segunda-feira, 25 de setembro de 2017

João Portugal Ramos Celebra 25 Anos

Nos últimos 25 anos habituámo-nos a ler um nome nos rótulos das garrafas de vinho que, aos poucos, deixou de ser apenas mais um nome no meio de tantos outros e passou a ser uma marca com a qual o consumidor se identifica e que nela reconhece a elevada qualidade do vinho produzido. O nome é João Portugal Ramos. 
A João Portugal Ramos começou a dar os primeiros passos no Alentejo. Ali começou tudo. Em 1990, João Portugal Ramos plantou os seus primeiros cinco hectares de vinha em Estremoz sendo a primeira vindima passados dois anos e o primeira vinificação nas novas instalações ocorrida no ano de 1997. Daqui saíram os primeiros vinhos daquele que é hoje uma referência dos vinhos portugueses a nível mundial, transmitindo identidade própria a vinhos diferentes e de qualidade em que o consumidor claramente confia. 
A comemorar 25 anos de trabalho os seus vinhos já nascem em cinco diferentes regiões de Portugal: Alentejo, Tejo, Beiras, Douro e, mais recentemente, Vinhos Verdes. O Palácio da Cidadela de Cascais foi palco escolhido para o evento de comemoração dos 25 anos da João Portugal Ramos. Uma festa que contou com a presença de familiares, equipa, entidades do sector, empresários e jornalistas nacionais e estrangeiros e onde foi dada a conhecer a história do grupo e as principais metas atingidas até à data. 

No copo, a noite foi acompanhada de vinhos emblemáticos das regiões onde a João Portugal Ramos está presente. Alguns de data mais recente e outros com mais alguns anos, todos mostraram o porquê de estarem à nossa mesa nesta noite de festa: o Alvarinho Espumante Reserva Bruto Natural 2014, novidade da região dos Vinhos Verdes fez as honras de receber os convidados; o Vila Santa Reserva Branco 2016, servido às cegas, fez com que houvesse muita conversa acerca do que realmente se estava a beber. Harmonizado com Chevice de Robalo e Manga não deixou ninguém indiferente; o Marquês de Borba Reserva Tinto 2011, mostrou, com o prato de carne, que é um vinho de topo e que sabe envelhecer como só os grandes vinhos o podem fazer. Grande momento: por fim, para brindar com a sobremesa, o Duorum Vintage Port 2007. 

João Portugal Ramos, um dos mais referenciados enólogos portugueses, dá imagem e nome à empresa que celebra 25 anos de existência. É caso para dizer Parabéns e que continuemos as contar mais anos de vida.

Sem comentários:

Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails