quinta-feira, 19 de julho de 2018

Tendências | Guardar Vinho na Garrafa Depois de Aberta Sem Perder Qualidade

Se é daqueles que quando abre uma garrafa tem de a levar até à última gota, então esta não é a publicação para si. Pelo contrário, se é daqueles que aplica alguma moderação no consumo de vinho e que por norma uma garrafa depois de aberta serve para pelo menos mais um momento, então não deve perder mais tempo. Vamos a mais uma publicação no site Enólogo Chef Continente?
"(...)Beber vinho com os amigos e poder beber o vinho todo de uma garrafa na refeição em que é aberta nem sempre é possível. Para quem escolhe o vinho para acompanhar as suas refeições, sejam elas num dia de festa ou num dia completamente normal, por vezes uma garrafa é demasiado e, no final, o vinho que sobra acaba por ser despejado pelo cano abaixo sempre com um sentimento de perda associado. (...)" continuar a ler [+].

quarta-feira, 18 de julho de 2018

Contradição 2014 Branco

CONTRADIÇÃO 2014 BRANCO | VINHO VERDE | 12% | PVP  30€
ALVARINHO
PROVAM PRODUTORES DE VINHOS ALVARINHO DE MONÇÃO, LDA
16,5

A Provam é uma sociedade por quotas, constituída por 10 viticultores da sub-região de Monção e Melgaço. Com uma capacidade instalada de 510.000 litros, são das vinhas dos sócios 25% das uvas laboradas e as restantes adquiridas a viticultores desta sub-região. As vinhas são seleccionadas pelo seu potencial vitícola e enológico de modo a serem escolhidas as melhores para construção de bons e diversificados Alvarinhos.
Este Contradição 2014, uma homenagem aos fundadores da PROVAM, é o novo topo de gama.
Cor amarelo com tonalidade douradas, intenso, aspecto brilhante e limpo. No nariz saltam inicialmente os citrinos, alguma toranja, limão maduro, fruto de polpa amarela, traço mineral envolvente, complexo e com bela frescura.
Na boca mostra bom volume e corpo, cheio, com acidez a equilibrar alguma untuosidade mais excessiva, fruta citrina, tangerina, com final de boca longo.
Na mesa, antes de mais qualquer coisa, cheguei-o a umas belas fatias de queijo. Bela maridagem.

terça-feira, 17 de julho de 2018

Ria Park Hotel & Spa - Almancil

Em Almancil, no Algarve, a uma curta caminhada da Praia do Garrão, fica o Ria Park Hotel & Spa, com o Parque Natural da Ria Formosa como pano de fundo, uma manta verde em redor e muito sossego e tranquilidade. A elegância e o chame fazem parte dos espaços comuns e do serviço, tudo no ponto certo para nos fazer sentir em modo relax desde o primeiro momento em que entramos no Hotel.

Apesar de o considerar um Hotel de praia, do qual podemos sair de toalha na mão (disponibilizada pelo próprio Hotel) e vestimenta a condizer e pouco depois estar no magnifico areal da Praia do Garrão, o facto é que no seu interior somos brindados com muitos pormenores de luxo.

A entrada é, de facto, imponente. Com muita luz e com uma escadaria que, apesar da existência do elevador, parece que nos obriga a passar por ela, mesmo que só na descida, para lá gravar um daqueles momentos para mais tarde recordar.

Não fomos os únicos a querer tirar ali umas fotografias. Os quartos são bastante espaçosos. Estive num dos que tem vista piscina e vista mar. Apetece ficar ali na varanda, sentado a apreciar a vista, o imenso sossego (mais uma vez). Relaxante, tranquilizador. apetece ficar.

Apetece mesmo ficar. Mas quando o nosso olhar baixa por um pouco, apetece também descer e experimentar a piscina. Não é muito grande, mas é do tamanho ideal para um bom mergulho, para umas braçadas mais afoitas e para depois apanhar um pouco de sol nas espreguiçadeiras colocadas estrategicamente no lado em que este faz notar a sua presença durante mais tempo ao longo do dia.

Também é possível subir ao bar virado para a piscina e beber um copo de vinho, um cocktail ou uma outra bebida refrescante, sendo também possível pedir algo para trincar ou picar.

Este espaço está também disponível no período do pequeno-almoço para uma das coisas que mais me faz apaixonar por um Hotel. Sim, adivinharam. O pequeno-almoço! E no Ria Park parece não faltar nada para que a nossa manhã se feita de um rasgado sorriso de felicidade. 

Desde uma variedade imensa de frutas da época fresca, cereais, tipos de pão, alguns legumes, como tomate e pepino, azeite virgem extra disponível (algo que deveria ser obrigatório), sumos naturais variados, queijos, enchidos, fumados, salmão, espumante e claro, o ovos das mais variadas formas, o bacon e todas aquelas coisas que normalmente não fazem parte do nosso pequeno-almoço de casa sempre a correr, mas que adoramos ter quando estamos a gozar um ou mais dias de descanso.

Importa ainda realçar alguns pormenores que considero importantes. O wifi é gratuito e com sinal como deve ser em praticamente todo o Hotel. Não testei na piscina, mas acredito que mesmo aí o sinal é suficiente.
Para quem chega de viatura própria, o estacionamento é gratuito e o número de lugares mostra-se suficiente. Vêm aí os dias de férias e o sol no Algarve já brilha. Por isso, fica a dica!
________________________________________
RIA PARK HOTEL & SPA 
Urbanização Vale do Garrão, Vale do Lobo, 8135-170 ALMANCIL

Telefone Geral: +351 289 359 800
Telefone Reservas: +351 289 359 822 
Endereço Mail: info@riaparkhotels.com
Endereço Mail Reservas: reservas@riaparkhotels.com
Na Internet: Ria Park Hotel & Spa

segunda-feira, 16 de julho de 2018

Harmonização | Limão, Morango e Frutas Tropicais no Meu Copo de Vinho... A Sério?

Confesso que por vezes devo parecer um gajo muito estranho para certas pessoas que não me conhecema quando começo a dizer que o vinho tem isto e aquilo e aquele outro. A minha cunhada costuma sempre responder. Cheira a vinho!!! Também lhe acontece o mesmo? Vamos a mais uma publicação no site Enólogo Chef Continente?
"(...)Comecei por interpretar o parte aromática. Calmamente fui afirmando os aromas a citrinos, a limas, com algum toque a fruta tropical, abacaxi a sobressair e ligeiro rebuçado de fruta quando se retira do papel que o envolve. Ficou tudo a olhar para mim. Quase de seguida fui bombardeado com exclamações e questões em relação ao que acabava de proferir. “A sério?” (...)" continuar a ler aqui.

sábado, 14 de julho de 2018

Pousio Selection 2017 Branco

POUSIO SELECTION 2017 BRANCO | ALENTEJO | 14% | PVP  6,25€
ALVARINHO, VERDELHO, ANTÃO VAZ
CASA AGRÍCOLA HMR, SA
16

A Herdade do Monte da Ribeira proporciona neste branco um blend pouco usual no Alentejo. Vai buscar o alvarinho e o verdelho para se juntarem ao antão vaz tão alentejano.
Cor amarelo citrino, esverdeados leves, limpo e de aspecto jovem. No nariz mostra fruta citrina limpa, fruta de caroço, perfumado floral e fresco. Boca com bela acidez, acutilante, boa secura, fruta citrina, limão, toranja, ligeira cremosidade e envolvência, equilibrado e com final de boca longo e persistente.

quinta-feira, 12 de julho de 2018

Abelharuco 2016 Tinto

ABELHARUCO 2016 TINTO | ALENTEJO | 13,5% | PVP  4,99€
ARAGONEZ, SYRAH, ALICANTE BOUSCHET
HERDADE DA MADEIRA VELHA AGRO ALIMENTAR, SA
15

Este foi novidade para mim. Ainda não havíamos sido apresentados. Imagem bem trabalhada, com a imagem do abelharuco a não encher demasiado o rótulo e a cativar o olhar. A Herdade da Madeira Velha pertence ao bem conhecido grupo Encostas D'Alqueva pelo que podemos contar com a sua larga experiência na produção de vinhos no Alentejo.
Cor rubi de tonalidades violeta, de media concentração, aspecto limpo e jovem. Aromas a fruta vermelha madura, alguma nota de fruta preta e toque de cacau. Na boca mostra algum volume, acidez equilibrada, fruta vermelha madura fresca, pronto a beber. Vai-se mostrando à medida que o tempo no copo passa. Final de boca médio.

quarta-feira, 11 de julho de 2018

Soalheiro Granit 2016 Branco

SOALHEIRO GRANIT 2016 BRANCO | VINHO VERDE | 12,5% | PVP  11€
ALVARINHO
VINUSOALLEIRUS, LDA
17

Proveniente de vinhas situadas acima dos 200 metros de altitude e plantadas em solos de origem granítica, este é um vinho que mostra a casta Alvarinho com uma fruta muito bonita e definida no nariz e que nos cativa na boca com uma acidez acutilante, que nos seca o palato e nos faz procurar por comida para o acompanhar.
Cor amarelo citrino de esverdeados leves, aspecto jovem e limpo. No nariz mostra-se delicado, com muita finess, uma fruta pura, bem definida, tropical contido, fruta de caroço, citrinos e com o traço mineral a marcar-lhe o perfil, alguma pedra molhada, limpo e fresco.
Na boca impressiona a sua secura, com uma acidez mineral bem marcada, firme, com perfil sumarento e com o lado mineral a continuar bem presente. Final de boca longo.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails