domingo, 14 de fevereiro de 2010

José Maria da Fonseca - Terras do Sado

Photobucket
Hoje foi dia dos Namorados e dia de aproveitar a promoção da José Maria da Fonseca na visita da sua Casa Museu e Adegas em Azeitão. A visita à casa onde a José Maria da Fonseca foi fundada permitiu-me conhecer mais um pouco acerca desta empresa familiar que foi a primeira a engarrafar os seus vinhos em Portugal e que ainda hoje se encontra nas mãos da mesma familia após 175 anos de existência. As preocupações com a qualidade e imagem do vinho JMF levaram à mudança habitual de venda em barricas para a venda em garrafas fazendo com que se torna-se a primeira na venda engarrafada deste precioso néctar em terras lusas.
Depois seguiu-se a visita às antigas adegas. Adega da Mata e a Adega dos Teares Novos, onde estagiam em Barricas de Mogno e Carvalho Francês o tão conhecido vinho Piriquita; e a Adega dos Teares Velhos onde repousam os Moscatéis. Desde os mais recentes até aos mais velhinhos, passando por reliquias como os Moscatéis com mais de 100 anos acondicionados na reserva pessoal da familia. O aroma a moscatel proviniente dessa sala chega para nos fazer imaginar o que ali estará guardado.
Por fim, uma prova de dois vinhos da Casa. O tinto Quinta de Camarate 2007, de côr rubi, revelou-me um aroma a madeira e a especiarias. Na boca apresenta-se um vinho bem estruturado, frutado e com taninos médio/altos. O final é persistente e conforme ia avançando na prova melhor me sabia. Depois, a prova do Moscatel Colecção Privada de Domingos Soares Franco 1999, que é o resultado de uma experiência do enólogo Domingos Soares Franco que decidiu parar a fermentação deste moscatel com uma aguardente de Armagnac. De côr topázio forte, apresentava um aroma que me deixou bastante curioso. Tive de recorrer à cabúla para descobrir de qual se tratava. Após leitura desta percebi o aroma a ameixas secas e nota critrinas. Na boca demonstrou ser de tâninos suaves, bastante frutado e doce.
A única nota menos positiva para esta visita foi o facto de verificar que praticamente todos os vinhos eram aqui mais caros do que em espaços comercias como os hipermercados. A variedade é maior, mas o preço também é mais alto.

3 comentários:

  1. A Oferta era um pack JMF por.... 19,90 € (LOL)

    ResponderEliminar
  2. José Maria da Fonsecasegunda-feira, 14 junho, 2010

    Exmos. Senhores,
    Agradecemos o vosso artigo sobre a visita à JMF.
    Mais informamos que a indicação de uma oferta foi um lapso jornalistico, reportado ao meio de comunicação em questão. O nosso press release referia "No final da visita, a JMF terá à sua disposição um presente original para oferecer ao/à seu/sua namorado/a: Cabazes de Vinhos especialmente seleccionados para comemorar o Dia dos Namorados devidamente personalizados para Ele e para Ela."

    Obrigado e aguardamos uma nova visita em breve!

    JMF

    ResponderEliminar

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails