos ingredientes, muita qualidade e dá um prazer imenso. Uma pizza tramada pois ficamos com vontade de provar mais algumas.

A aventura continuou por pizzas como a Capricciosa Com a Mãe em massa tradicional ou uma picante El Diablo em massa com beterraba e gengibre.

Por fim, a sobremesa. Aqui não podia falta a frescura e simplicidade da Panna Cotta, neste caso com caramelo, e o saciante e reconfortante Tiramisù. A regressar com mais calma e para repetir alguns sabores.

____________________________________________
RESTAURANTE L'ORIGINE BY CHAKALL
Tipo de Cozinha: Italiana, Pizzas
Copos de Vinho Adequados: Sim
Vinho a Copo: Sim
Estacionamento: Sim
Horário: Terça a domingo Almoços: 12h-16h Jantares: 19h30-24h Encerra às segundas 
Preço Médio p/ Refeição: 20€
Morada: Rua da Pimenta, 103 Parque das Nações, LISBOA
Telefone:  +351 218 948 136
Na net: http://www.lorigine.pt/

quarta-feira, 3 de abril de 2019

Gran Cruz Porto Vintage 1999

GRAN CRUZ PORTO VINTAGE 1999 | PORTO VINTAGE | 20% | PVP  30€
GRAN CRUZ PORTO - SOC COM VINHOS, LDA
17

Das caves de vinhos do Porto de Gran Cruz este Vintage 1999 mostrou estar ainda em forma, fresco e com todos os predicados um Vintage Port.
Cor ruby, média concentração, alguns laivos acastanhados, principalmente no bordo do copo, com ligeiros alaranjados, mas ainda com boa concentração. Nariz onde a fruta vermelha e preta contínua a marcar, limpa e objectiva, com toque de cacau, pimenta rosa, especiaria fina, fresco e ainda jovem.
Boca vivaz, cheia de fruta, compotada, doce, com travo a cacau, bombom de chocolate com licor, cereja, ginga, com boa gordura, envolvente e de final longo e persiste te.
Uma bela surpresa.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails