sábado, 14 de Janeiro de 2012

TWA Prova de Enólogos: Anselmo Mendes e Rui Reguinga

No passado dia 7 de Janeiro de 2011, teve lugar no Restaurante "O Jacinto", mais um encontro promovido pelo The Wizard Apprentice Facebook. O tema lançado pelo David Rego para mais uma jornada enófila foi "Prova de Enólogos". Após votação durante o mês de Dezembro de 2011 os escolhidos foram Anselmo Mendes e Rui Reguinga. O objectivo deste encontro não foi objectivamente o proporcionar um confronto face to face entre Enólogos, embora as conclusões mais simples nos atirem sempre nesses caminhos, mas perceber se o enólogo imprimia um cunho pessoal e reconhecível em qualquer que fosse o seu vinho, qualquer que fosse o produtor ou mesmo região.

O vinhos em colocados em prova cega foram: Monte da Ravasquiera Branco 2010, Grou Cabeção 2007, Casa Cadaval Trincadeira 2006, Quinta do Soque 2006, Pedra Basta 2008, Quinta da Carregosa Colheita 2008, Intensus 2010, Lua Nova em vinhas Velhas 2009 e Quinta das Maias Jaen 2006. O único que ficou de fora foi o Casa Cadaval Trincadeira 2006 que estava completamente alterado. Fica para a próxima.
Depois de todos os vinhos provados, onde surgiram dois vinhos colocados na prova cega para baralhar os presentes - Social Reserva Branco 2010 e Social Reserva Tinto 2010-, depois de todas as notas assentes, depois de alguma discussão de ideias entre cada vinho, as conclusão são para mim muito simples. Em primeiro lugar, para conclusões mais profundas, necessitaríamos de um leque de vinhos mais vasto ou até vinhos diferentes; depois, pelos que tivemos a oportunidade de provar, ficou a ideia de que não se conseguiu definir um estilo único e pessoal de cada enólogo, mas perceber que o querer do produtor, a sua força e as suas ideias ainda têm muita influência sobre o resultado final. A própria região na qual o vinho é produzido tem a sua percentagem de influencia, e que não sendo pequena, marca também o estilo de cada vinho e de cada enólogo.
A última conclusão que retirei deste encontro foi a de que estes encontros têm futuro e começam a criar uma rotina. Discute-se, dialeticamente, muito e bem, e principalmente vamos aprendendo uns com os outros.
Por último, referência para o local escolhido. O Restaurante "O Jacinto". Fiquei, de facto, extremamente agradado com toda atenção e carinho com que se trata o vinho nesta casa. Condições e Conhecimento não faltam. Sem dúvida que recomendo para outras ocasiões.

1 comentário:

  1. Meu caro, se me permites dois comentários:
    Ponto 1: O primeiro é que o post está muito bom e franco. Por vezes é fácil tirar conclusões somente com amostras que, de tão pequenas nem chegam a ser válidas. Parabéns pela presença de espírito. Parabéns ainda pelas fotos. Estão muito boas.
    Ponto 2: Queria apenas reforçar que o grupo TWA Facebook é uma comunidade virtual que está aberta à participação de todos os que gostam de conversar e desconstruir à volta do vinho. Todos, os que vierem por bem, são bem vindos a juntar-se a nós em:
    http://www.facebook.com/groups/129253463851860/?notif_t=group_activity#!/groups/thewizardapprentice/
    Mais uma vez, parabéns pelo post.

    ResponderEliminar

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails