domingo, 15 de novembro de 2015

Graham's e Dow's em Prova de Vintages

A actual Graham's representa o culminar da história de duas famílias ao longo de cerca três séculos e que, nos últimos 200 anos tem sido reconhecida com uma empresa familiar que produz dos melhores vinhos do Porto.

A Graham's foi uma das primeiras produtoras de Vinho do Porto a apostar em vinhas próprias e a avançar sempre com a utilização da mais avançadas técnicas que se podem utilizar na produção de vinho e hoje, são cinco os Symington que partilham a responsabilidade de levar esta casa para o futuro: Paul, Charles, Rupert, John e Dominic Symington.

 Nesta prova lugar aos Vintage. Dow's e Graham's com destaque para o Quinta do Vesuvio Vintage 2013 numa quase estreia.

DOW'S QUINTA SENHORA DA RIBEIRA VINTAGE 2010
Cor vermelho retinto, opaco, concentrado. Aromas intensos, a fruta vermelha e preta bem madura, compota bem presente, notas florais, especiados finos, notas balsâmicas, frescura. Boca cheia, vivaz, com muita fruta, untuoso,  cheio de estrutura e com final longo.

DOW'S QUINTA SENHORA DA RIBEIRA VINTAGE 2012
Cor retinta e fechada, violetas escuros e definidos, fechado.  A fruta aparece aqui com mais elegância,  frescura, a fruta mais em pormenor, especiados, pimenta vermelha. Na boca continua com o mesmo perfil, frescura e elegância da fruta, bem ligado com os traços de estágio em barricas, profundo e de grande complexidade e comprimento.

DOW'S QUINTA SENHORA DA RIBEIRA VINTAGE 2013
Cor retinta, fechada, completamente opaco e fechado. Aromas jovens de vintage. Com muita juventude. Na boca está jovem, cru, quase que se sente o mosto, mastigável, com uma presença interminável no final de boca.

QUINTA DO VESÚVIO 2013
Cor retinta, fechada, mais do que o anterior. No nariz a fruta preta, madura, compotada,  a sentir-se tudo muito próximo. Grande boca. Mastigável, a secar o palato por completo, a mostrar irreverência,  cheio de garra e com bom final. Potencial de futuro extraordinário.

GRAHAM'S VINTAGE 1983
Cor vermelho arijolado, casca de cebola, muito aberto. Aromas mais evoluídos, alguma fruta seca, caixa de tabaco, fumados. Na boca mostra-se ainda de boa saúde,  embora não o veja a continuar durante muito mais tempo. Acidez equilibrada,  boa presença de boca, a beber o quanto antes.

GRAHAM'S VINTAGE 2000
Cor vermelho tijolado, casca de cebola, aberto e bem definido. Aromas já com fruta seca, nozes, alguma fruta passa, especiaria fina, muito elegante. Na boca muita elegância, envolvência, fruta consistente e madura, grande equilibrio e ainda cheio de força.

GRAHAM'S VINTAGE 2007
Cor rubi, definido,  limpo. Aromas intensos, grande fruta, muito frescura. Boca cheia de pormenor, fruta, jovem, a pedir queijos fortes. Final cheio de intensidade, boa especiaria e elegância.
 

Sem comentários:

Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails