quinta-feira, 2 de julho de 2015

Tons de Duorum 2014 Branco

TONS DE DUORUM 2014 BRANCO | DOURO | 13% | PVP  3,95€
VIOSINHO, RABIGATO, VERDELHO, ARINTO, MOSCATEL
DUORUM VINHOS, SA
86 / 100

A Duorum Vinhos continua, ano após ano, a brindar o consumidor com vinhos de qualidade. Seja nos topos de gama e Porto, seja no entrada de gama com uma aposta vencedora da equação preço-qualidade. O Tons de Duorum branco volta a ser um grande aposta neste patamar. A mesma fórmula e o mesmo terroir. Aposta de sucesso. Cor amarelo citrino, de aspecto limpo e jovem como expectável. As notas citrinas e tropicais dominam o perfil aromático, com algumas pinceladas florais e leve mineral em fundo. Convence na boca pelo seu perfil frutado, sumarento, com boa acidez e equilíbrio do conjunto. Bebe-se, não se prova e fica muito bem à mesa.

quarta-feira, 1 de julho de 2015

Nossa 2007 Branco

NOSSA 2007 BRANCO | BEIRAS | 13% | PVP  18€
ENCRUZADO, BICAL
FILIPA PATO
92 / 100

O primeiro Nossa de Filipa Pato numa produção muito limitada, resultado do período experimental que atravessava nessa altura. As castas que lhe deram vida são o Encruzado e o Bical, a casta preferida de William e a casta preferida de Filipa, um vinho do casal que agora se bebeu e que se mostrou numa bela forma. Mais um vinho que vem dar razão à minha tendência de viragem para os brancos, que me surpreendem todos os dias.
Apresenta neste momento cor amarela, palha dourada e aspecto limpo. Nariz complexo, a fruta ainda aparece cheia de frescura e nitidez, um citrino e tropical ligados, bem ligados com aromas a cera, alguma fruta seca e um fundo mineral refrescante. Corre na boca com muita elegância e esplendor, deslumbra pelo momento que atravessa, acidez equilibrada, citrino mais maduro, untuoso, com estrutura, sem nunca deixar de ser fresco e elegante. Um final de boca que parece não ter fim e que me deixou sem palavras. Onde arranjo outra destas? Alguém sabe?

segunda-feira, 29 de junho de 2015

Could It Be, The Most Beautiful Road In The World? Could It Be?

Let me begin this post with a warning. Not usual but I believe very important. Beware! You only have 27kms between Régua and Pinhão but this little trip might take you more than one week to complete.
Now that I have your attention let me explain why I had to do it. Many times I have made this road and always had to stop several times because I just could not resist to take some pictures to the amanzing landscape that Douro has to offer us in this small track. Along this couple of kms the road goes right up with the Douro River. So close that you can stop and just by walking some steps esealy touch the water. Wonderful view, low traffic and all the aromas in the air makes this a unique moment. I just cannot resist. I always take a lot of time going from Régua to Pinhão.
So, just by the sightseeing, you will see yourself stoping and stoping all the way untill your destiny. Take photos or just, like I sometimes do, just stare into the blessed amazing landscape. Brethless!
But this is only part of the journey.
In the other side of the road you have Douro wine producers, you have enoturism offer, you have some local restaurants and tascas and you have vineyards so close to you has the water of Douro River. Suddenly you realize that your are on the best spot of the planet if you are a winelover, foodie or lifestyle lover. Suddenly the sounds like the perfect place to spend a week or two knowing the vast list of wine producers that offers you some top enoturism. 

In just 27 kms you can find some great offers from some wine producers like Quinta de Marrocos, Quinta do Tedo, Quinta do Pôpa, Quinta do Pégo, Quinta das Carvalhas or even, if you are into to food too, the Restaurant DOC from the Chef Rui Paula among many other producers and local gastronomie. What else can you ask for?

Avis recently rated this road as the best of the world. Could it be? Dont believe a word a say, feel free to came and check for yourself.

sábado, 27 de junho de 2015

Adegga Winemarket Summer 2015 em Lisboa está de Regresso!

E faltam apenas 7 dias para o Adegga Winemarket Summer 2015 em Lisboa. Uma semaninha apenas e estaremos todos novamente o Hotel Florida a rever amigos, a conversar com produtores, a rir à gargalhada, a tirar fotografias em poses malucas, a mostrar sorrisos de orelha a orelha, a conviver com gente bonita e sempre de copo na mão com o vinho especial e apropriado para cada troca de olhares, para cada conversa e para cada momento singular.
Será escusado dizer que é um dos eventos que tenho como obrigatório para cada ano. Por isso, apareçam e vivam a experiência.

Descubra 300 vinhos de 40 produtores seleccionados. Escolha e prove vinhos entre os 5€ e os 50€. Compre os vinhos que mais gostou a preços de evento e receba em casa os vinhos que comprou directamente ao produtor.

Experimente ainda o SUSHI Wine Bar com os seus vinhos favoritos e como em eventos anterios, utilize o SmartWineGlass para se lembrar dos vinhos que provou.

Sábado, 4 de Julho, 2015
Hotel Florida, Lisboa
Das 15h às 21h para o público em geral
Das 14h às 15h para Profissionais e Membros do Club A
Bilhete Normal: 15€
Bilhete Loja: 40€
Bilhete Sala Premium: 50€

sexta-feira, 26 de junho de 2015

Hoje Não Me Apetece Vinho ! Vinho Com Data de Validade

Pergunto se é desta forma que queremos mostrar o vinho e vendê-lo? Se é assim que vamos valorizar um produto que cada vez mais é tido como de qualidade superior? Encontrei num Hiper deste nosso País este vinho à venda, com um preço promocional de 2,99€, centenas de garrafas empilhadas em caixas e quando vou para ler o contra-rótulo este autocolante negro informa-me da validade do vinho. 20 anos! Baril.  
E ainda se lhe junta uma descrição elaborada e com a sua piada. "Vinho Tinto Fino Seco elaborado com uvas tinta.".
Quem pensa estas estratégias?

quinta-feira, 25 de junho de 2015

Restaurante Tágide e Caves de São João em Jantar Com Vinhos Espumantes

O Restaurante Tágide dedicou recentemente um jantar vínico dedicado exclusivamente aos Espumantes das Caves de São João, que este ano celebra 125 anos de actividade. Os chefs convidados, Chef Miguel Paulino (Executive Chef SHERATON Lisboa) e o Chef Chocolatier Francisco Siopa, foram buscar inspiração na selecção de Espumantes Caves São João da Bairrada e o resultado foi um menu especial onde o Espumante da Bairrada foi Rei.

Inicio do Jantar com um Amuse Bouche. Um fresco e leve Consommé de Espumante com Ar de Lavagante, acompanhado pelo Espumante Bruto São João 2013 Rosé.

ESPUMANTE BRUTO SÃO JOÃO 2013 ROSÉ |  BEIRA ATLÂNTICO | 12,5% | PVP 5€
BAGA, TOURIGA NACIONAL,  CABERNET SAUVIGNON
CAVES SÃO JOÃO SOCIEDADE DOS VINHOS IRMÃOS UNIDOS, LDA
Cor rosa claro, bolha fina e persistente,  espuma leve,  aromas muito limpos,  boca seca, acidez estaladiça,  limpa a boca, para um cocktail, piscina, inicio de conversa ou, como no caso, já à mesa, para pratos leves e frescos e sem grande complexidade.

De seguida, para mim o prato da noite, uma entrada verdadeiramente deliciosa, complexa e desafiante. O Deserto de Ostras ao Vapor de Espumante. Uma iguaria com harmonização com o Espumante Bruto Natural Quinta do Poço do Lobo Arinto & Chardonnay 2013 Branco. 

ESPUMANTE BRUTO NATURAL QUINTA DO POÇO DO LOBO ARINTO CHARDONNAY 2013 BRANCO |  BAIRRADA  | 12,5% | PVP 7,5€
ARINTO, CHARDONAY
CAVES SÃO JOÃO SOCIEDADE DOS VINHOS IRMÃOS UNIDOS, LDA
Cor amarelo citrino,  bolha de aspecto fino, persistente,  espuma envolvente e cremosa. Nariz de aroma retraído, delicado,  fruta de caroço,  tostado leve. Boca que enche o palato, limonado e fresco, a secar  e a limpar por completo a boca, final longo. Grande ligação ao prato.

O prato de peixe, Estufado de Maçã e Coco em Lúcia-Lima com Tamboril e Pétalas, foi o mote para a ligação perfeita com o Espumante Bruto Natural Luíz Costa Pinot Noir & Chardonnay Bruto 2013 Branco. 

ESPUMANTE BRUTO NATURAL LUIZ COSTA 2013 BRANCO |  BAIRRADA  | 12,5% | PVP 17,5€
PINOT NOIR , CHARDONAY
CAVES SÃO JOÃO SOCIEDADE DOS VINHOS IRMÃOS UNIDOS, LDA
Cor amarelo citrino, nuances adamadas, bolha fina e persistente. Cremosidade da espuma,  leve, elegante e fresca, com notas fumadas,  perfil sequinho, a limpar o palato. Um espumante de eleição à mesa ou fora dela.

Lugar ao prato de carne com o Supremo de Porco a Baixa Temperatura com Falso Ovo e Caviar de Espumante e Laranja. Casamento com o Espumante Bruto Natural Quinta do Poço do Lobo Baga Bruto 2013 Branco.

ESPUMANTE BRUTO NATURAL QUINTA DO POÇO DO LOBO BAGA 2013 BRANCO |  BAGA  | 12,5% | PVP 8€
BAGA
CAVES SÃO JOÃO SOCIEDADE DOS VINHOS IRMÃOS UNIDOS, LDA
Na altura ainda a aguardar o novo rótulo, apresenta, cor amarelo adamado, bolha fina, persistente, aroma mais perfumado, fruta vermelha delicada. Boca cheia de finess, com final de boca longo e fruta boa e fresca. Um espumante que se insere no projecto mais recente projecto Baga-Bairrada. Ligar os dois e ligar identidade.

Pouco depois o limpa palato cheio de frescura, Melão, Chocolate e Iogurte, e a sobremesa, Limão Pistachio e maçã verde, pela mão do Chef Chocolatier Francisco Siopa, em ligação com o colheita tardia Apartado 2012.

APARTADO 2012 COLHEITA TARDIA |  BAIRRADA  | 13,5% | PVP 17€
SEMILLON
CAVES SÃO JOÃO SOCIEDADE DOS VINHOS IRMÃOS UNIDOS, LDA
Cor amarelo âmbar, com rasgos dourados, aspecto limpo e cativante.  Floral no nariz, fruta passa e melaço num conjunto com boa frescura. Na boca revela-se muito equilibrado e harmonioso, perfeito na fruta, na acidez e no doce conseguindo acompanhar a sobremesa até ao final sem se tornar demasiado doce e pesado.

 Para terminar, o Café acompanhado por um Petit Four de Espumante e Manga em Gel.  Ligações comida e Espumante a repetir e a seguir com atenção.

quarta-feira, 24 de junho de 2015

Sellium Vinho Licoroso

SELLIUM VINHO LICOROSO | 18% | PVP  12,50€
MOSCATEL ROXO
QUNTA DO CAVALINHO VINHOS, LDA
87 / 100

Por vezes encontramos vinhos assim, diferentes e deslocados da região onde seria mais provável encontrá-los. O nome faz referência à cidade romana de Sellium, local onde se descobriram as mais antigas ânforas vinárias em Portugal e que indiciam que o plantio de vinha em Portugal virá desde o período romano. O vinho licoroso que não pode ser chamado de Moscatel Roxo devido à região onde nasce, apresenta cor âmbar definida, aromas exuberantes cheio de fruta seca, fruta passa, melaço, flor de laranjeira, casca de laranja cristalizada e um caramelo leve envolvente. Na boca apresenta-se volumoso, untuoso, polido e com a fruta seca e passa presente, doce, mas com acidez equilibrada que lhe permite vivacidade e duração no copo e na boca. O estágio em barrica dá-lhe amplitude. Gostei de o conhecer e de o juntar à sobremesa.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails