quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Prova de vinhos Dirk Niepoort - CAV

Hoje estive presente numa das provas mais concorridas que até ao momento participei na Coisas do Arco do Vinho. Quantos estavam presentes? Quem os conseguiu contar? Terão sido 50, 60, mais? Não paravam de chegar. Que romaria. Uma prova de vinhos Dirk Niepoort, com 11 dos seus vinhos presentes e tendo sido excelentemente conduzida pelo Enólogo Luís Seabra. Os meus parabéns à CAV por a ter feito acontecer. Grande forma de concluir o ano de provas.
Tivemos então o prazer de provas os seguintes vinhos: Tiara 2009, Redoma 2009 e Redoma Reserva 2009 nos Brancos; Vertente 2008, Redoma 2008, Batuta 2008 e Charme 2008 nos Tintos; e LVB 2005, Vintage Pisca 2007, Vintage 2007 e Colheita 2001 nos Portos.

Tiara 2009 Branco: Aroma intenso a frutos citrinos, com notas de maça verde, muita frescura que também se reencontra na prova de boca, assim como os frutos citrinos e uma mineralidade notável;
Redoma 2009 Branco: aroma mais complexo com notas de lima-limão, pêssego e alperce maduro. Na boca mantém o estilo de frescura, elegante, fino e com bom corpo e boa presença de boca;
Redoma Reserva 2009: maravilhoso. Apesar de concordar que provavelmente mais um ano em garrafa apenas o tornará melhor é já um branco de elevadíssima qualidade. Aroma muito mineral, fresco e complexo, rico em notas citrinas e fruta como o pêssego e alperce. Na boca relevo para o nível de acidez muito correcto, bem casado com a fruta, com frescura e finura em grande nível. Mais uma vez, apostava em mais uns anos de garrafa;
Vertente 2008 Tinto: um vinho onde a minha maior nota de destaque vai para o equilibrio do mesmo, para a suavidade dos taninos e para o prazer de o beber ainda novo. Ganha também na facilidade com que se bebe e no guloso que é;
Redoma 2008 Tinto: mais vinho que o anterior. Mais complexo, frutos pretos bem maduros, muito carácter. Na boca um vinho que enche a boca, taninos muito bem definidos e integrados e um final de boca delicioso e persistente;
Batuta 2008 Tinto: este um dos meus preferidos da noite. Aromas a fruta preta e vermelha bem madura, com especiarias e notas de fumo. Muita complexidade aromática. Na boca um portento. Fruta, elegância e... muita frescura. Com poder de envelhecimento e a dever poder descansar mais uns anos em garrafa. Apresenta um final de boca longo, longo, longo;
Charme 2008 Tinto: começa por ser diferente na cor. Um Rubi mais claro que o habitual. Os aromas são intensos a fruta vermelha, cerejas. Na boca destaco-o pelas notas de veludo que só tenderão a aveludar ainda mais com o tempo. Como ouvi dizer, chegava-me o vinho e uma boa conversa.

Quanto aos Portos e não querendo particularizar pois foi uma parte da prova um pouco mais corrida destaco o Porto Colheita 2001 pela sua cor tipo tijolo de barro vermelho, alaranjado; pelo aroma a fruta divinal e na boca pelo equilíbrio demonstrado a todo o nível. Fruta e madeira numa grande harmonia e com um final soberbo. Vamos tentar apostar também nestes Portos Colheita.

5 comentários:

  1. Ora cá estamos. Ainda bem que fomos à prova em vez de ficar a ver o jogo. Assim não tivemos que ver a totalidade daquela desgraça.

    Um abraço enófilo e saudações benfiquistas

    ResponderEliminar
  2. É verdade... ainda dei dois soluços antes de chegar a casa e não foram os Niepoort : )

    ResponderEliminar
  3. A prova foi, sem dúvida, boa... quanto ao resto nem vale a pena mencionar..

    ResponderEliminar
  4. Boa Tarde,

    Tenho naminha garrafeira o REDOMA 2007.

    Já provou ? Que sugestão me pode dar ? Devo abrir já ou esperar mais um pouco?

    Abraço

    Mário Silva

    ResponderEliminar
  5. Caro Mário Silva,
    O Redoma 2007 é na minha opinião mais um dos grandes Tintos do Douro e da Niepoort. Este 2007 está fantástico e tem um poder de envelhecimento notável. No entanto, cabe-lhe a si decidir. Se tiver duas, abra uma e registe a prova para daqui a mais 1 ano abrir a segunda e poder comparar. Se apenas tiver uma vai um pouco do seu gosto e do arriscar um pouco mais. Mas se bem acondicionado ainda se aguenta em garrafa mais um pouco.
    Desejos de uma boa prova.

    ResponderEliminar

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails