domingo, 10 de junho de 2018

Restaurante Luz - Lisboa

O recém inaugurado Hotel Iberostar Lisboa, numa localização privilegiada na Rua Castilho, quer também marcar a sua oferta não só pelo alojamento, mas também pela restauração e por isso, apresenta no Restaurante Luz, o Chef Jorge Fernandes liderando o conceito gastronómico do mesmo e revelando belas combinações com o seu toque pessoal em pratos da cozinha portuguesa e internacional.

O restaurante não tem janelas para a rua principal, no entanto apesar de descermos abaixo do piso da recepção, é incrível a imensa Luz que entra pelas paredes/janelas gigantescas em vidro, sendo a vista directa para um jardim interior e que ajuda por momentos a fugir à confusão que se passa um pouco acima entre trânsito e pessoas. Excelente escolha do nome e do lugar.
A decoração também em tons claros ajuda à compor a disposição para um almoço ou jantar mais relaxado, sofisticado e descontraído.

Cozinha de autor, de aspecto visual bonito e atraente, respeitando os ingredientes mais nobres, com produto de excelência e com algumas especialidades da cozinha portuguesa, garantido uma experiência gastronómica diferenciada, com apresentações a fugir ao habitual e mantendo todo o sabor.

Na mesa, o azeite virgem com vinagre balsâmico, a azeitona kalamata, o cestinho com pão variado e as manteigas aromatizadas. Keep It simple. Começar sem marcar o palato, mas com pequenos desafios à nossa vontade de não atacar tudo de imediato.

De seguida, lugar ao Amuse Bousche. Numa pequena lata de conserva chegam os Ovos Rotos Com Presunto Ibérico e Óleo de Trufa. Um pequeno piscar de olho à nossa vizinha Espanha com um toque muito particular. Estaladiço e excelente harmonia nos sabores.

Na entrada, um peixe que cada vez mais mostra o seu lugar à mesa dos portugueses. Cavala Fumada Sobre Escabeche de Legumes. Tudo no ponto, muito equilibrio e com o escabeche de legumes no ponto perfeito. Grande entrada.

No prato de peixe, A Garoupa Corada Sobre Arroz Malandrinho de Ameijôa à Bulhão Pato encheu-me as medidas e posso mesmo afirmar que dentro do nível elevado deste almoço foi o ponto alto. Sem nada a dizer da garoupa, mais uma vez certinho, o arroz era para continuar a comer até fartar. Que sabor intenso. Que mar nós temos.

Hora de limpar o palato com um simples, mas eficaz e refrescante Sorbet de Limão Com Sangria de Frutos Vermelhos que tentarei reproduzir para os amigos se este ano o verão resolver aparecer.

Momento para o prato de carne logo de seguida. O Borrego e o Porco Sobre Esparregado de Salsa e Legumes Biológicos trouxe sabores mais quentes, com maior robustez e complexidade. O cubo de carne de porco era a repetir vezes sem conta.

Por fim, os doces. Para sobremesa uma ondulante criação de Abóbora, Requeijão e Noz. Sobremesa tão típica em Portugal que aqui chega com aquele twist visual do Chef, mas cujo sabor reconhecmos de imediato assim que o começamos a comer.
De seguida, para companhia do café, um conjunto de Mignardises com Trufa de Abade Priscos, Pudim Laranja do Algarve e Bola de Berlim de Pastel de Nata.

Se ainda é daqueles que não acredita no potencial de um restaurante de Hotel, este é mais um bom exemplo para conhecer e experimentar. Uma experiência única, não só pelo espaço, mas também pela genialidade do Chef que coloca toda a sua experiência em campo.
_____________________________________________
RESTAURANTE LUZ - IBEROSTAR LISBOA
Tipo de Cozinha: Autor, Portuguesa e Internacional
Copos de Vinho Adequados: Sim
Vinho a Copo: Sim
Estacionamento:Com Parqueamento no Hotel
Horário: Todos os dias das 12:30h às 15:30h e das 19:00h às 22:30h
Preço Médio p/ Refeição: 35€

Morada: Rua Castilho, Nº 64 1250-096 LISBOA
Telefone:  +351 215 859 000

Sem comentários:

Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails