quinta-feira, 11 de agosto de 2016

Real Companhia Velha | Os Brancos e Rosé da Quinta de Cidrô

A Real Companhia Velha veio dar a conhecer as suas novidades da Quinta de Cidrô a Lisboa. Escolheu desta vez a Galeria de Arte Bessa Pereira para o fazer. A Arte Contemporânea de mãos dadas com a arte de produzir vinho e a arte fazer comida faz todo o sentido e este foi sem dúvida um pairing de excelência.
A Quinta de Cidrô foi adquirida pela Real Companhia Velha no ínicio dos anos 70 e desde então, após uma intervenção de fundo nas vinhas e propriedade, tem vindo a produzir vinhos baseados numa surpreendente colecção de castas portuguesas e estrangeiras.
Palco de excelência para a a produção de branco na região do Douro este ano foram apresentadas as  novas colheitas dos monovarietais Alvarinho, Boal (que em colheitas anteriores fora apresentado como Semillon), Chardonnay, Gewurztraminer e Sauvignon Blanc. O Rosé é feito a partir das castas Touriga Nacional e Touriga Franca mostrando também o lado fresco e mineral do terroir de Cidrô.

QUINTA DE CIDRÔ ALVARINHO 2015 BRANCO | DOURO | 13,5% | PVP 9€
ALVARINHO
REAL COMPANHIA VELHA
15,5
Cor amarelo citrino, ligeiros esverdeados e alguns dourados leves, aspecto límpido. Nariz com aroma discreto, mas muito fino e complexo, fruta citrina, alguns florais tímidos, traço mineral. Boca com volume, um certa untuosidade,  continua citrino, fresco e sumarento, acidez que acorda as papilas gustativas, mineral bem presente, num final longo.

QUINTA DO CIDRÔ SAUVIGNON BLANC 2015 BRANCO | DOURO | 13,5% | PVP 12,5€
SAUVIGNON BLANC
REAL COMPANHIA VELHA
16,5
Cor amarelo citrino, esverdeados leves, aspecto limpo e brilhante. No nariz aparecem em notas delicadas o pimento verde, o espargo, fruta citrina e algum tropical. Boca com intensidade, nervo e acidez estaladiça com com fruta fresca,  sumarento e mineral. Final de boca longo e a deixar  impressão que irá ser uma bela surpresa com algum tempo de garrafa.

QUINTA DE CIDRÔ BOAL 2014 BRANCO | DOURO | 12,5% | PVP 12,5€
BOAL
REAL COMPANHIA VELHA
16,5
Cor amarelo citrino, leves dourados, aspecto limpo. No nariz as frutas brancas e amarelas de polpa mostram-se evidentes, tostados leves e bem ligados, especiaria fina e algum fruto seco. Muito complexo. Denso na boca, guloso, muito sumarento, cheio de fruta, com volume, acidez marcada, dá prazer a beber e deve ser bebido já para aproveitar toda esta alegria, embora lhe preveja um belo envelhecimento em garrafa.  Final longo, fresco e persistente.

QUINTA DE CIDRÔ CHARDONNAY 2015 BRANCO | DOURO | 14% | PVP 13€
CHARDONNAY
REAL COMPANHIA VELHA
17
Cor amarelo citrino, ligeiros esverdeados, aspecto jovem e limpo. Nariz com muita fruta, tropicais e de caroço,  alguma pêra discreta, tostados e notas de brioche muito leves e completamente integrados. Na boca salta primeiro a excelente acidez, num perfil seco, muito mineral, com volume e com a fruta que nos chega da primeira impressão sensorial a mostrar-se em boa forma. Longo e persistente.

QUINTA DE CIDRÔ GEWURZTEAMINER 2015 BRANCO | DOURO | 13% | PVP 12€
GEWURZTEAMINER
REAL COMPANHIA VELHA
16
Cor amarelo citrino, aberto, aspecto limpo. No nariz surgem vincados os aromas a rosas e lichias, Muito perfumado e distinto. Na boca voltamos a ter impressões a rosas e lichias, acidez alta, sequinha  e até um pouco mais bruta do que estamos acostumados com esta casta. Termina longo e com grande frescura.

QUINTA DE CIDRÔ 2015 ROSÉ | DOURO | 13,5€ | PVP 7,50€
TOURIGA NACIONAL, TOURIGA FRANCA
REAL COMPANHIA VELHA
15,5
Cor rosado intensa, bonita e de aspecto límpido. No nariz destacam-se as frutas vermelhas, o morango, a framboesa e a cereja, algum floral num perfil fresco. Seco na boca, evidenciando boa acidez, boa fruta, fresco e de final de boca longo.

Na harmonização com o prato, o Chef André Magalhães trouxe a sua arte e conseguiu casamentos perfeitos dos quais destaco a do Gewurztraminer com extraordinário Caril Tailandês Massaman, Lima de Kaffir e Arroz Tufado e a do Chardonnay com uma interpretação do bacalhau à Braz do Chef, mas aqui com uma batata frita palha,  ovo de codorniz, salsa, citrinos e butarga ralada (ovas secas de corvina feitas pelo próprio Chef). 

Ver reportagem fotográfica completa aqui.

Sem comentários:

Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails