segunda-feira, 13 de agosto de 2018

Tendências | A Esplanada Pede Um Copo de Vinho

Finalmente o calor chegou para alegrar o nosso mês preferido para o descanso de um ano de trabalho. Para além da praia, da churrascada, do tempo para rever amigos e dos longos passeios também é sabido que somos um País de esplanadas. Por mais ocioso que possa parecer, o facto é que o estar sentado a beber um copo de algo fresco e ficar apenas a contemplar a paisagem é um dos desportos de verão mais praticados.
Qual é a sua bebida de eleição para beber na esplanada? Cerveja? E o Vinho? Deixo a minha sugestão em mais uma publicação no site Enólogo Chef Continente.
"(...)Habitualmente as bebidas de eleição não incluem o vinho. Somos mais afectos à cerveja, aos refrigerantes e às águas, mas com a cada vez maior oferta de vinho a copo e com a qualidade de serviço de mãos dadas só temos boas razões para sorrir e começar a escolher um copo de vinho para nos fazer companhia à esplanada. (...)" continuar a ler [+].

quinta-feira, 9 de agosto de 2018

Três Bagos Sauvignon Blanc 2017 Branco

TRÊS BAGOS SAUVIGNON BLANC 2017 BRANCO | DOURO | 13% | PVP  9,50€
SAUVIGNON BLANC
LAVRADORES DE FEITORIA VINHOS DE QUINTA, SA
17

Lembro-me bem quando provei este Sauvignon Blanc pela primeira vez. Na garrafeira Coisas do Arco do Vinho, numa das suas provas de final de tarde, provei a colheita de 2009 com o Enólogo Paulo Ruão e fiquei desde logo enamorado por este vinho duriense. Hoje, com as vinhas com idade entre os 25 e os 30 anos, este é sem dúvida um Sauvignon Blanc de grande qualidade e abaixo dos 10€.
Cor citrina, definida e muito límpida. No nariz, muito exuberante, fino recorte vegetal, espargos, bem ladeado por notas florais e fruta tropical madura e fresca, muito elegante. Na boca mostra equilíbrio, bom volume para um branco, com uma acidez muito bem balanceada com a fruta, sumarenta e fresca. Final de boca longo e elegante.
Escrevi na altura que era um branco a não perder e continua a ser.  

segunda-feira, 6 de agosto de 2018

Estou Com Os Azeites: Casa Afonso Borges Primis Virgem Extra

CASA AFONSO BORGES PRIMIS VIRGEM EXTRA | DOURO | AC 0,2% | PVP  12€
AGRIFIBA, LDA

Produzido pela Agrifiba, num lagar novo, com a tecnologia mais actual neste sector e a caminhar agora para o segundo ano de colheita, situado no Regia Parque Douro em Vila Real, mostra um azeite de elevada qualidade, quase diria que feito para impressionar e que mostrar que o Azeite está a ser muito bem trabalhado no nosso País. Haverá que tomar rapidamente esta consciência.
À mesa já o pude provar em diversas situações. Quer simplesmente para começar a refeição, servido com pão para se provar à descrição, quer no bacalhau com todos, numa posta mirandesa ou numa sobremesa com iogurte grego que tentei recriar. Correu muito bem!
De perfil frutado verde intenso, revela aromas bem verdes como o da amêndoa verde ainda em formação ou da própria folha da oliveira, com notas de folhagem de tomateiro. Na prova de boca, gosto principalmente daquele travo picante muito equilibrado e a nota mais amarga que persiste no final.

domingo, 5 de agosto de 2018

Quinta da Aveleda Loureiro & Alvarinho 2017 Branco

QUINTA DA AVELEDA LOUREIRO & ALVARINHO 2017 BRANCO | VINHO VERDE | 11,5% | PVP  3,99€
LOUREIRO, ALVARINHO
AVELEDA, SA
15

Este é um daqueles vinhos que queremos ter por perto nestes dias de temperaturas elevadas. Leve, fresco, equilibrado e para beber sem complicações. À mesa, as saladas de tipo italiano, o peixe grelhado ou a cozinha asiática serão harmonizações a ter em conta.
Cor amarelo citrino, esverdeados leves, aspecto jovem e limpo. Citrino no nariz, com leve perfumado floral e fruta tropical a compor um bouquet de perfil fresco. Boca sumarenta, acidez nivelada, com bom equilíbrio no conjunto e de final médio/longo.  

sábado, 4 de agosto de 2018

Tendências | No Verão a Sangria é Tradição

Haverá sempre quem não gosta de vinho, mas que não dispensa a frescura e sabor de uma Sangria bem feita. O vinho, seja ele branco, tinto, espumante ou de outro tipo, está lá e acredito que não se deve negligenciar a qualidade do mesmo, ainda assim é normal escolhermos os mais baratos para a fazer.
Com estes dias de calor, uma sangria fresquinha faz ainda mais sentido. É por isso importante ter a fórmula mágica à mão. Qual é a sua receita para uma sangria de sucesso? Deixo a minha sugestão em mais uma publicação no site Enólogo Chef Continente.
"(...)Os ingredientes para uma boa sangria não variam muito de receita para receita, muitos deles diversificam um pouco consoante o País onde se está ou mesmo a região do próprio País e incluem sempre a fruta fresca, laranja, limão e maça na sua base, algumas especiaria como a canela em pau, mas há quem também use o cravinho, um mix por vezes dito como secreto de bebidas espirituosas e vinho. Vinho Tinto na maioria, mas também vinho branco, vinho espumante ou até vinho do Porto. (...)" continuar a ler [+].

terça-feira, 31 de julho de 2018

Herdade do Sobroso | 10º Aniversário Com Novas Colheitas e Novidades Absolutas

A data impunha que a comemoração trouxesse algo de novo. São dez anos feitos desde que foi lançado o primeiro vinho da Herdade do Sobroso e este é o momento para apresentar não só novas colheitas, como também novos vinhos e produtos.
Tudo começou com a compra da Herdade, completamente em ruínas, na região da Vidigueira. Uma propriedade entre a Serra do Mendro e o Rio Guadiana. Um terroir que já estivera a coberto do Rio, e que mostra hoje o impacto desse momento, um terroir invulgar no Alentejo que permite que, apesar do maior filão de produção ser dedicado ao vinho, também ali se produza e com qualidade superior, cereal, azeite, compotas e sempre aliados a uma fauna e flora riquíssimas.

O primeiro vinho, lançado em 2008, foi o tinto. estilo mais clássico do Alentejo, mas em jeito de comemoração os grandes lançamentos mostram mais uma direção. Na gama cellar selection. o rosé é a grande surpresa, nos tintos, o lançamento do Arché representa uma homenagem de Sofia Machado a seu Pai, Ele que foi o construtor principal desta casa.
HERDADE DO SOBROSO 2017 BRANCO | ALENTEJO | 13% | PVP 8,49€
ANTAO VAZ
SOCIEDADE AGRO PEC HERDADE DO SOBROSO, SA
16
Cor amarelo citrino, esverdeados leves, aspecto limpo e brilhante. Nariz delicado, fruta limpa, fruta amarela de caroço, tropical bem colocado, fresco, elegante. Na boca boa acidez, acutilante e equilibrada, fruta bem colocada, ligeiro amanteigado, envolvente, de final longo e persistente. 

HERDADE DO SOBROSO CELLAR SELECTION 2017 BRANCO | ALENTEJO | 13% | PVP 15,95€ 
ANTAO VAZ, ALVARINHO 
SOCIEDADE AGRO-PECUÁRIA HERDADE DO SOBROSO, SA
16,5
Cor amarelo citrino, esverdeados leves, aspecto limpo e brilhante. Nariz expressivo, fruta tropical bonita e ligeiro fumado muito interessante, num registo de frescura importante. Boca com volume médio, envolvente, boa acidez, muito equilíbrio do conjunto, com comprimento final longo, elegante e fresco. 

HERDADE DO SOBROSO CELLAR SELECTION 2017 ROSÉ | ALENTEJO | 12,5% | PVP 13€ 
SYRAH 
SOCIEDADE AGRO PEC HERDADE DO SOBROSO, SA
16,5
Cor salmonada, aberto, aspecto limpo. Aroma intenso, perfumado, rosas, framboesa fresca, alguma nota de rebuçado de fruta vermelha, pedra lascada, muito fresco . Boca sequinha, como gosto, acidez que nos faz salivar, que nos pede comida, mas também com grande frescura, ligeira untuosidade, final de boca longo e fresco. 

HERDADE DO SOBROSO 2015 TINTO | ALENTEJO | 14% | PVP 8,49€
ARAGONEZ, TRINCADEIRA, ALICANTE BOUSCHET,  ALFROCHEIRO
SOCIEDADE AGRO-PECUÁRIA HERDADE DO SOBROSO, SA
16
Cor rubi de media concentração, aspecto limpo, mais aberto no bordo do copo. Aromas intensos, fruta vermelha, leve floral, cacau, belo equilibro das notas de barruca, pimenta fina, algum fumado, fresco. Boca vivaz, com bom volume, alentejano puro, tanino presente, muito elegante, com a fruta bem bonita e nitida, muito frrsco e elegante. Final persistente e fino. 

HERDADE DO SOBROSO CELLAR SELECTION 2015 TINTO | ALENTEJO | 14,5% | PVP 17,30€
SYRAH, ALICANTE BOUSCHET
SOCIEDADE AGRO PEC HERDADE DO SOBROSO, SA
16,5
Cor rubi intenso, concentrado, violetas escuros, aspecto limpo. Aromas deliciosos, complexo, fruta vermelha e preta, muita frescura, algum mentolado, eucalipto, envolvência. Acima das expectativas. Na boca mostra boa estrutura, volume,fruta no ponto certo,  equilibrado e com final de boca longo e sumarento.

HERDADE DO SOBROSO RESERVA 2015 TINTO | ALENTEJO | 14,5% | PVP 25€
CABERNET SAUVIGNON, ALICANTE BOUSCHET
SOCIEDADE AGRO-PECUÁRIA HERDADE DO SOBROSO, SA
17,5
Cor vermelho intenso, fechado, de nuances carregadas, violeta escuro, aspecto limpo. Aromas frescos, algum mentolado, complexo, tudo bem ligado. Boca com muita elegância, fresco, com a fruta,  amoras silvestres maduras,  bem presente, mas num fundo de frescura, equilíbrio e final longo. Este é o vinho para beber agora. Está num momento fenomenal

ARCHÉ 2015 TINTO | ALENTEJO | 14% | PVP 50€
CABERNET SAUVIGNON, ALICANTE BOUSCHET, SYRAH, TOURIGA NACIONAL
SOCIEDADE AGRO PEC HERDADE DO SOBROSO, SA
18
Cor rubi, nuances de média concentração, limpo, bonito, com muita frescura na parte aromática, floral, violetas, fresco, pimenta branca, mentolado refrescante, balsâmico, mineral fresco. Na boca revela toda a sua força e genica, com muita forca, acidez lá em cima, a secar, a puxar pela comida, com volume, muito envolvente, com a fruta vermelha bem fresca, sumarenta e apetitosa, num final de boca longo e extenso.
Que bela homenagem,

ARCHÉ AGUARDENTE VÍNICA VELHA | ALENTEJO | 38% | PVP 126€
SOCIEDADE AGRO PEC HERDADE DO SOBROSO, SA
Terminámos assim, com a mais recente Aguardente Vínica Velha do produtor com o mesmo que o vinho tinto topo de gama. Arché. De destilação lenta e harmoniosa, envelhecida durante mais de 10 anos em Barricas de Carvalho Francês Allier. A aguardente não é da produção da casa, sendo adquirida a um destilador e é estagiada na HErdade do Sobroso em barricas de 225 até ficar pronta.

segunda-feira, 30 de julho de 2018

Esporão Reserva 2016 Branco

ESPORÃO RESERVA 2016 BRANCO | ALENTEJO | 12,5% | PVP  9,90€
ANTÃO VAZ, ARINTO, ROUPEIRO
ESPORÃO, SA
17

Um clássico alentejano, com recurso apenas a castas existentes na Herdade e que impressiona quando, colheita após colheita, mantém uma consistência de qualidade elevada para um vinho que muitas vezes é encontrado à venda a menos de 10€. Para ilustrar o rótulo deste ano foi convidado o fotógrafo e arquitecto Duarte Belo. Cor amarelo citrino, definido e intenso, aspecto limpo e brilhante. Aromas intensos a fruta de polpa amarela, citrinos e leve tropical, notas tostada e alguma baunilha bem ligadas, perfil fresco. Na boca revela acidez aculiante, sumarento, toranja vermelha, limonado, bela cremosidade e envolvência, equilibrado e com boa profundidade. Final de boca longo.  

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails