quarta-feira, 28 de fevereiro de 2024

Couquinho Reserva 2021 Branco

COUQUINHO RESERVA 2021 BRANCO | DOURO | 11,5% | PVP  22€
VIOSINHO, RABIGATO, GOUVEIO
QUINTA DO COUQUINHO SOCIEDADE AGRÍCOLA, LDA
17

O Vale da Vilariça é berço para as uvas que dão origem a este branco de perfil elegante, sem se mostrar exuberante, com acidez e secura vincada, projectando o seu potencial para ser servido à mesa com uns peixinhos do Rio Sabor fritos. Para o mais desatentos, notar a sua baixa graduação alcoólica, que, num terroir como o do Douro Superior, me parece bem positivo. 
Cor amarelo citrino de tonalidade esverdeada, aberto, pouca concentração, aspecto límpido e jovem. No plano aromático revela notas de fruto critino e tropical maduros, lima e abacaxi, pitada floral, tosta leve, bem ligada, baunilha, ligeira pimenta branca, sempre elegante, delicado e sem exuberâncias desmedidas. Boca vivaz, médio volume, textura macia, acidez vincada, acentuada boa secura, duradoura, com a fruta em bom plano, conjunto equilibrado e com final de boca longo e persistente.

As novas Estrelas do Guia MICHELIN Portugal 2024

O
ntem foi noite de Gala MICHELIN. Pela primeira vez dedicada exclusivamente a Portugal, numa cerimónia onde foram anunciados todos os premiados distribuídos pelas diversas categorias, sendo a mais importante a icónica Estrela MICHELIN.
Os novos estrelados fazem brilhar mais as cidades de Lisboa, 2Monkeys chef Vitor Matos e SÁLA do chef João Sá; Funchal, Desarma do chef Octávio Freitas e Santarém, Taberna Ó Balcão do chef Rodrigo Castelo, havendo também lugar de destaque para a atribuíção de uma segunda estrela a norte, cidade do Porto, com o Antiqvvm do chef Vítor Matos.
Todos os premiados em 2023 mantiveram as estrelas em 2024. Ainda não temos a terceira estrela para um restaurante luso, mas Portugal está de Parabéns. 

DUAS ESTRELAS MICHELIN
8 restaurantes

Albufeira – Vila Joya
Funchal – Il Gallo d'Oro
Leça da Palmeira – Casa de Chá da Boa Nova
Lisboa – Belcanto
Lisboa – Alma
Porches – Ocean
Porto – Antiqvvm - NOVIDADE
Vila Nova de Gaia – The Yeatman


UMA ESTRELA MICHELIN
31 restaurantes com uma Estrela MICHELIN:

Almancil – Gusto by Heinz Beck
Bragança – G Pousada
Cascais - Fortaleza do Guincho
Funchal – Desarma – NOVIDADE
Funchal – William
Guimarães - A Cozinha
Lagoa – Bon Bon
Lagos – Al Sud
Lisboa – 2Monkeys – NOVIDADE
Lisboa – Encanto
Lisboa – Feitoria
Lisboa – Fifty Seconds
Lisboa – Loco
Lisboa – Kanazawa
Lisboa – 100 Maneiras
Lisboa - SÁLA de João Sá – NOVIDADE
Lisboa – Eleven
Lisboa – Kabuki Lisboa
Lisboa – EPUR
Lisboa – CURA
Passos de Silgueiros - Mesa de Lemos
Portimão – Vista
Porto - Euskalduna Studio
Porto - Pedro Lemos
Porto - Le Monument
Porto - Vila Foz
Reguengos de Monsaraz - Herdade do Esporão
Santarém - Ó Balcão – NOVIDADE
Sintra - Lab by Sergi Arola
Sintra – Midori
Tavira – A Ver Tavira


Foram também atribuídos os prémios MICHELIN Bib Gourmand para Portugal em 2024 que contam agora com um total de 32 restaurantes nesta categoria, 8 dos quais novos.

Braga - Inato Bistrô chefs Miguel Rodrigues e Tiago Costa
Baião - OMA chef Luís Moreira
Figueira da Foz - Olaias chef Mónica Gomes
Guimarães - Norma chef Hugo Alves
Montemor-o-Novo - PODA chef João Narigueta
Paço de Arcos - O Pastus chef Hugo Dias de Castro
Porto - Pátio 44 
Viseu - Flora chef João Guedes Ferreira

Glossário
O que é uma Estrela MICHELIN?
A Estrela MICHELIN é atribuída a restaurantes que oferecem uma experiência gastronómica excecional. São tidos em consideração cinco critérios universais: a qualidade dos ingredientes, a harmonia dos sabores, o domínio das técnicas, a personalidade do chefe expressa através da confeção e, não menos importante, a regularidade em todo o menu e ao longo do tempo.

O que é o Prémio MICHELIN Bib Gourmand?
É atribuído aos restaurantes com a melhor relação qualidade/preço (que oferecem uma refeição de três pratos a um preço razoável). O limite de preço para ser considerado para o Bib Gourmand varia de país para país, dependendo do custo de vida, mas os inspetores procuram a boa qualidade, onde quer que estejam no mundo.

sábado, 24 de fevereiro de 2024

Taylor's 20 Year Old Tawny Port

TAYLOR´S 20 YEAR OLD TAWNY PORT | PORTO | 20% | PVP  48€
CASTAS TRADICIONAIS DO DOURO 
QUINTA AND VINEYARD BOTTLERS VINHOS, SA
ENGARRAFADO EM 2016
18

A Taylor's é sem dúvida mais reconhecida pelos seus Vintages, no entanto, confesso que em nada fica atrás nos Tawnies, sendo que nesta categoria se apresenta de fato de gala com magníficos lotes de tawnies velhos. 
Este 20 Year Old Tawny é disto um bom exemplo num perfil onde a intensidade das notas de fruto seco e especiaria começam a mostrar-se com mais intensidade do que a fruta e onde a riqueza e complexidade acrescidas em relação ao patamar anterior é evidente, com os aveludados mais notados, mantendo, todavia, uma elegância e frescura acentuadas. 
Excelente a acompanhar frutos secos torrados com sal ou uma sobremesa mais composta à base de amêndoa e ovos.
Cor âmbar intenso, mais escuro, com nuances avermelhadas, límpido e cativante. Impressionante no plano aromático, rico, complexo e opulento, com notas de fruta passa, alperce, figo, ameixa, numa ligação de sucesso com as notas de fruto seco, noz e amêndoa, o delicado tempero das especiarias e leves pinceladas de flor de laranjeira, harmonioso, com perceptível toque de barrica em pano de fundo. O registo de boca acompanha o do nariz, revelando volume, estrutura e textura voluptuosa, macia, doce equilibrado, frescura e elegância, mantendo-nos interessados a continuar a beber, aveludado de fruto seco, algum caramelo salgado, final de boa longo e prazeiroso.

sexta-feira, 23 de fevereiro de 2024

Terra do Zambujeiro 2020 Branco

TERRA DO ZAMBUJEIRO 2020 BRANCO | ALENTEJO | 13,5% | PVP  17€
ARINTO, ANTÃO VAZ, ROUPEIRO, CHARDONNAY
QUINTA DO ZAMBUJEIRO, LDA.
16,5

Em boa forma, mostrando um perfil mais quente e largo, encorpado, mostrando exuberância de aromas e paladar, com verdadeira apetência para se juntar à mesa com pratos de peixe e aves  com alguma complexidade. 
Cor amarelo tonalidade palha, reflexos dourados, aspecto límpido e jovem. No plano aromático revela, com alguma exuberância, as notas de fruta tropical e de polpa amarela madura, pêssego, pêra e abacaxi, pitada de fruta citrina, lima, nuances de flor branca, barrica bem integrada, alguma baunilha e coco em fundo. Perfil de boca mais cheio, textura macia, acidez bem medida, fruta sumarenta, mostrando um lado mais gordo, sumptuoso, com a barrica a dar a sua graça, final de boca longo e persistente.

quinta-feira, 22 de fevereiro de 2024

Quinta de San Michel Arinto 2020 Branco

QUINTA DE SAN MICHEL ARINTO 2020 BRANCO | LISBOA | 13,5% | PVP  26,90€
ARINTO
QUINTA DE SAN MICHEL - IDF INVESTIMENTOS E GESTÃO, SA
18

São apenas 1050 garrafas deste Arinto nascido no terroir muito particular de Janas, perto do mar o suficiente para receber a sua influência Atlântica, perto da Serra de Sintra o suficiente para respirar da sua envolvência e situada num alto, onde o vento se faz sentir em grande parte do ano, vivendo num micro-clima muito próprio desta geografia.
A influência marítima está bem presente num perfil salino, acidez marcada, em tensão, largura de boca dada pela passagem por barrica e a certeza para quem souber guardar umas garrafas por alguns anos que terá a sua espera recompensada. À mesa penso em mar, em bacalhau, em polvo, em peixe assado no forno, azeite e complexidade onde este branco se mostrará companhia acertada, mas também no Leitão de Negrais ali tão à mão de semear.
Cor amarelo tonalidade palha, reflexos dourados, aspecto límpido e jovem. Bouquet aromático rico e complexo, com as notas de fruto de polpa branca e citrinos maduros em ligação à nota de fruto seco, ligeiro tostado, salino evidente, maresia, pedra lascada, desafiando à medida que se regressa ao copo. Boca em perfeita harmonia entre a sua vivacidade, acidez crocante e o lado mais untuoso, mais cheio e de textura macia com que nos presenteia, deixando a fruta ter o seu lugar, aninhada a ligeira especiaria, equilibrado e com final de boca elegante e persistente.